IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

Cotações por TradingView
2023-01-03T19:06:23-03:00
Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
A SANGRIA CONTINUA

Um raio de luz no fim do túnel? Entrega de carros pela Tesla cresce 40% em 2022 — mas as ações seguem em queda livre na Nasdaq

Os números, porém, não foram suficientes para estancar a “sangria” recente das ações da Tesla. Por volta das 14h30, os papéis caíam, nesta terça-feira (3), 13,78% em Nasdaq, negociados a US$ 106,33

3 de janeiro de 2023
15:10 - atualizado às 19:06
Elon Musk, fundador da Tesla, SpaceX, Neuralink e Starlink
Elon Musk, fundador da Tesla, SpaceX, Neuralink e Starlink - Imagem: Shutterstock/Montagem Brenda Silva

Com queda de quase 70% no valor de mercado e a interrupção de produção de carros em Xangai, na China, a Tesla vê uma pequena luz no túnel.

A fabricante de carros elétricos de Elon Musk iniciou o ano com a divulgação dos números de produção e entrega de seus veículos em 2022.

Segundo o relatório, a montadora produziu 1,37 milhões de carros e entregou 1,31 milhões — um crescimento de 40% nas entregas na comparação com o ano anterior.

Os números, porém, não foram suficientes para estancar a “sangria” recente das ações da Tesla. Ao fim da sessão desta terça-feira (3), os papéis TSLA tiveram perda de 12,24% no Nasdaq, negociados a US$ 108,10.

Na visão de analistas de Wall Street e de políticos norte-americanos, a queda das ações da Tesla na bolsa tem relação direta com a gestão de Elon Musk no Twitter.

Isso porque, além de ter vendido bilhões em ações da fabricante de veículos elétricos para pagar a conta da compra bilionária do Twitter, Musk chegou a convocar talentos de seus outros empreendimentos para trabalhar na rede social.

Soma-se a isso, a preocupação dos investidores com o enfraquecimento da demanda por veículos elétricos da Tesla — que são produtos mais caros em comparação com a crescente oferta de similares dos demais concorrentes.

Tesla: quarto trimestre ‘frustrante’

Os números isolados por trimestre não agradaram. No quarto trimestre, a Tesla reportou a entrega de 405.278 veículos, abaixo do esperado pelo mercado.

De acordo com um consenso das estimativas dos analistas compiladas pela FactSet, em 31 de dezembro de 2022, Wall Street esperava que a Tesla relatasse entregas em torno de 427.000 no último trimestre do ano.

A produção de veículos entre outubro e dezembro foi de 439.701 carros elétricos.

Vale ressaltar que o último trimestre foi marcado, entre outros fatores corporativos, pela suspensão temporária e a redução da produção na fábrica em Xangai — a maior unidade mundial da empresa — em razão dos surtos de Covid-19.

E, na tentativa de contornar a situação, a Tesla oferece descontos e corte dos preços dos veículos nos EUA e na China para estimular a demanda enfraquecida nos últimos meses.

Em um e-mail recente para a equipe da Tesla, Musk pediu aos funcionários que “se voluntariassem” para entregar o maior número possível de carros aos clientes antes do final de 2022.

Na época, o bilionário afirmou que a queda livre dos papéis da companhia na Nasdaq tratava-se de uma “loucura do mercado de ações”.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

LOTERIAS

Lotofácil e Quina acumulam; Mega-Sena pode pagar R$ 115 milhões hoje

1 de fevereiro de 2023 - 6:01

Mega-Sena está acumulada desde o sorteio da virada; Lotofácil e Quina também oferecem prêmios milionários nesta quarta-feira

maus ventos

O Brasil vai acabar? Inflação pode deixar de responder ao BC se Lula conseguir mudar meta, dizem gestores

31 de janeiro de 2023 - 21:24

Rodrigo Azevedo, da Ibiuna, e Felipe Guerra, da Legacy, estão com visão pessimista para o Brasil

DIA 31

Está confirmado: Lula vai para os EUA no dia 10 de fevereiro — veja o que ele vai discutir com Biden

31 de janeiro de 2023 - 20:06

Enquanto o encontro não chega, o petista tentou acalmar os ânimos dos investidores — que seguem desconfiados em relação à responsabilidade fiscal do novo governo

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa sobe em meio ao caos de um interminável janeiro; o que afeta a bolsa nos próximos dias?

31 de janeiro de 2023 - 18:57

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta terça-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo

MELHORES DO MÊS

Renascimento cripto: bitcoin (BTC) volta a brilhar, sobe mais de 30% e é disparado o melhor investimento de janeiro; títulos do Tesouro ficam na lanterna

31 de janeiro de 2023 - 18:46

As medalhas de prata e bronze foram para o ouro e para o Ibovespa, em um movimento de busca por segurança — e barganhas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies