🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
BOLSA NA SEMANA

Cemig (CMIG4) despenca 20% com risco de federalização, enquanto CSN (CSNA3) salta com recomendação — veja o que foi destaque na bolsa na semana

Ibovespa acumulou alta menor do que 1%, mas registrou quinta semana consecutiva de ganhos; dólar perde força

NÃO USAR ibovespa mercado CVC

Com a ausência de indicadores econômicos, a penúltima semana de novembro foi marcada pela tramitação de pautas econômicas em Brasília, mais uma vez — e o Ibovespa reagiu.

Veto presidencial à desoneração da folha de pagamentos, a aprovação da proposta que trata de fundos exclusivos e de offshore em comissão no Senado Federal e as negociações para a votação da Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO) foram os principais focos de atenção dos investidores.

As "surpresas" desta semana ficaram por conta das estatais. A eventual federalização das empresas mineiras Cemig (CMIG4) e Copasa (CSMG3) surgiu como uma "solução" para equacionar a dívida bilionária de Minas Gerais com a União.

A Petrobras (PETR4) apresentou o plano estratégico para o período entre 2024 e 2028, com a previsão de US$ 102 bilhões em investimentos nos próximos cinco anos.

A companhia de saneamento básico de São Paulo, Sabesp (SBSP4), teve o aval das comissões da Assembleia Estadual do Estado (Alesp) para prosseguir no processo de privatização da companhia.

Nos Estados Unidos, o documento mais aguardado do mercado foi divulgado. A ata da mais recente reunião do Federal Reserve (Fed) reforçou a perspectiva de que a porta segue aberta para novas elevações de juros na maior economia do mundo. E, pior: nem colocou em discussão a possibilidade de cortar a taxa referencial no curto prazo.

Ao longo da semana, a liquidez dos mercados foi enxugada pelo feriado do Dia de Ações de Graças, que paralisou as operações dos índices de Wall Street na quinta-feira (23) e encurtou o pregão da sexta-feira (24).

Em cinco dias de pregão, o Ibovespa acumulou ganhos de 0,60% e atingiu a sequência de cinco semanas consecutivas de avanço.

O dólar fechou a semana a R$ 4,8984 com baixa de 0,15%, no mercado à vista.

Confira a seguir as maiores altas e quedas do Ibovespa entre 20 e 24 de novembro:

Sobe do Ibovespa

Na ponta positiva do Ibovespa, CSN (CSNA3) voltou "a brilhar" — e não foi só por conta do desempenho do minério de ferro.

A companhia acumulou alta de mais de 10% após o Bank of America (BofA) reavaliar as recomendações para o setor de mineração e siderurgia.

O banco elevou a recomendação dos papéis da empresa para compra. Vale (VALE3) e Usiminas (USMI5) também tiveram a revisão positiva.

A mudança veio na esteira da previsão de que o minério de ferro pode subir e tocar os US$ 150 a tonelada no primeiro trimestre de 2024 diante da perspectiva de que as usinas possam ser forçadas a entrar no mercado devido aos baixos estoques.

Bradesco (BBDC4) pegou os acionistas de surpresa. Na quinta-feira (23), o banco anunciou a saída de Octavio de Lazari Junior do cargo de CEO. Agora, Marcelo Noronha é quem ficará no comando da instituição financeira.

Além de "inusitada", a mudança foi considerada e refletiu no avanço das ações do banco no Ibovespa.

Confira as dez maiores altas da semana:

CÓDIGONOMEULTVARSEM
MRFG3Marfrig ONR$ 9,1210,95%
CSNA3CSN ONR$ 15,6210,16%
IRBR3IRB Brasil ONR$ 46,799,07%
CVCB3CVC ONR$ 3,337,07%
JBSS3JBS ONR$ 22,976,15%
SBSP3Sabesp ONR$ 68,315,64%
CRFB3Carrefour Brasil ONR$ 11,225,15%
NTCO3Natura ONR$ 16,035,05%
RAIZ4Raízen ONR$ 3,744,76%
BBDC4Bradesco PNR$ 16,164,73%

Desce da bolsa

Com o risco de federalização, Cemig (CMIG3) liderou as perdas do Ibovespa, com queda superior a 20% na semana.

Casas Bahia (BHIA3) também recuou significativamente com o rebaixamento na nota de crédito da companhia pela S&P Global Ratings.

A agência de classificação de risco revisou de brA- para brBB-, em escala nacional. Segundo a S&P, os números do terceiro trimestre reportados pela varejistas deste ano indicam que as métricas de crédito que eram esperadas anteriormente não devem ser atingidas. 

Ainda em reação à reavaliação do BofA sobre o setor de mineração e siderurgia, Gerdau (GGBR4) e Metalúrgica Gerdau (GOAU4) aparecem entre as maiores baixas do principal índice da bolsa brasileira na semana. As ações das companhias foram pressionadas pelo rebaixamento de recomendação de compra para neutro.

Confira as maiores quedas da semana no Ibovespa:

CÓDIGONOMEULTVARSEM
CMIG4Cemig PNR$ 10,56-21,02%
MGLU3Magazine Luiza ONR$ 1,99-10,36%
MRVE3MRV ONR$ 9,55-10,33%
SLCE3SLC AgrícolaR$ 36,00-7,50%
PCAR3GPA ONR$ 3,56-7,29%
GOAU4Metalúrgica Gerdau PNR$ 10,44-7,28%
GGBR4Gerdau PNR$ 22,32-7,15%
BHIA3Casas Bahia ONR$ 0,53-7,02%
PETZ3Petz ONR$ 4,00-6,10%
LWSA3Locaweb ONR$ 5,77-5,72%

Compartilhe

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa vai na contramão do exterior e fecha em queda, aos 129 mil pontos; dólar avança a R$ 4,99

23 de fevereiro de 2024 - 7:22

RESUMO DO DIA: O Ibovespa terminou a sessão desta sexta-feira (23) na contramão dos mercados globais, com um recuo de 0,63%, aos 129.418 pontos. Por sua vez, o dólar acelerou os ganhos e encerrou o dia em alta de 0,81%, negociado a R$ 4,9930 no mercado à vista. O principal índice da B3 até operou […]

APÓS CANETADA DO GOVERNO

Gestora do MXRF11 diz que fundos imobiliários de papel podem lucrar com as novas regras de CRIs

22 de fevereiro de 2024 - 14:10

Uma resolução do CMN lançada neste mês restringiu as regras para emissão dos títulos, o que tem criado oportunidades de ganho para FIIs, segundo a XP

MINERAÇÃO

Horas antes de balanço e possível definição sobre CEO, Vale (VALE3) anuncia compra de 15% de subsidiária da Anglo American no Brasil por R$ 776 milhões

22 de fevereiro de 2024 - 10:34

Vale divulgará os resultados do quarto trimestre de 2023 depois do fechamento do pregão desta quinta-feira

DÉBITO OU CRÉDITO

Minoritários querem que Bradesco e BB paguem (bem) mais para fechar o capital da Cielo (CIEL3)

22 de fevereiro de 2024 - 9:29

Gestoras que possuem 10% do capital da Cielo avaliam que Bradesco e Banco do Brasil deveriam pagar até 61% a mais pelas ações da empresa

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa fecha em leve alta, com pressão de Weg (WEGE3) e Petrobras (PETR4); dólar sobe a R$ 4,95

22 de fevereiro de 2024 - 7:33

RESUMO DO DIA: O otimismo dos mercados internacionais contagiou a bolsa brasileira nesta quinta-feira (21) — e tudo por conta do balanço da Nvidia. Com a ajuda da gigante dos chips de inteligência artificial, o Ibovespa pegou o embalo de Nova York e encerrou o dia em alta de 0,16%, aos 130.240 pontos. Enquanto isso, […]

VEJA QUAL

Adeus, Nubank: Itaú BBA tira fintech da carteira Top 5 e coloca ações de outro banco no lugar

21 de fevereiro de 2024 - 15:29

Os analistas ainda gostam da tese do banco digital, mas preferiram realizar lucro e buscar uma opção mais defensiva para o cenário atual

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa fecha em alta e atinge os 130 mil pontos após alívio em Wall Street; dólar sobe a R$ 4,93

21 de fevereiro de 2024 - 7:24

RESUMO DO DIA: Até poucos minutos antes do fechamento dos mercados, era quase certo que a sessão desta quarta-feira (21) terminaria tingida de vermelho. Mas nos 45 minutos do segundo tempo, a bolsa brasileira conseguiu inverter a trajetória e marcar um tímido avanço. O Ibovespa encerrou em leve alta de 0,09%, aos 130.031 pontos. Por […]

O CÉU É O LIMITE

Ouro a US$ 3 mil? Essa realidade está próxima, segundo um bancão de Wall Street — e o Brasil tem “culpa” nisso

20 de fevereiro de 2024 - 18:59

O Citi analisou o mercado global e aponta os gatilhos para que o metal precioso suba 50% em cerca de um ano e o petróleo volte para os três dígitos

QUE HORAS ELE VOLTA?

Fim da seca de IPOs na B3 é questão de tempo, diz Anbima. Mas o que adiou a retomada das aberturas de capital?

20 de fevereiro de 2024 - 17:25

Queda da Selic favorece a volta dos IPOs na bolsa, mas juro nos EUA retardou movimento, de acordo com a Anbima, associação das instituições do mercado de capitais

VOTO DE CONFIANÇA?

Bradesco (BBDC4): por que este banco estrangeiro deixou de recomendar a venda das ações

20 de fevereiro de 2024 - 10:38

Ações do Bradesco (BBDC4) acumulam queda de 18% desde a divulgação dos resultados do quarto trimestre, com números muito abaixo da expectativa do mercado

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies