🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Estadão Conteúdo
ANTES DA POSSE

A diplomação vem aí! Confira o que falta para Lula assumir a presidência pela terceira vez

A diplomação é o momento em que o TSE formaliza os candidatos eleitos por voto popular da maioria dos brasileiros. Neste ano, a cerimônia acontece sob a preocupação de tumulto diante do cenário político extremamente polarizado.

Estadão Conteúdo
5 de dezembro de 2022
16:50 - atualizado às 16:51
Geraldo Alckmin e Luiz Inácio Lula da Silva
O vice-presidente Geraldo Alckmin e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva - Imagem: Ricardo Stuckert/Flickr Lula Oficial

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) terão sua vitória formalizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na próxima segunda-feira (12), às 14h, por meio da cerimônia de diplomação

O evento foi adiantado pela equipe do petista, mas ainda há o receio tanto no entorno de Lula quanto nos tribunais superiores de que haja tumulto no dia causado por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Em 2021, nos EUA,  apoiadores de Donald Trump tentaram impedir a certificação da eleição de Joe Biden, invadindo o Capitólio — prédio que abriga o Congresso norte-americano.

Lula, Alckmin e a diplomação

A cerimônia de diplomação é o momento em que o TSE formaliza os candidatos eleitos por voto popular da maioria dos brasileiros. 

Durante o evento, tanto Lula quanto Alckmin irão receber diplomas assinados pelo presidente do TSE, Alexandre de Moraes, confirmando a vitória nas urnas.

A chapa venceu com mais de 60 milhões de votos, ante 58,2 milhões de votos recebidos por Bolsonaro. Essa foi a margem mais apertada de votos desde a redemocratização.

A diplomação é a etapa final de um processo que se inicia com o término do pleito, a apuração dos votos e passados os prazos de questionamento e de processamento do resultado das eleições. 

Para receber a confirmação, a chapa Lula-Alckmin ainda precisa ter a prestação de contas aprovada pela Justiça Eleitoral.

Antes, a prestação de contas

No final de novembro, o ministro relator da prestação de contas da chapa, Ricardo Lewandowski, pediu para que a campanha fizesse esclarecimentos sobre irregularidades apontadas pela área técnica nas contas, como duplicidade de gastos. 

A equipe de Lula protocolou as novas informações solicitadas pelo TSE no sábado (26), e no dia seguinte Lewandowski encaminhou o processo de prestação de contas novamente à área técnica do tribunal.

Segundo o TSE, a prestação de contas da chapa Lula-Alckmin será analisada na sessão plenária desta terça-feira (6) pelos ministros do Tribunal.

A posse de Lula, marcada para o dia 1º de janeiro, será divida em duas partes: a cerimônia institucional e um conjunto de apresentações artísticas, que foi batizado como "Festival do Futuro", segundo a futura primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja. 

O encontro terá a participação de mais de 20 artistas, entre eles Pabllo Vittar, Baiana System, Duda Beat, Gaby Amarantos, Martinho da Vila, Os Gilsons, Chico César, Luedji Luna, Teresa Cristina, Fernanda Takai, Johnny Hooker, Marcelo Jeneci, Odair José, Otto, Tulipa Ruiz, Almério, Maria Rita e Valesca Popozuda.

Na última quinta-feira (1), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), recebeu Alckmin e Janja para discutir a estrutura para receber o público na posse. 

O Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Brasília (Sindhobar) já afirmou que prevê lotação de quase 100% na rede hoteleira para o 1 de janeiro. De acordo com Alckmin e Janja, é esperado um público de cerca de 250 mil pessoas.

Compartilhe

Fala polêmica

Pedido de impeachment de Lula por críticas a Israel tem mais assinaturas que os que derrubaram Dilma e Collor; mas tem chance de ser aceito?

24 de fevereiro de 2024 - 17:57

Comparação de ação de Israel em Gaza ao Holocausto rendeu mais que polêmicas e um incidente diplomático; ontem, presidente rebateu críticas e voltou a acusar o país de genocídio

TAXOU, ARRECADOU

Como os super-ricos ajudaram o governo a conseguir a maior arrecadação de impostos em quase 30 anos

23 de fevereiro de 2024 - 9:55

Foram R$ 280,6 bilhões recolhidos em tributos no primeiro mês do ano, o maior valor da série histórica iniciada em 1995

COM A PALAVRA, MINISTRO

Os ventos do Norte não movem moinhos? Do que depende a queda dos juros no Brasil, segundo Haddad

22 de fevereiro de 2024 - 11:11

Na mesma entrevista, Haddad disse que as perspectivas para o crescimento do Brasil serão melhores a partir do segundo semestre do ano

ENTENDA A REGRA

Eleições 2024: quem completar 18 anos entre o 1º e o 2º turno é obrigado a votar?

18 de fevereiro de 2024 - 16:48

Vale relembrar que o voto é obrigatório a partir de 18 anos de idade e facultativo apenas aos jovens de 16 e 17 anos, maiores de 70 ou analfabetos

FALAS POLÊMICAS

Lula compara ataques de Israel à Gaza ao Holocausto e diz que irá esperar conclusões de legistas para comentar morte de opositor de Putin

18 de fevereiro de 2024 - 13:33

Em coletiva durante viagem à África, o presidente abordou dois temas sensíveis para a diplomacia internacional e foi criticado pelo premiê de Israel e pela oposição

DEVO E NÃO NEGO...

Pago quando puder: Cuba diz querer quitar dívida com Brasil, mas cita até mudanças climáticas como impedimento

17 de fevereiro de 2024 - 14:07

Integrantes da Fazenda e autoridades cubanas se reuniram no início do mês para discutir a dívida de Havana com Brasília

O DISCURSO DO PRESIDENTE

Em Cúpula Africana, Lula destaca criação de aliança contra a fome e condena conflito Israel-Hamas

17 de fevereiro de 2024 - 11:22

A busca de uma solução para a fome é um dos objetivos do Brasil na presidência do G20

NO EXTERIOR

PF afirma ter encontrado “poupança” de R$ 800 mil para Bolsonaro aguardar tentativa de golpe

15 de fevereiro de 2024 - 11:23

As informações constam em um documento da PF obtido pela revista Veja nesta quarta-feira (14)

O PASSAPORTE TÁ ON

Eu falei faraó! O que Lula foi fazer no Egito em sua primeira viagem internacional do ano

14 de fevereiro de 2024 - 18:05

O país é o segundo maior parceiro comercial do Brasil na África, atrás apenas da Argélia. O presidente chegou nesta quarta-feira (14); saiba o que ele foi fazer por lá dessa vez.

ELEIÇÕES 2024

Lula vai se valer de um velho recurso da política para ajudar Boulos em São Paulo

14 de fevereiro de 2024 - 9:46

No ano passado, o presidente assinou contrato de início de obras de um conjunto habitacional acompanhado de Boulos e agora prepara outros lançamentos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies