🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-06-16T09:18:14-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
APERTO MONETÁRIO

BC da Inglaterra sobe juros às máximas em 13 anos; BC da Suíça eleva as taxas pela primeira vez desde 2007

Na Inglaterra, a taxa básica de juros agora está em 1,25% ao ano; na Suíça, a alta foi de 0,5 ponto, para o patamar de -0,25%

16 de junho de 2022
9:18
Fachada do Banco da Inglaterra (Bank of England, ou BoE), sede do BC inglês
Imagem: Bank of England

A super-quarta das decisões de juros ainda não acabou — pelo menos, não no que depender de algumas autoridades monetárias da Europa. Mais cedo, o Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) elevou as taxas do país em 0,25 ponto, ao patamar de 1,25% ao ano — é a quinta reunião seguida e o maior nível para os juros no país em 13 anos.

O movimento do BoE não foi exatamente inesperado: com a inflação chegando perto de 11% na Inglaterra, a autoridade monetária local tem sido bastante explícita ao defender um aperto monetário mais intenso para conter o avanço dos preços.

A decisão, no entanto, não foi unânime: enquanto seis membros do BC inglês defenderam o aumento de 0,25 ponto, outros três votaram por uma elevação ainda mais intensa, de 0,50 ponto. "O Comitê ficará particularmente atento às indicações de pressões inflacionárias mais persistentes e, se necessário, vai agir de maneira mais intensa".

BC da Suíça: surpresa nos juros

Mas, se a elevação de juros na Inglaterra já era esperada, o mesmo não pode ser dito da decisão tomada pelo BC da Suíça (SNB, na sigla em inglês): a autoridade monetária local surpreendeu o mercado e elevou os juros do país em 0,50 pontos — é a primeira vez desde 2007 que os suíços veem um aumento nas taxas.

Isso, no entanto, não quer dizer que os juros estejam particularmente altos por lá: com o avanço de 0,50 ponto divulgado hoje, os juros da Suíça foram de... -0,75% para -0,25%.

As elevações promovidas pelas autoridades monetárias da Inglaterra e da Suíça ocorrem um dia depois de o Federal Reserve (Fed, o BC dos EUA) subir os juros em 0,75 ponto, a maior alta desde 1994 — agora, as taxas dos Fed Funds estão entre 1,50% e 1,75% ao ano. No Brasil, o Copom continuou com o ciclo de aperto: a Selic aumentou em 0,50 ponto, para 13,25% ao ano.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Fraqueza nos números

Entrega de veículos da Tesla (TSLA34) recua no segundo trimestre e vem abaixo da expectativa do mercado

Apesar do crescimento das vendas na comparação anual, houve uma queda em relação ao trimestre anterior

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies