🔴 +35 RECOMENDAÇÕES DE ONDE INVESTIR EM MARÇO – VEJA GRATUITAMENTE

Cotações por TradingView
Ana Carolina Neira
Ana Carolina Neira
Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero com especialização em Macroeconomia e Finanças (FGV) e pós-graduação em Mercado Financeiro e de Capitais (PUC-Minas). Com passagens pelo portal R7, revista IstoÉ e os jornais DCI, Agora SP (Grupo Folha), Estadão e Valor Econômico, também trabalhou na comunicação estratégica de gestoras do mercado financeiro.
PASSANDO APERTO

Com prejuízo milionário, IRB Brasil (IRBR3) avalia oferta de ações em busca de recursos; ações despencam

Até maio deste ano, o IRB Brasil já acumulava um prejuízo de R$ 285,3 milhões; resultado do segundo trimestre será conhecido hoje

Ana Carolina Neira
Ana Carolina Neira
15 de agosto de 2022
10:42 - atualizado às 12:51
Recepção de escritório do IRB Brasil RE
Recepção de escritório do IRB - Imagem: Divulgação

Após a circulação de notícias de que o IRB Brasil (IRBR3) estuda fazer uma oferta de ações para levantar recursos, a companhia manifestou-se publicamente nesta segunda-feira (15) para esclarecer se está mesmo buscando algum dinheiro.

De acordo com reportagens publicadas no Brazil Journal e na Bloomberg, a oferta poderia movimentar cerca de R$ 1 bilhão e as conversas com bancos de investimento já estariam avançadas.

A expectativa é que o valor da ação seja fixado em R$ 1 — desconto de 56,5% se considerado o último fechamento.

O que diz o IRB (IRBR3)

Em comunicado, o IRB Brasil afirma que essa é uma possibilidade para financiar as operações da empresa, mas não confirma que de fato haverá uma oferta de ações.

Mas, caso ela aconteça, seria uma oferta pública subsequente de distribuição primária das ações ordinárias da companhia.

Além disso, a operação necessitaria de aprovações societárias — uma vez que os atuais acionistas seriam diluídos por um preço bastante baixo — e das condições do mercado.

Em fevereiro deste ano, a possibilidade de uma nova emissão de ações já havia sido pensada diante dos prejuízos do IRB.

IRB Brasil (IRBR3): com mais perdas, dinheiro se torna mais necessário

Vale lembrar que o IRB Brasil enfrentou uma montanha-russa em seus resultados ao longo deste ano: foi lucro em janeiro, prejuízo em fevereiro, lucro em março, prejuízo em abril e mais um prejuízo em maio.

No acumulado dos primeiros cinco meses de 2022, o IRB reportou prejuízo de R$ 285,3 milhões, ante lucro líquido de R$ 9,4 milhões entre janeiro e maio de 2021.

A resseguradora divulga seu balanço referente ao segundo trimestre na noite de hoje, após o fechamento do mercado.

Veja também: Oi (OIBR3) tem prejuízo de R$ 320,8 milhões no trimestre, mas dívida desaba

Olhando esses números, fica mais fácil entender as razões que podem levar a empresa a fazer um follow-on, já que ela também passa por sérias dificuldades desde 2020.

Na época, a gestora Squadra denunciou inconsistências contábeis nos balanços da empresa de resseguros, que foi obrigada a trocar todo o alto escalão ao ficar com sua saúde financeira exposta.

No mesmo ano, o IRB — que era uma das empresas queridinhas da bolsa brasileira — se viu obrigada a fazer um aumento de capital de R$ 2,3 bilhões para cumprir as regras da Superintendência de Seguros Privados (Susep).

O desempenho de IRBR3

Há pouco, durante a sessão de abertura do primeiro pregão da semana, as ações do IRB chegaram a cair 12,12% e tiveram as negociações suspensas após atingirem a oscilação máxima permitida.

Diante de tantas reviravoltas em sua história recente, os papéis do IRB evidenciam o tamanho da crise — no ano, as ações caem 42,53%, enquanto nos últimos 12 meses o tombo é de 58,75%.

Apenas no último mês que as ações subiram (+20,94%), beneficiadas pela desinclinação na curva de juros e pelo maior apetite ao risco no mercado.

Segundo dados compilados pela plataforma Trade Map, das sete recomendações para o papel, três são de manutenção e quatro são de venda.

Compartilhe

MUDANÇA DE FLUXO

Ibovespa vai subir 15%? XP eleva projeção para a bolsa em 2024

1 de março de 2024 - 14:49

XP vê Brasil bem posicionado globalmente para atrair investidores estrangeiros e promove alterações em suas carteiras

FUNDOS IMOBILIÁRIOS HOJE

Nova administração do Devant Recebíveis Imobiliários (DEVA11) diz ter encontrado irregularidades nas despesas e afirma que vai restituir o fundo imobiliário

1 de março de 2024 - 13:08

Uma auditoria conduzida pela gestão identificou cerca de R$ 1,2 milhão em gastos jurídicos pagos pelo FII em dezembro do ano passado

QUER PAGAR QUANTO?

Vitória dos minoritários! Cielo (CIEL3) convoca assembleia para discutir novo laudo de oferta para fechar capital

1 de março de 2024 - 9:19

Bradesco e Banco do Brasil ofereceram R$ 5,35 por ação da Cielo (CIEL3), mas os minoritários entendem que os bancos deveriam pagar bem mais para fechar o capital da companhia

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa fecha em leve alta, mas sustenta os 129 mil pontos com Wall Street positivo; dólar cai a R$ 4,95

1 de março de 2024 - 7:40

RESUMO DO DIA: A bolsa brasileira acompanhou o tom mais positivo do exterior e encerrou a sessão desta sexta-feira (01) no azul. O Ibovespa terminou em leve alta de 0,12%, aos 129.180 pontos. Apesar da valorização tímida, o principal índice de ações da B3 acumulou queda de 0,18% na semana. Por sua vez, o dólar […]

VAREJO EM APUROS

Diluição à vista? Lojas Marisa (AMAR3) quer mais do que triplicar o limite de ações

29 de fevereiro de 2024 - 11:24

Proposta do conselho de administração da Lojas Marisa prevê elevar de 90 milhões para 300 milhões o limite de AMAR3 em circulação

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa recua com pressão de bancos, mas sustenta os 129 mil pontos no fim da sessão; dólar tem leve alta

29 de fevereiro de 2024 - 7:13

RESUMO DO DIA: O Ibovespa terminou a sessão desta quinta-feira (29) em queda, mas conseguiu sustentar o patamar de 129 mil pontos.  Por aqui, a cautela com o rumo dos juros no Brasil e exterior pressionou as ações de bancos, que caíram em bloco na B3. Com isso, o principal índice da bolsa brasileira fechou […]

SUBIU NO TELHADO

Petrobras (PETR4): a fala do CEO sobre dividendos que derruba as ações da estatal hoje na B3

28 de fevereiro de 2024 - 14:47

Em entrevista à Bloomberg, Jean Paul Prates defendeu que a Petrobras tenha “cautela” na distribuição de dividendos; ações reagem em forte queda

PROBLEMAS NOS HOTÉIS?

Por que os dividendos do fundo imobiliário HTMX11 tiveram um corte brusco em fevereiro? Confira a explicação da gestão

28 de fevereiro de 2024 - 12:17

O fundo de hotéis comunicou, no início do mês, que pagaria R$ 0,86 por cota aos investidores, contra R$ 3,25 em janeiro.

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa cai a 130 mil pontos, pressionado pela desvalorização de Petrobras (PETR4) após falas de Prates sobre dividendos; dólar sobe a R$ 4,97

28 de fevereiro de 2024 - 7:24

RESUMO DO DIA: A bolsa brasileira terminou a sessão desta quarta-feira (28) no vermelho, com o cenário corporativo roubando os holofotes do calendário de indicadores econômicos no exterior. O Ibovespa encerrou o dia em baixa de 1,16%, aos 130.155 pontos. Por sua vez, o dólar fechou próximo das máximas do dia, com um avanço de […]

PORTFÓLIO DE GIGANTES

XPML11 fecha acordo com empresa da B3 e pagará mais de R$ 1,8 bilhão por ‘pacotão’ de shoppings centers

27 de fevereiro de 2024 - 18:41

O fundo imobiliário assinou um memorando para ficar com participações detidas pela Syn Prop & Tech em seis shoppings centers

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies