O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-05-09T12:38:34-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
FIIs hoje

Este fundo imobiliário pagou o equivalente a 204% do CDI nos últimos doze meses — Confira a estratégia por trás dos dividendos do RECR11

Retorno passado não é garantia de retorno futuro. Mas para este mês o fundo já anunciou uma nova distribuição de proventos

9 de maio de 2022
12:37 - atualizado às 12:38
Imagem mostrando casas de brinquedo enfileiradas, com uma seta vermelha que sobe e desce sobre os telhados. É um símbolo do desempenho dos fundos imobiliários (FIIs) | Dividendos RECR11
Imagem: iStock

Nós já te contamos aqui que os fundos imobiliários de papel, que investem em títulos de renda fixa ligados ao setor, são uma das melhores opções para enfrentar a alta da taxa Selic. Comprovando a tese, os dividendos do FII REC Recebíveis Imobiliários (RECR11) deixaram o CDI comendo poeira nos últimos 12 meses. 

Segundo o relatório gerencial divulgado na última sexta-feira (6), a distribuição de rendimentos do fundo correspondeu a um retorno de 14,5% ao ano, ou cerca de 204% do CDI — um dos principais referenciais para a performance da renda fixa.

E o desempenho positivo não se limita ao último ano: com sua estratégia de alocação focada em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs), o RECR11 entregou retorno acumulado de 68,4% aos cotistas desde sua oferta inicial de cotas, no final de 2017, até o mês passado. O CDI acumulou avanço de 25,5% no mesmo período.

Vale lembrar que retorno passado não é garantia de retorno futuro. Mas para este mês o fundo já anunciou uma nova distribuição de dividendos. Os investidores receberão cerca de R$ 1,5024 por cota na próxima sexta-feira (13).

Quais fundos imobiliários depositam dividendos hoje?

Por falar em dividendos, 15 fundos imobiliários depositam dinheiro na conta dos acionistas nesta segunda-feira (9).

Veja abaixo quais são eles e confira o valor por cota e a data base dos proventos. As informações são do ClubeFII.

FundoData baseValor por cota
Rio Bravo Crédito Imobiliário II (RBVO11)29/04R$ 0,04
Pátria Edifícios Corporativos (PATC11)29/04R$ 0,32
Autonomy Edifícios Corporativos (AIEC11)29/04R$ 0,72
Votorantim Logística (VTLT11)29/04R$ 0,83
Votorantim Shoppings (VSHO11)29/04R$ 0,61
Eldorado (ELDO11B)29/04R$ 0,73
Novo Horizonte (NVHO11)29/04R$ 0,08
Via Parque (FVPQ11)29/04R$ 0,70
JPP Allocation Mogno (JPPA11)29/04R$ 1,80
TG Ativo Real (TGAR11)29/04R$ 1,44
Pátria Logística (PATL11)29/04R$ 0,58
Cartesia Recebíveis Imobiliários (CACR11)29/04R$ 1,50
Quasar Agro (QAGR11)02/05R$ 0,39
RB Capital Logístico (RBLG11)02/05R$ 0,80
GGR Covepi (GGRC11)02/05R$ 0,90

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Lucro líquido da Itaúsa (ITSA4) salta para R$ 3,7 bilhões no primeiro trimestre; veja quando a holding pagará dividendos

Vale lembrar, que como é uma holding, a principal atividade (e fonte de receita) da Itaúsa é deter participações acionárias em outras companhias

Carreira

Alunos da USP têm prioridade no mercado de trabalho? Nem sempre os ‘selecionados’ da Fuvest vão ‘roubar’ seu emprego

A universidade faz tanta diferença na sua carreira? Nós respondemos essa pergunta sobre como a USP influencia sua empregabilidade

TRILHA DO UNICÓRNIO

Aplicativo de conta em dólar, Nomad recebe aporte de R$ 160 milhões e já é avaliado em mais R$ 1 bilhão

Nessa segundo rodada de captação, a Nomad, fintech de serviços financeiros em dólar, espera atingir 1 milhão de clientes até o fim do ano

FECHAMENTO DO CÂMBIO

Dólar recua 0,12% e vale R$ 5,05. Euro sobe e é negociado a R$ 5,27. Confira o que movimentou o câmbio nesta segunda-feira

A segunda-feira ficou marcada por dados que apontam para uma desaceleração na economia chinesa

FECHAMENTO DO DIA

Derrotado: S&P 500 perde a luta e fecha o dia na lona; veja o comportamento das bolsas lá fora

Os três principais índices de Wall Street vieram de uma semana difícil, já que as preocupações com a desaceleração econômica dos EUA, um Federal Reserve mais agressivo e a inflação mais alta afetaram a confiança dos investidores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies