O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-01-07T12:01:01-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Plataformas de investimento

XP anuncia acordo para compra do Banco Modal, dono da plataforma modalmais

A XP vai usar como moeda as próprias ações e vai emitir 19,5 milhões de papéis para ficar com o Modal, que foi avaliado em aproximadamente R$ 3 bilhões

7 de janeiro de 2022
8:41 - atualizado às 12:01
Tradicional vento com toque de campainha de abertura do pregão marcou a oferta pública do Banco Modal
Tradicional vento com toque de campainha de abertura do pregão marcou a oferta pública do Banco Modal - Imagem: Cauê Diniz/ B3

Em mais um lance na batalha das plataformas de investimento, a XP anunciou hoje acordo para incorporar 100% do Banco Modal, dono da modalmais.

A XP vai usar como moeda as próprias ações e vai emitir 19,5 milhões de papéis para ficar com o Modal, o que representa um prêmio de 35% sobre a cotação média dos papéis (MODL11) nos últimos 30 dias.

Com isso, a plataforma foi avaliada em aproximadamente R$ 3 bilhões, com base nas cotações atuais do dólar e das ações da XP (US$ 27,09), que é listada na bolsa americana Nasdaq.

As ações e units do Modal disparam até 50% para se ajustar à oferta da XP no pregão desta sexta-feira. Mas para os investidores que compraram ações do Modal na oferta pública inicial de ações (IPO) o acordo com a XP traz um gostinho amargo.

Isso porque os papéis da plataforma de investimentos acumulam queda de 55% desde a estreia na B3, em abril do ano passado, até o fechamento de ontem.

Após o negócio, os acionistas do Modal terão uma participação de 3,49% no capital da XP. Mas antes disso o Modal pretende converter as todas as ações preferenciais em ordinárias e migrar para o Novo Mercado da B3.

Juntos, XP e Modal formarão uma instituição com 3,8 milhões de clientes ativos e uma receita de R$ 11,8 milhões nos últimos 12 meses até setembro. As empresas esperam concluir a união, que também precisa passar pelos reguladores, em até 15 meses.

Com juros em alta e bolsa em queda, o ano de 2021 foi difícil para as plataformas de investimento e para a tese do "financial deepening" — ou seja, a migração dos investidores para produtos com foco em maior retorno e risco fora da prateleira dos grandes bancos.

Em um ambiente de competição mais difícil, o acordo entre XP e Modal pode ser um sinal de que uma consolidação mais rápida do mercado de plataformas de investimento vem por aí.

Leia também:

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

NOITE CRIPTO

Não durou muito: bitcoin (BTC) opera em queda e volta a ficar abaixo do nível de US$ 30 mil; veja a performance das outras criptomoedas

O peso da perda de confiança do mercado é um dos pontos que mais afastam o investidor do mercado de criptomoedas atualmente

DISTRIBUINDO MAIS DO QUE COMBUSTÍVEIS

Dividendos e JPC: Vibra Energia (VBBR3) anuncia o pagamento de R$ 131 milhões em proventos; confira prazos

Ao todo, a distribuidora de combustíveis já pagou R$ 663 milhões em dividendos e juros sobre capital próprio no exercício de 2021

CSN (CSNA3) e CSN Mineração (CSNA3) vão recomprar até 164 milhões de ações; veja o que muda para os acionistas

As duas companhias aproveitam o momento descontado na B3 para encerrar os programas atuais e iniciar novas operações com duração de um ano

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Inflação derruba bolsas, Hapvida vai às compras e a varejista que ameaça o Magalu; confira os destaques do dia

Depois de um dia de animação, preocupações com o movimento dos preços e a atividade econômica pelo mundo estragaram o humor dos investidores

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana come margem de grandes empresas e derruba bolsas globais; Ibovespa cai mais de 2% e dólar cola em R$ 5

Com inflação pressionando e China voltando a fechar cidades, o Ibovespa caiu menos que as bolsas em Wall Street, mas ainda assim amargou fortes perdas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies