🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-03-15T12:08:30-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
PRETENDENTE INSISTENTE

Vem casamento aí? Aliansce Sonae (ALSO3) já tem apoio de 15% a 20% dos acionistas da brMalls (BRML3) para fusão

A intenção de convocar uma assembleia de acionistas mostra que a empresa pode estar perto de obter o número mágico para a operação

14 de março de 2022
20:00 - atualizado às 12:08
brMalls Aliansce Sonae

Apesar da brMalls (BRML3) negar ter recebido uma proposta atualizada, os novos termos da Aliansce Sonae (ALSO3) já angariaram o apoio de 15% a 20% dos acionistas da primeira empresa para uma possível fusão, segundo apuração do Broadcast.

O percentual ainda não é o suficiente para a aprovar a combinação de negócios que pode dar origem a uma das maiores operadoras de shopping do Brasil - para isso, a Aliansce precisa convencer 50% mais um do capital total. Mas a companhia segue na luta e, nos últimos três meses, já se reuniu com mais de 200 acionistas para falar sobre o negócio.

Além disso, a intenção de convocar uma assembleia de acionistas, conforme indica um fato relevante divulgado nesta segunda-feira (14), mostra que a Aliansce pode estar perto de obter o número mágico de apoio para a operação.

  • IMPORTANTE: liberamos um guia gratuito com tudo que você precisa para declarar o Imposto de Renda 2022; acesse pelo link da bio do nosso Instagram e aproveite para nos seguir. Basta clicar aqui

brMalls, você aceita a Aliansce Sonae e sua proposta atualizada?

A nova oferta da Aliansce Sonae, feita dois meses após a primeira recusa da brMalls, propõe pagamento em dinheiro R$ 500 milhões maior do que o anterior, chegando a R$ 1,850 bilhão. A empresa também aceitaria uma fatia menor no grupo resultante da fusão: 48,92% x 51,08% em vez de uma divisão meio a meio.

Se o negócio for confirmado, os atuais controladores da Aliansce (Renato Rique, CPPIB, Alexander Otto Group e Sonae Sierra) ficariam com uma fatia de 23,5% na nova empresa, ante 24,5% no lance anterior. A oferta não trata do número de assentos que cada parte teria no novo conselho de administração.

Além de representar uma elevação de 11% em relação à proposta anterior, o novo lance também aponta para um ganho de 16% por BRML3 na cotação anterior ao início das negociações, segundo fontes.

Noiva cobiçada

Vale lembrar que a Aliansce Sonae não é a única empresa de olho na brMalls. A Gafisa (GFSA3) confirmou no mês passado que também mantém conversas com a operadora de shoppings para uma possível união de negócios.

Além dela, Ancar Ivanhoe e o empresário Nelson Tanure também estão na fila de pretendentes. Segundo informações d’O Globo, Tanure voltou novamente sua mira na direção da empresa de shoppings na semana passada. 

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

QUASE LÁ...

Auxílio Brasil mais gordo e mais próximo: Senado aprova PEC do estado de emergência; proposta é enviada para a Câmara

Medida também inclui vale-gás de cozinha; auxílios aos caminhoneiros e taxistas; gratuidade de transporte coletivo para idosos; compensação dos estados que concederem créditos tributários para o etanol e reforço do programa Alimenta Brasil

POLÊMICA NA ESTATAL

Caixa revela que sabia de denúncia de assédio contra Pedro Guimarães desde maio e aponta presidente interina

A Corregedoria aguardou até que o denunciante apresentasse um “conjunto de informações” suficiente para prosseguir com a investigação contra Pedro Guimarães

GALINHA DOS OVOS DE OURO

Subsidiária da MRV (MRVE3) nos EUA garante mais de R$ 1 bilhão para construtora com venda de empreendimentos na Flórida

A Resia vendeu dois conjuntos localizados na Flóridas e a negociação rendeu cerca de R$ 375 milhões aos cofres da incorporadora

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

A quadrilha triste do Ibovespa e o nascimento de uma nova gigante; confira os destaques do dia

O mês de junho vai chegando ao fim, mas o mercado financeiro parece longe de se juntar às alegres festividades juninas espalhadas pelo país.  Na B3 e em Wall Street, os investidores dançam uma quadrilha pra lá de triste e cheia de obstáculos.  Não estamos falando de uma ponte quebrada, uma cobra perdida ou uma […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa despenca mais de 11% e tem o pior mês desde março de 2020; dólar sobe a R$ 5,23

O início do aperto monetário do Federal Reserve levou os ativos globais a ter um semestre para esquecer – e o Ibovespa não escapou disso

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies