O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-01T20:04:11-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
DESINVESTIMENTOS

Vale (VALE3) admite estar em “discussões avançadas” para venda de empresas que renderam mais de R$ 512 milhões em 2021

As negociações incluem empresas de minério de ferro, minério de manganês e de logística localizadas no Mato Grosso do Sul

1 de abril de 2022
20:04
webstory-capa-vale-balanço

A estratégia de simplificação de portfólio da Vale (VALE3) chegou às minas do Sistema Centro-Oeste. A companhia admitiu nesta sexta-feira (1) que está em "discussões avançadas" para a venda das empresas de minério de ferro, minério de manganês e de logística do complexo, localizado no Mato Grosso do Sul

Segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), os ativos em questão contribuíram com US$ 110 milhões (cerca de R$ 512,4 milhões) em ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado para a mineradora.

Ainda assim, para a mineradora, a "iniciativa de desinvestimento está em linha com a estratégia de simplificação de portfólio e foco nos principais negócios e oportunidades de crescimento". Para isso, a Vale aposta na alocação disciplinada de capital.

Vale (VALE3) e Elon Musk juntos?

Além da venda, a Vale também pode ter iniciado uma parceria com a Tesla, de Elon Musk. A notícia ainda não foi confirmada, mas, segundo informações da Bloomberg, a mineradora e a montadora de carros elétricos fecharam um contrato para fornecimento de níquel, em um acerto que deve durar alguns anos.

Procurada, a Vale disse que já declarou anteriormente que vende 5% de sua produção no mercado de veículos elétricos e planeja aumentar esse percentual para a faixa entre 30% e 40%.

"Como líder mundial na produção e fornecimento de níquel classe 1, estamos em conversas com partes interessadas em todos os pontos da cadeia de fornecimento de veículos elétricos, incluindo grandes fabricantes de automóveis, produtores de cátodos e de baterias para explorar possibilidade de parcerias", diz a Vale em nota.

O níquel explorado por mineradoras como a Vale é essencial para a fabricação de baterias para veículos elétricos — o principal ramo de atuação da Tesla (TSLA34). 

A empresa de Elon Musk tem uma meta ambiciosa de aumentar sua produção em 50% este ano e, para isso, vai precisar cada vez mais de níquel.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

CHAPÉU NA RECEITA

Criador da Terra (LUNA), criptomoeda que virou pó, deve cerca de US$ 78 milhões ao governo da Coreia do Sul e Terraform Labs deixa investidores com prejuízo de US$ 1,1 milhão

As acusações acontecem em meio a uma reformulação do protocolo, que pretende pagar os usuários que perderam dinheiro

CHAMOU PRA BRIGA

Vai encarar? Finlândia diz não ao rublo e Putin não deixa barato — Rússia reage e recebe uma forcinha de gigante europeu

O centro dessa disputa é a entrada dos finlandeses na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan); a ampliação da aliança levou a Rússia a invadir a Ucrânia em fevereiro deste ano

Starlink no Brasil

Elon Musk no Brasil: tudo o que sabemos sobre a visita do dono da Tesla e SpaceX até o momento

A visita do bilionário Elon Musk ao Brasil tem como motivo principal inovações tecnológicas relacionadas a internet

China corta juros para estimular setor imobiliário e commodities operam em forte alta

A medida adotada pelo banco central chinês visa impulsionar o mercado imobiliário, o que favorece as produtoras de commodities

EXILE ON WALL STREET

Menu às cegas: Você investiria em um ETF que não é transparente? Conheça as oportunidades em ANTs

Os ANTs (Actively Non-Transparent, em inglês) surgiram no final de 2019 e vêm ganhando tração desde então, como uma alternativa aos mutual funds

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies