O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-02-03T14:11:50-03:00
Camille Lima
DE MEME A METAVERSO

Nova furada pela frente? Depois de virar a primeira ‘ação meme’, GameStop se joga no mercado de NFT

Gigante dos videogames anunciou parceria com a Immutable X para lançar seu próprio marketplace de tokens não fungíveis até o final do ano

3 de fevereiro de 2022
14:11
Fachada da loja GameStop
Imagem: Johnny Louis/Getty Images

Quebrar a cara uma vez é humano, entrar em nova furada logo em seguida é tolice. Para quem faz parte do mundo dos videogames, ouvir falar da GameStop não era estranho, mas logo a empresa também passou a ser extremamente conhecida no mercado financeiro. 

No começo de 2021, a rede de lojas de games se tornou a ação de destaque na bolsa norte-americana, depois que o valor de mercado da companhia passou de US$ 1,3 bilhão no final de 2020 para US$ 22,5 bilhões em pouco menos de um mês. 

O movimento de compra das ações da GameStop foi planejado em um fórum de discussão da rede social Reddit e fez a ação da empresa saltar mais de 1.800% na Bolsa de Nova York (Nyse), de US$ 19,26 para US$ 380.

A alta vertiginosa despertou a atenção de milhares de pequenos investidores. Como a valorização não encontrava fundamentos nos resultados da GameStop, quem entrou por último acabou perdendo dinheiro, já que as ações perderam mais da metade do valor desde o pico.

Agora, pouco mais de um ano depois de se tornar a primeira “ação meme”, a GameStop se prepara para entrar no mercado de NFTs.

Novo marketplace NFT vindo aí

A rede de games anunciou hoje cedo uma parceria com a Immutable para criar seu próprio mercado de NFT (sigla em inglês para token não fungível) até o final do ano.

Os NFTs funcionam como certificados de autenticidade digitais, que, graças à tecnologia que permitiu a criação de criptomoedas como o bitcoin, não podem ser replicados.

“A GameStop, em parceria com a Immutable, tem potencial para se consolidar como o destino final para o próximo modelo de jogo”, afirmou Robbie Ferguson, cofundador da Immutable.

O marketplace será construído na plataforma da Immutable X, baseada no blockchain da criptomoeda ethereum (ETH), chamada de Ethereum Layer 2. A rede possui taxas zeradas para negociar NFTs com emissão neutra de carbono.

Ou seja, a Ethereum Layer 2 vem para solucionar os problemas de negociações em ETH, como as altas taxas de gás e o alto consumo de energia.

“O mercado NFT da GameStop trará o poder de uma comunidade incrivelmente forte para seus mais de 50 milhões de usuários e todos os desenvolvedores que lançarem nele, e nossa tecnologia tornará mais rápido, fácil e acessível fazê-lo - sendo 100% carbono- neutro”, completou Ferguson.

Fundo para criadores de conteúdo

A parceria inclui a criação de um fundo de até US$ 100 milhões para apoiar os criadores de conteúdo e tecnologia dos tokens que vão lançar seus projetos de jogos NFT no marketplace.

Além disso, o acordo prevê que a Immutable X deverá fornecer até US$ 150 milhões em tokens IMX para a GameStop depois do atingimento de metas.

Alguns desses objetivos são o lançamento do mercado NFT, além de alcançar US$ 1,5 bilhão em volume de vendas e US$ 3 bilhões em volume de vendas no Immutable X dentro de um período.

Relembrando a história conturbada da GameStop

A ação da GameStop se viu sob os holofotes no mercado de ações dos Estados Unidos, e não sem motivos. De repente, os papéis dispararam — e geraram fortes perdas para vários “tubarões” do mercado, que venderam posições por acreditarem na queda dos ativos na bolsa de Nova York.

A empresa virou o foco de uma forte luta de classes, em uma batalha entre os gigantes de Wall Street e os pequenos investidores que conversavam em fóruns do Reddit.

Na época, os pequenos investidores foram se divertindo e comprando a ação em um preço considerado barato por meio do aplicativo da corretora Robinhood. Afinal, quem tem pouco dinheiro e está começando a investir em bolsa procura em fóruns uma empresa “favorita” para comprar as ações.

Enquanto isso, Wall Street enxergou a moeda pelo outro lado: uma chance de "vender a descoberto" as ações da GameStop, que apostavam que seria um grande fracasso. 

Com as disparadas na Nyse, as negociações tiveram que ser interrompidas nove vezes, o que animou os pequenos para continuarem na briga contra as grandes empresas de Wall Street.

Logo, as perdas acumuladas da venda a descoberto forçaram os gigantes a reverterem sua decisão: agora, eles estavam comprando de volta as ações da GameStop para cobrir os prejuízos e estancar a sangria.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

PORTFÓLIO DE BILHÕES

Aposta contra a Apple (AAPL34)? Veja as mudanças que Warren Buffett, Michael Burry e investidores de elite fizeram nas carteiras

Esses pesos-pesados do mercado financeiros tomaram decisões surpreendentes no primeiro trimestre; confira as mudanças mais significativas que eles fizeram no período

DO BRASIL PRO MUNDO

Guedes tem encontro com Escobari, da General Atlantic, e vai a jantar do BTG; confira a agenda do ministro em Davos

O banqueiro André Esteves, que em abril voltou ao comando do conselho do BTG Pactual, está participando do evento na Suíça

UMA TECH ATRAENTE

É hora da Locaweb? Saiba por que o Deutsche Bank vê ponto de entrada para as ações LWSA3

Banco alemão atualizou a recomendação para a empresa de neutra para compra e vê potencial de valorização de mais de 50% para os papéis

O QUE VEM POR AÍ

Ata do Fed e IPCA-15: confira a agenda de indicadores da semana aqui e lá fora

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

CAMINHO DO MEIO

Menor rejeição e apoio interno no MDB dão vantagem a Simone Tebet; veja os rumos da senadora da terceira via

Maior desafio, segundo marqueteiros, é torná-la popular: 46% do eleitorado desconhece Simone Tebet, segundo pesquisas recentes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies