🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-03-15T07:51:59-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
UM PRA LÁ, DOIS PRA CÁ

IRB Brasil (IRBR3): dividendos foram absorvidos pelo prejuízo em 2021

A decisão veio após um comunicado na última sexta-feira (11) em que a empresa afirmava que não iria pagar dividendos aos acionistas

13 de março de 2022
13:32 - atualizado às 7:51
Imagem de um celular com o logo do IRB (IRBR3) sendo exibido na tela
De acordo com a IRB, a regra é legal e não cabe debate prévio da administração da empresa para ser feito. - Imagem: Shutterstock

*CORREÇÃO: Por um erro da redação, a matéria original informava de forma incorreta que o IRB havia voltado atrás no cancelamento dos dividendos. Mas os proventos foram cancelados e absorvidos pelo prejuízo. Segue a íntegra da nota corrigida:.

Depois de um banho de água fria nos investidores, que esperavam dividendos do IRB Brasil (IRBR3), a resseguradora confirmou, por meio de um comunicado à CVM neste domingo (13), que os dividendos foram absorvidos pelo prejuízo.

De acordo com o IRB, a regra é legal e não cabe debate prévio da administração da empresa para ser feito. 

IRB tem fraco desempenho em 2021

Segundo o balanço do quarto trimestre, o IRB fechou o período com prejuízo de R$ 370,9 milhões, uma queda de 42,4% na comparação com as perdas do mesmo período de 2020.

No ano passado, o resultado líquido da companhia foi negativo em R$ 683 milhões, o que significa uma perda 54% menor ano a ano.

IRB e os dividendos 

Os planos da resseguradora incluíam a distribuição de R$ 27,28 milhões em juros sobre o capital próprio (JCP), anunciados em setembro do ano passado.

O dinheiro, que equivale a R$ 0,03101001 por ação e é referente ao exercício de 2019, seria pago aos detentores de ações IRBR3 em 14 de agosto de 2020.

O motivo por trás do cancelamento é que o valor reservado para os proventos "foi absorvido por prejuízos apurados pela companhia em exercícios sociais posteriores", segundo explica o IRB em comunicado enviado à CVM.

Relembre o escândalo que manchou a história e derrubou as cotações do IRB Brasil (IRBR3)

Vale lembrar que a empresa e os acionistas enfrentam dias difíceis (e sem dividendos) desde o primeiro pregão de fevereiro de 2020, quando chegou ao mercado o alerta da Squadra. A gestora carioca foi a primeira a apontar a existência de inconsistências contábeis nos balanços da empresa de resseguros.

Executivos da companhia ainda tentaram salvar a imagem da empresa ao divulgar a notícia falsa de que a Berkshire Hathaway, holding de investimentos do bilionário Warren Buffett, havia aumentando a posição em IRBR3. E funcionou: os papéis recuperaram imediatamente parte das perdas.

Mas, assim como ocorreu com os balanços, o jogo virou quando a nova mentira foi descoberta. O IRB foi alvo de um vexame internacional depois que a Berkshire veio a público afirmar que nunca teve, não tem e não pretende ter ações da empresa.

E os papéis IRBR3 hoje

No fechamento do mercado da última sexta-feira, os papéis IRBR3 registraram queda de 2,66%, negociados a R$ 2,93. 

Na comparação mensal, as ações perdem 7,8%, enquanto a queda desde o início do ano é de cerca de 25%. 

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

NOITE CRIPTO

Sem fôlego: bitcoin (BTC) opera em alta, mas ainda não volta para os US$ 20 mil; entenda por quê

Apesar do respiro desta sexta-feira (1), o bitcoin ainda sente todo o peso de um Federal Reserve mais agressivo contra a inflação. A semana também não foi tão positiva assim com o noticiário do universo digital.

VAI TER QUE PAGAR!

Um acordo de milhões: Petrobras (PETR4) se entende com a ANP sobre royalties da operação de xisto no Paraná

Segundo a estatal, o acordo envolve o pagamento de R$ 601 milhões pela companhia — um montante que já foi provisionado nas demonstrações financeiras

CASOU!

Enfim, sós! Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) consumam combinação de negócios; confira detalhes

Por conta do enlace, hoje foi o último dia de negociação das ações de emissão da Unidas na B3

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa começa julho com o pé direito, o reforço de caixa da MRV (MRVE3) e a semana em cripto; confira os destaques do dia

Que sexta-feira costuma ser o dia da semana favorito de muita gente não é novidade, mas você já reparou na tendência que temos de tentar fazer dele o mais leve de todos para não atrapalhar o descanso do fim de semana? Seja no escritório ou no mercado financeiro, o último dia útil é o momento […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa dá uma pausa nas perdas e sobe 0,29% na semana, mas dólar dispara e chega a R$ 5,32

O começo de julho foi mais animador para o Ibovespa, mas as dificuldades seguem pressionando o câmbio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies