O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-01-27T15:11:24-03:00
Guilherme Valle
NOVOS NEGÓCIOS

Google está de olho nas criptomoedas e vai criar unidade de negócio dedicada ao blockchain; entenda o que está por trás da decisão

Antes de se aventurar, gigante de tecnologia assistiu com cautela às movimentações das concorrentes para entrar no mercado de criptomoedas

24 de janeiro de 2022
17:57 - atualizado às 15:11
Logo do Google
A nova unidade deve integrar a também recém inaugurada divisão Labs da companhia, responsável pelos projetos de realidade virtual e aumentada do Google — Imagem: Shutterstock

O momento pode não ser o melhor para as criptomoedas, mas isso não reduz o interesse dos gigantes da tecnologia nesse mercado. O Google deverá criar uma nova unidade de negócio exclusivamente dedicada a tecnologias que façam uso do blockchain e outras tecnologias de computação descentralizada, como é o caso do DeFi.

A informação foi obtida pela agência Bloomberg a partir de um email interno do Google.

A nova unidade deve integrar a também recém inaugurada divisão Labs da companhia, responsável pelos projetos de realidade virtual e aumentada do Google.

A unidade estará sob a liderança de Shivakumar Venkataraman, engenheiro que trabalhou por 20 anos no serviço de anúncios Google Ads, carro-chefe da companhia.

A decisão é o mais novo capítulo da gradual entrada do Google no mercado cripto. 

Até agosto do ano passado, crypto wallets estavam proibidas de contratar o Google Ads. A empresa também não aceitava criptomoedas como forma de pagamento por seus serviços.

Mas tudo isso começou a mudar. A parceria entre Gemini e Google Pay, celebrada em abril de 2021, permitiu que alguns usuários comprassem Bitcoins através de moedas “convencionais” utilizando a plataforma.

Na sequência vieram Coinbase e Bakkt. Em casos específicos, as parcerias permitiram o uso de criptomoedas para o pagamento de bens e serviços transacionados via Google Pay.

Em entrevista concedida à Bloomberg, Bill Ready, presidente do segmento de comércio do Google, admitiu que a companhia está à procura de parceiros para ampliar o leque de serviços financeiros que oferece, possibilitando que seus usuários comprem e vendam criptomoedas através do Google Pay.

Concorrentes

O mercado cripto tem sido bastante disputado pelas gigantes da tecnologia. Recentemente, o Twitter implementou funcionalidade que torna possível o pagamento de gorjetas em criptomoedas para usuários do site.

A rede social também anunciou uma funcionalidade que permitirá que o usuário conecte sua wallet e utilize uma NFT como imagem de perfil.

Já a Meta (o antigo Facebook) está tentando, com dificuldades, emplacar sua própria criptomoeda, a Diem. E também lançou sua própria wallet, a Novi, que está conectada com o Whatsapp.

A Amazon é outra big tech que não ignora o segmento e opera um serviço de blockchain “gerenciado”, que possibilita a operação de redes privadas e a interação entre diferentes blockchains, como Bitcoin e Ethereum.

Veja também:

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

DE VOLTA DAS CINZAS

Nova esperança da Terra (LUNA)? Criador do projeto tenta salvar criptomoeda que desapareceu com proposta de atualização; é o suficiente?

O relançamento da Terra inclui distribuição gratuita de novas criptomoedas para alguns investidores; saiba se você pode receber

concorrência no varejo

Magalu ameaçada? Dona da rival Shopee tem salto na receita e lidera aplicativos baixados no Brasil

Papéis da controladora da Shopee subiram 14% na bolsa de Nova York (Nyse) ontem (18) e fecharam o pregão valendo US$ 80,14

EM TEMPO REAL

TCU retoma julgamento da privatização da Eletrobras (ELET3) hoje; acompanhe ao vivo

O governo está otimista com a perspectiva de que o processo seja aprovado pelo tribunal

DE ROUPA NOVA

Com foco em criptomoedas e NFTs, Zuckerberg muda o nome do Facebook Pay para Meta Pay; entenda as alterações

Novo passo em direção ao metaverso inclui na plataforma de pagamentos e negociações usada no WhatsApp as funções de empréstimos e investimentos em ativos digitais

NA SAÚDE E NA DOENÇA

Parceria bilionária entre Dasa (DASA3) e Inspirali, da Ânima (ANIM3), sai do papel com foco em formação médica; confira detalhes do projeto

Iniciativa deve beneficiar os mais de 10 mil estudantes de Medicina da Inspirali assim como os médicos que fazem parte das mais de 900 unidades de medicina diagnóstica e hospitais da Dasa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies