🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-03-14T06:36:07-03:00
Estadão Conteúdo
JOGO DURO

Sem essa de ‘iguais’: depois de ver proposta original rejeitada, Aliansce Sonae (ALSO3) aumenta oferta à brMalls (BRML3) em nova investida por fusão

Na nova proposta, Aliansce Sonae decidiu elevar o lance pela brMalls em aproximadamente 11%

14 de março de 2022
6:31 - atualizado às 6:36
Shopping Villa Lobos, que faz parte do portfólio da brMalls
Shopping Villa Lobos, que faz parte do portfólio da brMalls -

A Aliansce Sonae (ALSO3) está disposta a seguir adiante em sua proposta de fusão com a brMalls (BRML3).

Caso prospere, a operação criará um gigante no setor de shopping centers, com 69 empreendimentos no Brasil.

Depois de ter a primeira oferta rejeitada no começo do ano, a Aliansce Sonae decidiu elevar o lance em aproximadamente 11%.

A informação foi antecipada pelo colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, neste domingo, 13, e confirmada e detalhada pelo Estadão/Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) com fontes de mercado.

Um fato relevante com os termos atualizados estava previsto para ser publicado hoje.

Sem fusão de iguais

Há dois meses, a Aliansce (dona do Shopping Leblon, no Rio) fez uma oferta classificada como "fusão de iguais", porque os acionistas de cada empresa teriam 50% do novo grupo.

Os acionistas da brMalls (dona do Shopping Villa-Lobos, em São Paulo) também receberiam R$ 1,35 bilhão em dinheiro para cobrir a diferença de valor de mercado entre ambas.

A nova proposta da Aliansce Sonae

Na nova oferta, a Aliansce vai subir o pagamento em dinheiro em R$ 500 milhões, chegando a R$ 1,85 bilhão. Também aceitará uma fatia menor no grupo resultante da fusão: 48,92% e 51,08% em vez de uma divisão meio a meio.

Se o negócio for confirmado, os atuais controladores da Aliansce (Renato Rique, CPPIB, Alexander Otto Group e Sonae Sierra) ficariam com uma fatia de 23,5% na nova empresa, ante 24,5% no lance anterior. A oferta não trata do número de assentos que cada parte teria no novo conselho de administração.

Ganho por ação da brMalls

Além de representar uma elevação de 11% em relação à proposta anterior, o novo lance também aponta para um ganho de 16% por BRML3 na cotação anterior ao início das negociações, segundo fontes.

O fato relevante também deve informar que a Aliansce Sonae - que já detém mais de 5% de participação na brMalls - vai convocar uma assembleia de acionistas para que a nova proposta seja votada.

Nova assembleia de acionistas

O Estadão/Broadcast apurou que a direção da Aliansce fez mais de 200 reuniões com acionistas da brMalls, o que representa uma cobertura relevante da base de investidores da concorrente.

O pedido para realização da assembleia indica confiança da Aliansce de que já teria votos suficientes para a fusão ser aprovada.

Quando rejeitou a primeira oferta, em janeiro, o conselho da brMalls avaliou que o lance era uma tentativa de aquisição sem pagamento de prêmio (compensação), visto que os atuais controladores da Aliansce ficariam com uma participação relevante no grupo combinado, o que, na prática, lhes daria o comando.

A brMalls deixou a porta aberta para negociar se a oferta fosse elevada, embutindo uma compensação equivalente a um pagamento de prêmio - justamente o que a Aliansce tentou suprir ao elevar o lance.

Procuradas, as empresas não comentaram.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

ELEIÇÕES 2022

Quem é Maria Luiza Ribeiro Viotti, a primeira mulher a comandar o Itamaraty se Lula vencer as eleições?

A indicação de uma mulher para o Itamaraty contemplaria o movimento feminino na diplomacia, que ganhou força política no Congresso e foi incentivado por Amorim no passado; o Brasil nunca teve uma chanceler

QUEREM PARAR O RUSSO

Todos contra Putin: O assunto da vez da reunião dos líderes do G7? Impor limites à Rússia

Dessa vez, a ideia central é a de impor um “teto” no preço dos combustíveis russos — a proposta foi trazida à pauta pelo presidente americano, Joe Biden

TECNOLOGIA EM FOCO

Em busca de inovação: Petrobras (PETR4) lança oportunidades para aquisição de soluções de startups e empresas de tecnologia; saiba como funciona

A Petrobras vai investir até R$ 21,2 milhões em empresas de tecnologia e startups de soluções nas áreas de robótica, tecnologias digital e d inspeção

DUELO DE GIGANTES

Berkshire, de Warren Buffett, está à caça da Tesla, de Elon Musk — veja como anda essa disputa

No auge da pandemia de covid-19, a fabricante de veículos elétricos nadou de braçada, com as ações disparando mais de 12 vezes, enquanto os papéis da holding do Oráculo de Omaha subiram modestos 60%; será que o cenário ainda é o mesmo?

BOMBOU NAS REDES

Luiza Trajano em desespero? Após derreter quase 70%, Magazine Luiza (MGLU3) leva o título de pior ação do semestre; descubra quem mais chegou perto de virar pó no período

Com ações derretendo quase 70%, Magazine Luiza (MGLU3) teve o pior desempenho do semestre; veja o ranking completo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies