2022-05-04T10:46:28-03:00
Ricardo Gozzi
MAIS SANÇÕES

União Europeia anuncia embargo ao petróleo russo e preço do barril dispara

Em sua sexta rodada de sanções contra a Rússia, a União Europeia deu seis meses para que os países do bloco substituam as importações do petróleo russo

4 de maio de 2022
6:45 - atualizado às 10:46
Barril de petróleo e mapa mundi
Ursula von der Leyen, a chefe do braço executivo da União Europeia, anunciou hoje novas sanções contra a Rússia - Imagem: Shutterstock

Tornar-se menos dependente da energia fornecida pela Rússia é uma missão ingrata para a União Europeia (UE). Ainda assim, os representantes do bloco não podem ser criticados por falta de tentativa.

A Comissão Europeia, braço executivo da UE, apresentou hoje uma nova rodada de sanções contra o Kremlin. As medidas incluem um plano para eliminar gradualmente as importações de petróleo russo pelos membros do bloco.

Nos mercados futuros, a cotação do barril do petróleo disparou. O petróleo do tipo Brent subia mais de 4%, flertando com a marca de US$ 110 por barril na manhã de hoje.

A União Europeia é altamente dependente da energia fornecida pela Rússia

Não se trata de algo trivial. A União Europeia é altamente dependente do petróleo e do gás natural fornecidos pela Rússia.

Segundo dados de 2020, a Rússia respondia por 25% de todo o petróleo importado pelos países que integram a União Europeia.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Desde a invasão da Ucrânia pela Rússia, Bruxelas tem imposto sanções a Moscou, mas vinham evitando medidas que envolvessem commodities energéticas.

Em março, a Comissão Europeia anunciou um acordo com os Estados Unidos destinado a reduzir a dependência do gás natural russo.

Países da UE terão 6 meses para substituir importações de petróleo da Rússia

“Sejamos claros: não vai ser fácil”, disse a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, durante discurso no Parlamento Europeu nesta quarta-feira.

“Alguns Estados membros são fortemente dependentes do petróleo russo. Mas nós simplesmente temos que trabalhar nisso. Propomos agora a proibição do petróleo russo. Esta será uma proibição completa de importação do petróleo russo”, acrescentou ela.

Pelo plano, dentro de seis meses, a União Europeia não receberá mais remessas marítimas nem de oleodutos operados pela Rússia. A medida abrange tanto o petróleo cru quanto o produto refinado.

Algumas exceções estão previstas

A imposição de sanções ao petróleo russo ganhou força esta semana, depois que a Alemanha anunciou a intenção de tornar-se independente do petróleo russo ainda este ano.

Entretanto, a Comissão Europeia prevê exceções. Eslováquia e Hungria, por exemplo, dependem quase totalmente da energia fornecida pela Rússia.

Von der Leyen não anunciou detalhes sobre as exceções, mas funcionários da UE disseram à CNBC que Hungria e Eslováquia devem ter um prazo maior para substituir as importações de petróleo.

Segundo Von der Leyen, o prazo de seis meses para a maioria dos países da UE daria tempo para os mercados de commodities se ajustarem às sanções.

*Com informações da CNBC.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

ALERTA VERMELHO

Ethereum (ETH) ameaçado: 3 motivos que podem atrasar a atualização mais esperada do ano — e por que isso irá afetar o mercado de criptomoedas como um todo

7 de julho de 2022

Na semana, a maior criptomoeda do planeta acumula avanço de mais de 8%, mas investidores continuam à espera de um milagre

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Entre 65 e 380 eu compro

7 de julho de 2022

“O que vai acontecer com X?”. É uma pergunta errada e perigosa, que nem sequer deve ser formulada em decisões de investimento; entenda

OS SOBREVIVENTES

Putin vê mais um primeiro-ministro britânico cair, mas ainda precisa comer muita farinha antes de alcançar a rainha Elizabeth II

7 de julho de 2022

Boris Johnson é o quinto primeiro-ministro a cair com Putin na presidência da Rússia, mas a monarca britânica já viu muito mais que isso

FINO EQUILÍBRIO

Bitcoin (BTC) tenta começar o segundo semestre com o pé direito e criptomoedas acumulam altas na semana; confira oportunidades

7 de julho de 2022

Na semana, a maior criptomoeda do planeta acumula avanço de mais de 8%, mas investidores continuam à espera de um milagre

REESTRUTURAÇÃO

TIM anuncia plano de transformação: confira se as mudanças vão atingir os negócios da TIM Brasil (TIMS3)

7 de julho de 2022

A reestruturação tem o objetivo de reduzir a dívida da operadora na Itália; as operações no Brasil não serão afetadas, de acordo com a TIM