Insights de investimento, análises de mercado e muito mais! Siga o Seu Dinheiro no Instagram

2022-04-11T23:54:43-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
NÍVEL PRÉ-GUERRA

Por que o rublo sobe enquanto Estados Unidos e Europa tentam minar a economia russa?

Mesmo com centenas de sanções dos países ocidentais, a Rússia tem tentado manter a sua moeda forte e ajuda o rublo a se recuperar

10 de abril de 2022
14:43 - atualizado às 23:54
Rublo, moeda da Rússia, com gráfico de mercados ao fundo
Rublo, moeda da Rússia, com gráfico de mercados ao fundo - Imagem: Envato

Antes mesmo da invasão russa à Ucrânia começar, os Estados Unidos e a União Europeia já estavam a postos para tentar convencer a Rússia a recuar sem pegar em armas – com sanções econômicas capazes de jogar o país de Vladimir Putin em uma crise econômica sem precedentes. 

Desde o início da guerra, centenas de medidas foram tomadas para minar os recursos do país e de sua elite econômica, mas parece que a Rússia encontrou força para evitar o pior cenário.

Ao contrário do que ocorreu nas primeiras semanas de conflito, o rublo, moeda oficial do país, tem recuperado terreno, mesmo com a perspectiva de queda de 15% no Produto Interno Bruto (PIB) em 2022, de acordo com o Instituto Internacional de Finanças (IIF), e o aviso de diversas agências de análise de risco sobre a possibilidade de um calote generalizado da dívida do país. 

Comportamento do rublo frente o dólar desde o início de fevereiro Fonte: Yahoo Finance

A recuperação inesperada da moeda não passou despercebida pelo governo americano. Para a Casa Branca, existe uma manipulação cambial em curso impedindo que a moeda recue, mas o movimento não deve ser sustentável no longo prazo. 

Para tentar segurar a crise inevitável, o banco central russo elevou a taxa de juros de 9,5% ao ano para 20%, além de implementar um funcionamento limitado para a bolsa de Moscou, reduzindo a oportunidade de retirada de capital do país. Além disso, as exportadoras precisam manter 80% de suas receitas na moeda local. Vale citar que, desde então, o BC russo cortou a taxa para 17%. 

A decisão mais recente e que também ajuda a explicar a recuperação do rublo é a obrigatoriedade de pagamento em rublos para importações de gás e petróleo feitas por países considerados "inimigos".

Nem todo mundo aceitou a proposta, e muitos países seguem realizando o pagamento em euros e dólares. Mas como maior exportador de energia do mundo, a Rússia segue tendo cartas na manga, como oferecer as commodities por um preço atrativo para aqueles que pagam em rublos. É o caso da Índia, que aumentou consideravelmente a importação do petróleo russo para aproveitar a "liquidação". 

Medidas adicionais

Para manter o rublo vivo, o país também fixou o preço do ouro em 5 mil rublos por grama (cerca de US$ 61), ganhando tempo e força para a moeda local. A paridade com o ouro não era utilizada por um país desde 1999, quando a Suíça foi a última nação a encerrar o uso do modelo. 

Com o funcionamento limitado desde o início da guerra, a bolsa de Moscou também conta com uma operação especial para evitar uma fuga de capital ainda maior.

Investidores estrangeiros de países considerados "inimigos" não podem vender ações e movimentar fundos de investimentos. A população local também está proibida de fazer operações cambiais trocando rublos por outra moeda estrangeira. 

*Com informações do Yahoo Finance.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) retoma parte do fôlego, mas ainda segue abaixo dos US$ 30 mil; confira o que mexe com as criptomoedas

O mercado global de ativos digitais já perdeu mais de US$ 1 trilhão em valor desde o início do grande inverno cripto

PASSARINHO NA GAIOLA

E agora Elon Musk? Acionistas entram com ação contra o bilionário e o Twitter (TWTR34); saiba o motivo

A plataforma também está sendo alvo do processo, que envolve denúncias de uso de informação privilegiada no âmbito da oferta de compra da empresa

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O copo meio cheio do Ibovespa, a nova chance da Cielo (CIEL3) e o retorno da Terra (LUNA); confira os destaques do dia

A possibilidade de que o Federal Reserve seja obrigado a manter o ritmo do aperto monetário ajudaram os ativos de risco nesta quinta-feira

ELEIÇÕES DE 2022

Distância entre Lula e Bolsonaro aumenta para 21 pontos na nova pesquisa Datafolha; confira as intenções de voto

Instituto destaca que o levantamento anterior, feito em 22 e 23 de março, tinha cenários distintos, excluindo pré-candidatos que deixaram a disputa e adicionando nomes que passaram a ser apresentados pelos partidos

FECHAMENTO DO DIA

Dólar cai abaixo dos R$ 4,80 e Ibovespa sobe 1% com sinais de fraqueza da economia americana; entenda a razão

O Ibovespa reagiu ao bom desempenho dos ativos no exterior após os investidores entenderem que o Fed deve segurar o aperto monetário

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies