🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-03-02T16:53:10-03:00
Ricardo Gozzi
RISCO DE ESCASSEZ

Preço do petróleo dispara e vai ao nível mais alto em quase 8 anos com avanço russo sobre Kiev

Em contrapartida, EUA e diversos de seus aliados anunciaram a liberação de parte de suas reservas estratégias de petróleo

1 de março de 2022
13:21 - atualizado às 16:53
Barril de petróleo e mapa mundi
Barril de petróleo e mapa mundi - Imagem: Shutterstock

O barril do petróleo é cotado hoje nos preços mais altos desde julho de 2014 diante do avanço do exército da Rússia em direção a Kiev, a capital da Ucrânia.

A disparada do preço do petróleo é sustentada pelos temores de escassez de oferta diante dos ataques russos.

Referência internacional do mercado, o petróleo do tipo Brent chegou a US$ 106,53 por barril, subindo 8,7% e atingindo o preço mais elevado desde 2014.

O petróleo WTI, negociado nos EUA, subia 9,4%, a US$ 104,65 por barril por volta das 13h.

No mesmo horário, os ADRs da Petrobras em Nova York subiam quase 5%.

Canadá proíbe importações de petróleo russo; EUA liberam reservas

O Canadá anunciou ontem a proibição às importações de petróleo russo. Até agora, o Canadá é o único país a mirar diretamente a indústria de energia da Rússia.

As sanções financeiras impostas pelos EUA e seus aliados ocidentais têm brechas para que os pagamentos por energia, principalmente gás natural, continuem.

Em contrapartida, os EUA e diversos de seus aliados na Europa anunciaram a liberação de parte de suas reservas estratégicas de petróleo.

Ao todo, EUA, Alemanha, Reino Unido, Itália e outros países europeus despejaram 60 milhões de barris no mercado. Desse total, 30 milhões devem ser liberados pelos EUA.

Petróleo já vinha em alta antes da guerra

O preço do petróleo já se encontrava sob pressão antes de a Rússia invadir a Ucrânia.

A demanda se recuperou dos impactos iniciais da pandemia, enquanto a oferta permaneceu restrita.

A Opep e seus aliados, o que inclui a Rússia, se reunirão esta semana para discutir a produção de abril.

*Com informações da CNBC e da CNN.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Está vindo aí

Risco de recessão volta a assustar, petróleo amplia perdas e petroleiras lideram quedas do dia; Hypera (HYPE3) e Americanas (AMER3) sobem forte

6 de julho de 2022

Com a queda do petróleo no mercado internacional, papéis de commodities no Brasil têm maiores quedas nesta quarta-feira

MAIS DO QUE UMA VOLTINHA

Multiplan (MULT3), Iguatemi (IGTI11), brMalls (BRML3) ou Aliansce Sonae (ALSO3)? Saiba qual é a queridinha do Itaú BBA

6 de julho de 2022

Papéis das administradoras de shoppings operam em alta nesta quarta-feira (06), embalados pela prévia operacional da Multiplan, que sinalizou que novos recordes estão no caminho da empresa

EXILE ON WALL STREET

Euro(bad)trip: Como a guerra na Ucrânia e a busca por novas fontes de energia para substituir o petróleo russo fizeram o euro despencar

6 de julho de 2022

A moeda única atingiu o seu nível mais baixo em relação ao dólar em 20 anos (próximo do US$ 1), pior que os patamares vistos na crise da dívida no começo dos anos 2010

BOMBOU NAS REDES

Warren Buffett: de entregador de jornal rejeitado por Harvard ao posto de sétimo homem mais rico do mundo; descubra como o megainvestidor conquistou a fortuna de R$ 511 bilhões

6 de julho de 2022

Veja os detalhes da trajetória de Warren Buffett até se tornar o sétimo homem mais rico do mundo

GRAVITAÇÃO UNIVERSAL

Bitcoin (BTC) sente fraco desempenho das ações dos EUA e mercado de criptomoedas segue em rota de colisão

6 de julho de 2022

Mesmo com a alta do dia, os investidores acompanham os desdobramentos do pedido de falência da Voyager Digital

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies