🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2022-08-09T20:19:47-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) opera em queda antes de inflação nos EUA — entenda por que o dado é importante

O índice de preços ao consumidor norte-americano (CPI, na sigla em inglês) de julho será divulgado na manhã de quarta-feira (10), e os mercados estão procurando provas de que a inflação nos EUA pode ter atingido o pico

9 de agosto de 2022
20:19
Bitcoin
Imagem: Shutterstock/Montagem: Julia Shikota

O bitcoin (BTC) entra na noite desta terça-feira (09) em queda, diante da cautela dos investidores de ativos de risco como criptomoedas e ações, antes de conhecerem novos dados de inflação nos EUA.

O índice de preços ao consumidor norte-americano (CPI, na sigla em inglês) de julho será divulgado na manhã de quarta-feira (10), e os mercados estão procurando provas de que a inflação nos EUA pode ter atingido o pico.

De acordo com a agência Dow Jones, espera-se que o CPI suba 0,2% em base mensal, ou 8,7% em termos anuais — ante 1,3% e 9,1% em junho. Excluindo alimentos e energia, o CPI deverá subir 0,5%, abaixo dos 0,7%. O núcleo da inflação em base anual deve chegar a 6,1%, acima dos 5,9% de junho.

Por volta de 20h15, o bitcoin caía 2,59%, cotado a US$ 23.176,47. Confira a cotação de algumas das principais criptomoedas do mundo:

NomePreço24h %7d %
Bitcoin (BTC)US$ 23.176,47-2,59%+0,35%
Ethereum (ETH)US$ 1.702,95-3,95%+3,36%
Tether (USDT)US$ 1,000,00%0,00%
USD Coin (USDC)US$ 0,9999-0,01%-0,03%
BNB (BNB)US$ 325,36+0,52%+14,38%
Fonte: coinmarketcap.com

Por que a inflação importa para o bitcoin?

O Federal Reserve (Fed) olha para os dados de inflação para decidir sobre o futuro dos juros nos EUA.

Se os números da inflação vierem melhores do que o esperado, é bem possível que o banco central norte-americano decida por um aumento de juros mais brando.

Do contrário, com um CPI mais elevado e pensando em um mercado de trabalho muito aquecido, o Fed pode optar por um ciclo de juros altos mais longo e agressivo — o que deve pressionar o bitcoin e as demais criptomoedas por mais tempo.

Veja também: A Selic ainda deve subir mais, mas não deveria

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Conteúdo Empiricus

Enquanto varejistas famosas como MGLU3 caem 30% no ano, ‘ação da Gisele Bündchen’ sobe 10% e pode valorizar mais 50%

28 de setembro de 2022 - 10:05

Varejista é a maior da América Latina dentro do seu segmento

UM GANCHO DE ESQUERDA

Com Bancos Centrais de olho no bitcoin (BTC), maior criptomoeda do mundo cai 6% antes de falas de Jerome Powell hoje; entenda

28 de setembro de 2022 - 9:53

Entenda por que você deveria acompanhar as falas de Jerome Powell, Christine Lagarde e outros presidentes de BCs do mundo

MERCADO EM 5 MINUTOS

Mercado em 5 Minutos: O terror sem fim das bolsas internacionais

28 de setembro de 2022 - 9:32

Bolsas globais caem para o patamar mais baixo em dois anos, refletindo as taxas de juros mais elevadas, que intensificaram os temores de uma recessão global

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa abre em leve queda e acompanha maior cautela do exterior; dólar fica instável

28 de setembro de 2022 - 9:04

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais operam em tom negativo nesta quarta-feira (28). Os investidores seguem com maior cautela com a expectativa de recessão global no radar. Nos EUA, os discursos de dirigentes do Federal Reserve (Fed), dentre eles o do presidente Jerome Powell, devem continuar influenciando as bolsas americanas. Com a agenda esvaziada no […]

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O efeito do abraço de urso: a volta dos IPOs na B3, dividendos milionários, inverno cripto e outras notícias que mexem com seus investimentos

28 de setembro de 2022 - 8:17

A sucessão de baixas dos ativos de risco nos mercados financeiros levou os investidores a uma caça às pechinchas — e cada vez mais analistas consideram que é hora de ir às compras nas bolsas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies