O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-01-18T16:15:41-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
NA CORRIDA PELA MINERAÇÃO

Intel planeja entrar no lucrativo ramo de mineração de criptomoedas e competir com Nvidia, a próxima empresa de US$ 1 trilhão

A escassez de condutores e semicondutores pode atrapalhar os planos da empresa, que divulgará o novo chip em fevereiro deste ano

18 de janeiro de 2022
16:15
Intel, maior fabricante de chips do mundo, quer entrar no mercado de criptomoedas
A mineração de criptomoedas é um segmento acirrado que tende a crescer nos próximos anos. Imagem: Divulgação: Intel

A mineração de bitcoin (BTC) foi a primeira atividade do mercado de criptomoedas que impactou o dia a dia das pessoas. Além do consumo de energia, as máquinas usadas nessa atividade precisam ser ultrapotentes, assim como os computadores usados em jogos. 

Pensando nisso, a Intel (INTC), empresa listada na Nasdaq e que possui recibos de ações (BDR) com o ticker ITLC34, pretende lançar uma nova linha de chips focada em mineração de criptomoedas

O novo chip será apresentado na International Solid-State Circuits Conference (ISSCC), em fevereiro, mas existe grande expectativa já no card de introdução da nova tecnologia. 

A apresentação é intitulada “Bonanza Mine: Um ASIC [aparelho de mineração] de Bitcoin com eficiência energética de ultra-baixa tensão”, e deve otimizar o uso de energia elétrica na mineração de criptomoedas

O anúncio não fez preço nos papéis da Intel, que seguem a tendência negativa do Nasdaq. Por volta das 15h40, os papéis INTC recuavam 1,53% em Nova York, cotados a US$ 54,85, enquanto os BDRs ITLC34 registravam leve alta de 0,12%, aos R$ 51,03.

Nvidia X Intel

Quem já está de olho há algum tempo nesse segmento é a Nvidia, que vem crescendo avassaladoramente nos últimos anos e pode se tornar a próxima empresa de US$ 1 trilhão, um seleto grupo que inclui Apple, Microsoft e Amazon

A empresa é conhecida por fabricar um tipo específico de componente, as graphic processing units (GPUs), as placas de vídeo poderosas para suportar os gráficos de jogos.

Entretanto, essas mesmas placas são usadas para a mineração de criptomoedas, que consomem um alto poder computacional. Essa briga entre mineradores e gamers chegou a gerar, inclusive, uma reação do CEO da Nvidia.

Mas a Nvidia deve agradecer aos games e à mineração: por causa deles, a empresa bateu recorde de receita no terceiro trimestre de 2021. 

Escassez 

Mesmo com a entrada da Intel no jogo, o futuro das máquinas de mineração de criptomoedas deve demorar para chegar. 

O planeta vive um momento de crise na produção de chips, condutores e semicondutores, essenciais para a indústria. Essa escassez chegou a parar a produção de carros no Brasil e deve se estender enquanto durar a pandemia de covid-19. 

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de swing trade: compra de ações da Wiz (WIZB3) e lucro de 5% no bolso com Bradesco (BBDC4)

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Wiz (WIZS3), com entrada em R$ 8,44; veja a análise

O melhor do Seu Dinheiro

O Nubank estará Nu mais uma vez? Confira a história do dia e outras sete notícias que mexem com os seus investimentos

O Nubank virou rei na competição com os bancões, mas a nudez dos balanços amargou o gosto dos investidores pela fintech; veja o que esperar do resultado do primeiro trimestre

Segredos da Bolsa

Esquenta dos mercados: Desaceleração da China gera mal estar e bolsas amanhecem pressionadas; Ibovespa acompanha tensão na Petrobras (PETR4)

No panorama doméstico, os balanços de Magazine Luiza, Nubank e outros movimentam o dia

Fã ou hater?

O Nubank (NUBR33) vai calar a boca dos críticos? Saiba o que esperar dos resultados do 1T22 do banco digital

Nubank é um daqueles papéis que costumam gerar um comportamento binário dos investidores, a exemplo de Oi (OIBR3) e IRB (IRBR3): ou você é fã, ou é hater.

'PERGUNTA PRO SACHSIDA'

Bolsonaro se pronuncia sobre ‘fritura’ e possível substituição do presidente da Petrobras (PETR4)

Bolsonaro voltou a dizer que “ninguém vai tabelar preço de combustível”, mas afirmou que a “finalidade social” da Petrobras não está sendo cumprida

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies