🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @Renan_SanSousa
NA CORRIDA PELA MINERAÇÃO

Intel planeja entrar no lucrativo ramo de mineração de criptomoedas e competir com Nvidia, a próxima empresa de US$ 1 trilhão

A escassez de condutores e semicondutores pode atrapalhar os planos da empresa, que divulgará o novo chip em fevereiro deste ano

Intel, maior fabricante de chips do mundo, quer entrar no mercado de criptomoedas
A mineração de criptomoedas é um segmento acirrado que tende a crescer nos próximos anos. Imagem: Divulgação: Intel

A mineração de bitcoin (BTC) foi a primeira atividade do mercado de criptomoedas que impactou o dia a dia das pessoas. Além do consumo de energia, as máquinas usadas nessa atividade precisam ser ultrapotentes, assim como os computadores usados em jogos. 

Pensando nisso, a Intel (INTC), empresa listada na Nasdaq e que possui recibos de ações (BDR) com o ticker ITLC34, pretende lançar uma nova linha de chips focada em mineração de criptomoedas

O novo chip será apresentado na International Solid-State Circuits Conference (ISSCC), em fevereiro, mas existe grande expectativa já no card de introdução da nova tecnologia. 

A apresentação é intitulada “Bonanza Mine: Um ASIC [aparelho de mineração] de Bitcoin com eficiência energética de ultra-baixa tensão”, e deve otimizar o uso de energia elétrica na mineração de criptomoedas

O anúncio não fez preço nos papéis da Intel, que seguem a tendência negativa do Nasdaq. Por volta das 15h40, os papéis INTC recuavam 1,53% em Nova York, cotados a US$ 54,85, enquanto os BDRs ITLC34 registravam leve alta de 0,12%, aos R$ 51,03.

Nvidia X Intel

Quem já está de olho há algum tempo nesse segmento é a Nvidia, que vem crescendo avassaladoramente nos últimos anos e pode se tornar a próxima empresa de US$ 1 trilhão, um seleto grupo que inclui Apple, Microsoft e Amazon

A empresa é conhecida por fabricar um tipo específico de componente, as graphic processing units (GPUs), as placas de vídeo poderosas para suportar os gráficos de jogos.

Entretanto, essas mesmas placas são usadas para a mineração de criptomoedas, que consomem um alto poder computacional. Essa briga entre mineradores e gamers chegou a gerar, inclusive, uma reação do CEO da Nvidia.

Mas a Nvidia deve agradecer aos games e à mineração: por causa deles, a empresa bateu recorde de receita no terceiro trimestre de 2021. 

Escassez 

Mesmo com a entrada da Intel no jogo, o futuro das máquinas de mineração de criptomoedas deve demorar para chegar. 

O planeta vive um momento de crise na produção de chips, condutores e semicondutores, essenciais para a indústria. Essa escassez chegou a parar a produção de carros no Brasil e deve se estender enquanto durar a pandemia de covid-19. 

Compartilhe

NOITE CRIPTO

A poucas horas do The Merge, bitcoin reage e passa a subir; confira cotações do BTC e do ethereum

14 de setembro de 2022 - 20:42

Mais cedo, a maior criptomoeda do mundo não refletia o ânimo dos investidores com o The Merge, chegando a recuar mais de 9%

ANOTE AÍ

The Merge do Ethereum (ETH): confira lista de plataformas e exchanges que terão as atividades suspensas durante atualização

14 de setembro de 2022 - 15:51

Por motivo de segurança, alguns aplicativos devem suspender as atividades durante a principal atualização do sistema

CRIPTO TOMANDO ESPAÇOS

Sistema internacional de pagamentos Swift inicia projeto com tecnologia blockchain — mas isso é seguro?

14 de setembro de 2022 - 11:52

O corte parcial do Swift foi um dos mecanismos utilizados pelos Estados Unidos para impor sanções à Rússia pela invasão da Ucrânia

DIA AGITADO PARA O INVESTIDOR

‘Revolta’ de mineradores um dia antes do The Merge do ethereum (ETH), bitcoin (BTC) em queda de 9%: confira tudo que movimenta o dia das criptomoedas

14 de setembro de 2022 - 9:29

Do outro lado do mercado, o token que registra a maior alta do dia é o Celsius (CEL), da plataforma que segue fora do ar e “travou” o dinheiro dos investidores há meses

NOITE CRIPTO

Terça-feira 13: bitcoin é mais uma vítima da inflação dos EUA; confira como o BTC reagiu ao dado

13 de setembro de 2022 - 20:25

A perspectiva de aperto monetário mais agressivo nos EUA derrubou o bitcoin e outros ativos considerados mais arriscados com as ações em Wall Street

WEB 3.0

Navegador Opera dá mais um passo em direção à Web 3.0 e integra wallet de criptomoedas Metamask ao seu sistema; entenda o que significa

13 de setembro de 2022 - 15:53

Em janeiro deste ano, o Opera já havia anunciado que passaria a integrar as carteiras de criptomoedas ao seu navegador

HOJE NÃO!

Bitcoin (BTC) não sustenta sétimo dia seguido de alta e passa a cair com inflação dos EUA; Ravecoin (RNV) dispara 63% com proximidade do The Merge

13 de setembro de 2022 - 10:28

O ethereum (ETH) passa por um período de consolidação de preços, mas o otimismo é limitado pelo cenário macroeconômico

PREPARE A PIPOCA

Terra (LUNA), o retorno: por que você não deve investir na criptomoeda que disparou 120% em uma semana

12 de setembro de 2022 - 15:19

Nos últimos sete dias, a “família Terra” registrou ganhos substanciais e gerou um grande fluxo de pesquisa sobre essa que foi uma das maiores criptomoedas do mundo

JOGADA ARRISCADA

Você trocaria ações da sua empresa por bitcoin? Michael Saylor, ex-CEO da Microstrategy, pretende fazer isso com o valor de meio bilhão de dólares

12 de setembro de 2022 - 11:51

Desde o começo do ano, o bitcoin registra queda de mais de 50% e as ações da Microstrategy também recuam 52%

QUE FIM DE SEMANA!

Bitcoin (BTC) atinge os US$ 22 mil pela primeira vez em quase um mês; criptomoedas disparam até 20% no acumulado da semana

12 de setembro de 2022 - 9:21

A mesma semana em que acontece o The Merge também é marcada por um elevado apetite de risco

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies