🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-06-19T17:09:30-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
TARDE CRIPTO

Bitcoin (BTC) volta para o patamar de US$ 20 mil, mas não consegue se firmar; confira cotações

Além das preocupações macroeconômicas que também afetam o mercado de ações, a maior criptomoeda do mundo sente o impacto da perda de credibilidade de diversas corretoras do setor

19 de junho de 2022
17:09
bitcoin (BTC) sob pressão e criptomoedas também sentem a cautela do dia
Imagem: Shutterstock

Assim como um torcedor espera por um gol, os investidores estavam aguardando a hora em que o bitcoin (BTC) voltaria para o patamar de US$ 20 mil. E esse momento chegou, mas durou pouco.

No meio da tarde deste domingo (29), o maior criptomoeda do mundo conseguiu sair da casa dos US$ 19 mil — nível para o qual caiu ontem e que assustou muitos agentes de mercado — mas o avanço do dia perdeu força e a alegria durou pouco.

Assim como acontece nas bolsas, o temor de que a inflação siga alta e a atuação do Federal Reserve (Fed) leve a uma recessão fez o bitcoin a recuar ao seu menor nível desde o fim de 2020, abaixo dos US$ 20 mil.

Por volta de 17h05, o bitcoin subia 9,47%, cotado a US$ 19.990,16. Confira a cotação de algumas das principais criptomoedas do mundo:

NomePreço24h %7d %
Bitcoin (BTC)US$ 19.990,16+9,47%-27,59%
Ethereum (ETH)US$ 1.095,78+16,74%-26,34%
Tether (USDT)US$ 0,9988+0,01%-0,02%
USD Coin (USDC)US$ 1,00+0,01%-0,03%
BNB (BNB)US$ 211,39+10,64%-19,60%
Fonte: coinmarketcap.com

Bitcoin (BTC) e a falta de confiança

Nada garante que o bitcoin não vá voltar a ficar abaixo dos US$ 19 mil. Além das preocupações macroeconômicas que afetam o mercado de ações, o BTC também sente o impacto da perda de credibilidade de diversas corretoras do setor.

A forte queda na cotação fez com que diversas exchanges vetassem operações com criptomoedas. 

Na semana passada, a Celsius congelou os recursos de seus clientes, impedindo saques, transferências e outras formas de retirada.

O que vem por aí

Alguns eventos têm potencial para mexer com o bitcoin nos próximos dias — é bom estar em alerta. 

Confira os destaques da agenda da próxima semana que podem mexer com as criptomoedas:

Na Brasil:

  • Terça-feira (21): ata da última reunião do Banco Central, que poderá trazer novas informações sobre as próximas decisões e o ponto terminal da Selic. 
  • Sexta-feira (24): IPCA-15 de junho, que deve registrar alta de 0,73%, com núcleos ainda pressionados.

No exterior:

  • Quarta-feira (22): presidente do Fed, Jerome Powel,l fala no Senado dos EUA 
  • Quinta-feira (23): leituras do índice de gerentes de compra (PMI, uma medida da saúde do setor) industrial de junho da zona do euro, do Reino Unido e dos EUA.

Papo Cripto #21: Bitcoin (BTC) em pânico — o que esperar das criptomoedas a partir de agora?

Confira o que passou e o que virá no mercado cripto, segundo o analista de criptomoedas da VG Research, Felipe Fernandez. Aperte o play!

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

COMPRAR OU VENDER?

Petz dispara mais de 10%: é hora de ter uma PETZ3 pra chamar de sua?

5 de julho de 2022

O papel, que no acumulado do ano ainda tem perdas de cerca de 60%, operou em forte alta durante toda a sessão, figurando entre os maiores ganhos do Ibovespa no dia

A UM PASSO DA REGULAÇÃO

Parecer da lei de criptomoedas retira propostas que dão mais segurança ao investidor; confira mudanças no texto

5 de julho de 2022

O texto precisa ser aprovado em sessão no plenário da Câmara; sem maiores alterações, vai para a sanção presidencial

É CEDO OU TARDE DEMAIS…

UBS vê potencial de valorização menor para Hapvida — será que é hora de dar adeus à HAPV3?

5 de julho de 2022

O banco cortou o preço-alvo das ações, de R$ 15,40 para R$ 9,00, o que representa um potencial de valorização de 49% em relação ao fechamento de segunda-feira (05)

O MEDO SE ESPALHA

Por que o petróleo tomba mais de 10% e arrasta as ações da Petrobras (PETR4) e PRIO (PRIO3) hoje

5 de julho de 2022

A projeção pessimista vem em um momento em que as cotações estão sob pressão. Desde o início do ano, quando as tensões entre Rússia e Ucrânia se intensificaram, o preço do barril saltou mais de 40%

SEM ACORDO

Greve do BC termina na data marcada; paralisação durou 95 dias

5 de julho de 2022

Os servidores do Banco Central cruzaram os braços em abril e reivindicavam reajuste salarial e reestruturação da carreira — demandas que não foram atendidas a tempo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies