Insights de investimento, análises de mercado e muito mais! Siga o Seu Dinheiro no Instagram

2022-05-09T20:55:35-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) é varrido por onda de perdas que engoliu as bolsas globais; veja por que as criptomoedas desabam

O bitcoin, que tem uma forte relação com os mercados de ações internacionais, não resistiu e entrou na noite desta segunda-feira flertando com a casa dos US$ 30 mil

9 de maio de 2022
20:55
bitcoin (BTC) atinge e supera os US$ 47 mil; criptomoedas acompanham bom desempenho
Imagem: Shutterstock

O bitcoin (BTC) não conseguiu escapar do tsunami de perdas que engoliu as bolsas nos EUA e na Europa nesta segunda-feira (09), embora tenha desacelerado levemente a queda vista no início do dia. 

O mercado de ações enfrentou mais um dia de aversão ao risco, com os investidores fugindo de ativos considerados mais arriscados — liderados por perdas dos setores de tecnologia e energia. 

A combinação de inflação e juros altos com os sinais de desaceleração da economia chinesa por conta dos bloqueios contra a covid-19 foi fatal para as bolsas em todo mundo. 

O bitcoin, que tem uma forte relação com as bolsas internacionais, não resistiu e, junto com outras criptomoedas, entrou na noite desta segunda-feira insistindo em flertar com a casa dos US$ 30 mil. 

Somado a isso, a liquidez do BTC é muito maior do que dos mercados tradicionais, tendo em vista que as operações com moedas digitais ocorrem 24h por dia — e se desfazer da posição em criptomoedas é mais fácil do que esperar uma bolsa abrir.

Por volta de 20h55, o bitcoin operava em queda de 10,83%, cotado a US$ 30.378,18. Confira a performance de algumas das principais criptomoedas do mundo:

NomePreço24h %7d%
Bitcoin (BTC)US$ 30.378,18-10,83%-21,23%
Ethereum (ETH)US$ 2.258,81-10.38%-21,06%
Tether (USDT)US$ 0,99990,00%-0,01%
BNB (BNB)US$ 302,52-14,90%-22,40%
USD Coin (USDC)US$ 0,9999-0,03%-0,01%
Fonte: coinmarketcap.com

Bitcoin e ethereum ‘descontados’

Desde as máximas históricas, no fim do ano passado, as duas maiores criptomoedas do mundo caíram mais de 50%.

Estamos falando do bitcoin, que atingiu a maior cotação aos US$ 68.680 em 9 de novembro de 2021 e perdeu 52,1% do seu valor desde então, e do ethereum (ETH), que segue pelo mesmo caminho.

A segunda maior criptomoeda do mundo perdeu cerca de 50,6% desde sua máxima histórica naquele mesmo dia de novembro, quando atingiu US$ 4.860.

Altcoins em queda: Terra (LUNA) despenca

Nos destaques dos últimos sete dias, a criptomoeda Terra (LUNA) permanece no campo negativo entre as maiores moedas digitais do mundo. Com uma queda de 37,4%, a rede (blockchain) Terra Network passa por momentos difíceis nesta semana.

Isso acontece porque a stablecoin da Terra, a TerraUSD (UST), viu os investidores saírem com mais de US$ 300 milhões da stablecoin, o que é considerado o maior teste de estresse da rede até o momento.

Mas a saída de dinheiro da rede não se deve apenas ao péssimo momento do mercado: alguns analistas atribuem esse movimento a um rumor do tipo FUD (fear, uncertainty and doubt, em inglês) do mercado cripto nos últimos dias.

Seja como for, a blockchain da Terra cresceu muito nos últimos meses, com a UST entrando para o hall das dez maiores criptomoedas do mundo, juntamente com a Terra (LUNA), a moeda digital da rede Terra Network. Saiba mais sobre ela na nossa matéria especial.

Papo Cripto #018 — Explicando o que é Web 3.0

Confira o último Papo Cripto com Luiz Octavio Gonçalves Neto, fundador e CEO da startup DUX:

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) retoma parte do fôlego, mas ainda segue abaixo dos US$ 30 mil; confira o que mexe com as criptomoedas

O mercado global de ativos digitais já perdeu mais de US$ 1 trilhão em valor desde o início do grande inverno cripto

PASSARINHO NA GAIOLA

E agora Elon Musk? Acionistas entram com ação contra o bilionário e o Twitter (TWTR34); saiba o motivo

A plataforma também está sendo alvo do processo, que envolve denúncias de uso de informação privilegiada no âmbito da oferta de compra da empresa

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O copo meio cheio do Ibovespa, a nova chance da Cielo (CIEL3) e o retorno da Terra (LUNA); confira os destaques do dia

A possibilidade de que o Federal Reserve seja obrigado a manter o ritmo do aperto monetário ajudaram os ativos de risco nesta quinta-feira

ELEIÇÕES DE 2022

Distância entre Lula e Bolsonaro aumenta para 21 pontos na nova pesquisa Datafolha; confira as intenções de voto

Instituto destaca que o levantamento anterior, feito em 22 e 23 de março, tinha cenários distintos, excluindo pré-candidatos que deixaram a disputa e adicionando nomes que passaram a ser apresentados pelos partidos

FECHAMENTO DO DIA

Dólar cai abaixo dos R$ 4,80 e Ibovespa sobe 1% com sinais de fraqueza da economia americana; entenda a razão

O Ibovespa reagiu ao bom desempenho dos ativos no exterior após os investidores entenderem que o Fed deve segurar o aperto monetário

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies