O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-08T19:58:11-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
NOITE CRITPO

Bitcoin (BTC) entra em zona perigosa e segue operando em baixa; veja as cotações das principais criptomoedas

Assim como as bolsas internacionais, os ativos digitais sentiram o peso do pé no acelerador do Federal Reserve nesta semana em direção a um aperto monetário mais duro

8 de abril de 2022
19:58
bitcoin criptomoedas
Imagem: Shutterstock

O bitcoin (BTC) voltou a uma zona perigosa, depois de manter patamares de consolidação de preço, embora alguns indicadores ainda mostrem que o “otimismo cauteloso” prevalece no mercado de criptomoedas.

Nesta semana, a notícia de que o Federal Reserve (Fed) irá acelerar os planos de elevar a taxa de juros e reduzir o seu balanço de ativos pesou não só sobre o BTC como também sobre as bolsas no exterior. 

Esses mercados — que inclui o de criptomoedas — foram bastante beneficiados com a injeção de bilhões de dólares de dinheiro do banco central norte-americano no auge da pandemia e covid-19, mas agora veem a fonte secar. 

De acordo com a Rekt Capital, o bitcoin tenta sustentar os US$ 43 mil e formar ali um piso seguro de preço. No entanto, se isso não se consolidar, o BTC pode voltar para níveis entre US$ 38 mil e US$ 43 mil, o que aprofunda ainda mais a queda.

Por volta de 19h50, o bitcoin operava em queda de 2,50%, cotado a US$ 42.451,18. Confira a variação de algumas das principais criptomoedas nesta noite: 

NomePreço24h%7d%
Bitcoin (BTC)US$ 42.451,28-2,50%-8,37%
Ethereum (ETH)US$3.205,85-0,47%-7,12%
Tether (USDT)US$ 1,00-0,01%-0,01%
BNB (BNB)US$ 423,33-2,74%-4,96%
USD Coin (USDC)US$ 0,9992-0,10%-0,10%
Coinmarketcap.com

O outro lado da balança do bitcoin 

Ao contrário das previsões mais cautelosas para a maior criptomoeda do mundo, alguns indicadores permanecem em campo positivo.

De acordo com a companhia de consolidação de dados em blockchain Kaiko, a relação entre as ordens de compra e venda (put & call ratio) indicam uma tendência de otimismo no mercado.

Enquanto a relação entre a compra (call) e venda (put) permanece em queda, o preço do bitcoin consegue se manter estável em um patamar acima dessa linha. Em outras palavras, isso mostra que os investidores devem fazer a maior criptomoeda do mundo buscar novos níveis de preço.

Medo e ganância com criptomoedas

Por fim, o indicador de medo e ganância permanece na zona do “medo”. Ainda distante do “medo extremo” da semana passada e próximo de patamares mais otimistas.

Mesmo que esse indicador mostre uma tendência não tão objetiva do mercado, ele pode dar sinais de uma melhora do sentimento em relação às criptomoedas.

Papo Cripto #015

Além do texto de hoje, confira o nosso Papo Cripto com o advogado Rodrigo Caldas de Carvalho Borges, sócio no escritório Carvalho Borges Araujo. No episódio, ele comenta a evolução da regulação das criptomoedas e como isso afeta o investidor em todo mundo.

Confira:

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

Superou o trauma? Bitcoin (BTC) segue no patamar de US$ 30 mil; saiba se a maior criptomoeda do mundo sustentará esse nível

BTC terá também que superar os críticos às moedas digitais, que não pouparam esforços para injetar ainda mais medo nesse mercado já extremamente desorientado

CEO do JP Morgan leva cartão vermelho de acionistas e pode ficar sem bônus milionário, entenda a decisão rara

A desaprovação foi a primeira desde que o conselho do banco norte-americano enfrentou um voto negativo sobre compensações desde que as regras foram introduzidas, há mais de uma década

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Hapvida, Magazine Luiza e Nubank tombam, mas Ibovespa fecha o dia no azul; confira os destaques desta terça-feira

O maior apetite ao risco e a expectativa de manutenção no ritmo de alta no juro nos Estados Unidos ajudou o Ibovespa, que teve um dia de ganho

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta alta após susto inicial com Powell; dólar cai abaixo dos R$ 5

O Ibovespa fechou o dia longe das mínimas, mas o dólar caiu 2% com o apetite por risco no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies