🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-06-01T11:22:38-03:00
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
governança

Stone (STOC31) reduz poder de voto dos fundadores com saída de Eduardo Pontes do conselho

Mudança faz parte de pacote de melhorias na governança corporativa da Stone e está sujeita à aprovação do Banco Central

1 de junho de 2022
11:22
Montagem da maquininha Stone em cima de uma mesa com ambiente ao fundo desfocado
Maquininha de cartões da Stone - Imagem: Montagem Andrei Morais/Divulgação

Depois de amargar em 2021 o pior ano da sua história, a Stone (STOC31) tem efetuado melhorias na governança interna. A novidade mais recente é a redução do poder de voto dos fundadores da companhia.

De acordo com a Stone, o co-fundador Eduardo Pontes, que decidiu deixar o conselho de administração da empresa em março, vai converter suas ações Classe B, que dão direito a 10 votos cada, em ações Classe A, que valem apenas um voto cada.

As ações Classe B de Pontes, atualmente, são detidas indiretamente por meio de holdings. Na conversão para Classe A, os papéis passarão a ser de propriedade direta de empresas da sua família.

A mudança fará com que Pontes e Andre Street, os dois fundadores da Stone, detenham, tanto individual quanto coletivamente, menos de 50% do poder de voto da companhia.

Vale ressaltar que essas mudanças ainda estão sujeitas à aprovação do Banco Central.

Stone focada em governança

As decisões comunicadas nesta quarta-feira (1) fazem parte de um conjunto de medidas para dar suporte à próxima etapa de crescimento da Stone.

A empresa tem feito esforços para melhorar a governança corporativa desde o IPO na Nasdaq. A porcentagem de conselheiros independentes, por exemplo, saiu de 40% para 90% atualmente.

As principais trocas foram feitas entre março e abril deste ano, quando o co-fundador Eduardo Pontes deixou o conselho junto com outros dois membros que estavam nos postos desde antes do IPO, Ali Mazanderani e Thomas A. Patterson.

Resultados do 1T22 saem amanhã (2)

A notícia da redução do poder de voto dos fundadores foi anunciada na véspera da divulgação de resultados do primeiro trimestre de 2022. A Stone publica o balanço amanhã (2) após o fechamento do mercado e fará teleconferência com analistas em seguida, às 18h.

O desempenho ruim em 2021 provocou um mea culpa da gestão, que admitiu ter tomado decisões erradas que foram diretamente responsáveis pelos resultados.

 Dentre elas, a estratégia de crescimento agressiva e a falha na execução de projetos. A abordagem comercial também foi criticada, com os executivos afirmando que a Stone retomou o oferecimento de crédito, mas não fez isso de forma satisfatória, demorando a reprecificar os seus produtos após a súbita elevação da taxa de juros vista no país. 

No ano passado, a empresa de maquininhas registrou um lucro líquido ajustado de R$ 34 milhões no quatro trimestre, uma queda de mais de 90% com relação ao ano anterior. No acumulado de 2021, o lucro foi de R$ 203 milhões.

A receita cresceu 87%, a R$ 1,9 bilhão, mas as margens foram pressionadas pelo avanço da curva de juros e a demora da empresa para reprecificar os seus produtos – o que só foi feito em novembro. Além disso, ainda existem despesas financeiras e operacionais da operação com o Banco Inter.

Leia também:

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

NOITE CRIPTO

Na luta: bitcoin (BTC) opera em alta, mas performance não dá inveja; confira cotações

Apesar do avanço, o último mês foi o pior da história do bitcoin. A queda de 37,9% se consolidou como a mais terrível da história, desbancando maio de 2021, quando o recuo foi de 35,4%

PROBLEMAS FINANCEIROS

Tenda (TEND3) negocia com credores e consegue sinal verde para flexibilizar endividamento

Os detentores de debêntures da empresa aceitaram mudar os termos das dívidas em troca de garantias – e remuneração – extras

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

‘Pane’ nas exchanges, os limites para a Rússia e a queda do Ibovespa; confira os destaques do dia

Os corredores do mercado financeiro estavam mais silenciosos do que o habitual nesta segunda-feira (04).  Nos Estados Unidos, as bolsas em Wall Street ficaram fechadas devido ao feriado do Dia da Independência americana, mas parece que boa parte dos investidores brasileiros também deu uma esticadinha no fim de semana.  Sem Nova York e com o […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa cai abaixo dos 99 mil pontos em dia de baixa liquidez; dólar e juros sobem com petróleo

Sem Wall Street, o Ibovespa teve um dia de movimentação limitada. Apesar da alta do petróleo, o índice não conseguiu se consolidar em alta

ELEIÇÕES 2022

Quem é Maria Luiza Ribeiro Viotti, a primeira mulher a comandar o Itamaraty se Lula vencer as eleições?

A indicação de uma mulher para o Itamaraty contemplaria o movimento feminino na diplomacia, que ganhou força política no Congresso e foi incentivado por Amorim no passado; o Brasil nunca teve uma chanceler

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies