O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-05-04T17:03:39-03:00
Guilherme Valle
FECHAMENTO DO CÂMBIO

Dólar entre idas e vindas: Moeda recua após pronunciamento de Powell e vale R$ 4,90. Euro vale R$ 5,19; confira o que movimentou o câmbio nesta quarta-feira

Decisões de autoridades monetárias na ‘super-quarta’ estiveram no centro das atenções

4 de maio de 2022
17:03
dólar e euro
Nesta quarta-feira, o DXY registrou recuo - Imagem: Shutterstock

A decisão do Federal Reserve de hoje a tarde causou alguma instabilidade nos mercados no momento de sua publicação, inicialmente o dólar até acabou acelerando a alta, mas bastou o presidente do banco central norte-americano jogar a ideia de uma elevação de 0,75 p.p pela janela para que tudo mudasse.

A divisa acabou fechando o dia negociada a R$ 4,9036, desvalorização de 1,21%. O euro também recuou, 0,61%, e vale R$ 5,1975.

Durante o dia, o dólar operou no intervalo entre R$ 5,0355 e 4,8935. O euro registrou máxima de 5,2989 e mínima de 5,1975.

Lá fora

Nos EUA, o Federal Reserve não surpreendeu ninguém e elevou os juros nos Estados Unidos em 0,5 p.p. Segundo comunicado emitido pelo banco central norte-americano, o aumento se deu “em apoio às metas [de pleno emprego e inflação em 2%]”.

Mas não que dizer que não haja nenhuma novidade: o anúncio de que a autoridade monetária pretende enxugar o seu balanço a partir de junho, veio com mais detalhes sobre o processo. A redução deve estar limitada a US$ 4,75 bilhões por mês nos primeiros três meses. Após esse período o limite passa a ser de US$ 95 bilhões.

Inicialmente, também ficou a impressão de que o comitê não teria descartado altas mais agressivas nas reuniões subsequentes, contudo o discurso de Powell fortaleceu a percepção de que o ritmo das altas não deve aumentar. Segundo ele, existe uma grande chance de que a estabilidade de preços seja atingida sem uma recessão.

Neste cenário, o DXY, índice que compara o dólar a seus pares, com especial ênfase para o euro, teve um dia de recuo.

O que movimentou o dólar por aqui

Por aqui, a retomada da greve dos servidores do BC não afetou a reunião do Copom, que já está em curso. 

O mercado espera uma alta de 1 p.p na Selic, o que levaria a taxa para 12,75% ao ano, conforme sinalizado pelo comitê em seu último encontro. Vale ficar de olho nas pistas que a autoridade deve dar sobre seus próximos passos.

A curva de juros respondeu ao que acontecia nos Estados Unidos e acabou fechando nas mínimas nesta quarta-feira.

Acompanhe a nossa cobertura completa de mercados para acompanhar o desempenho de bolsa, dólar e juros hoje. Confira também o fechamento dos principais contratos de DI:

CODNOME ULT  FEC 
DI1F23DI jan/2313,04%13,11%
DI1F25DI Jan/2512,08%12,20%
DI1F26DI Jan/2611,92%12,04%
DI1F27DI Jan/2711,93%12,05%
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa futuro abre próximo da estabilidade e tenta ignorar exterior; dólar vai a R$ 5,07

RESUMO DO DIA: A desaceleração da economia chinesa pesou no sentimento das bolsas nesta segunda-feira (16). Os dados mais fracos dão os primeiros sinais de recessão, o que deve afetar o desempenho das atividades nos demais países. Por aqui, a Petrobras (PETR4) é o foco do dia, com debates envolvendo o preço dos combustíveis e […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de swing trade: compra de ações da Wiz (WIZB3) e lucro de 5% no bolso com Bradesco (BBDC4)

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Wiz (WIZS3), com entrada em R$ 8,44; veja a análise

O melhor do Seu Dinheiro

O Nubank estará Nu mais uma vez? Confira a história do dia e outras sete notícias que mexem com os seus investimentos

O Nubank virou rei na competição com os bancões, mas a nudez dos balanços amargou o gosto dos investidores pela fintech; veja o que esperar do resultado do primeiro trimestre

Segredos da Bolsa

Esquenta dos mercados: Desaceleração da China gera mal estar e bolsas amanhecem pressionadas; Ibovespa acompanha tensão na Petrobras (PETR4)

No panorama doméstico, os balanços de Magazine Luiza, Nubank e outros movimentam o dia

Fã ou hater?

O Nubank (NUBR33) vai calar a boca dos críticos? Saiba o que esperar dos resultados do 1T22 do banco digital

Nubank é um daqueles papéis que costumam gerar um comportamento binário dos investidores, a exemplo de Oi (OIBR3) e IRB (IRBR3): ou você é fã, ou é hater.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies