O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-02-03T16:49:03-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
MERCADOS HOJE

Ibovespa reage bem ao Copom e tenta se segurar perto do zero a zero, mas queda das bolsas em NY atrapalha

Enquanto Nova York tomba com o peso do fiasco pós-balanço da Meta (ex-Facebook), a bolsa brasileira reage positivamente ao comunicado do Copom

3 de fevereiro de 2022
10:31 - atualizado às 16:49
Imagem mostrando um homem de camisa branca olhando para um telão de cotações da bolsa, localizado no segundo plano. Ele está de pé, com o braço direito apoiado numa cadeira
Imagem: Shutterstock

Com a Selic de volta à casa dos dois dígitos e o Banco Central confirmando que irá reduzir o ritmo de ajuste da taxa de juros, os investidores brasileiros começaram a quinta-feira (03) com mais apetite por risco do que o demonstrado ontem, repercutindo a aprovação da nova postura adotada pelo Copom. 

Mesmo com o alívio na curva de juros, a sinalização positiva não durou muito tempo e a bolsa passou a recuar, acompanhando o movimento visto nas bolsas de Nova York. Os índices futuros em Wall Street foram contaminados pela reação desastrosa do mercado ao balanço da Meta (ex-Facebook) divulgado na noite de ontem.

Com uma projeção de resultados mais conservadora para 2022 e queda expressiva no número de usuários ativos em suas principais plataformas, as ações da companhia despencaram cerca de 20% no after market e pressionam o Nasdaq hoje, em um movimento que atinge o restante dos índices por tabela. 

Na abertura em Nova York, as ações da Meta despencam mais de 25%. Depois de seguir a queda expressiva, a bolsa brasileira tenta se manter próxima do zero a zero. Por volta das 16h, o principal índice da B3 recuava 0,16%, aos 111.784 pontos. 

Embora a curva de juros opere em queda, principalmente na ponta mais curta, em ajuste à decisão do Copom, o câmbio fica pressionado com a busca por segurança vista no exterior. Além da pressão de Wall Street, os investidores também repercutem a manutenção da taxa de juros na zona do euro. No mesmo horário, a moeda americana operava em alta de 0,77%, a R$ 5,3050. Confira as principais taxas do dia:

CÓDIGONOMETAXAFEC 
DI1F23DI jan/2311,89%12,13%
DI1F25DI Jan/2510,80%10,97%
DI1F26DI Jan/2610,76%10,88%
DI1F27DI Jan/2710,86%10,95%

Tirando o pé do acelerador

Conforme já era esperado pelo mercado, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central brasileiro elevou a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual na noite de ontem, a 10,75% ao ano. Com a meta de inflação de 2022 já perdida, o BC optou por sinalizar uma redução no ritmo de ajuste, uma forma de comprometer menos a recuperação da atividade e dar tempo para que a política monetária atual cumpra o efeito desejado na elevação dos preços. 

Inflação no cangote europeu

Os olhares dos investidores também se voltam para a decisão de política monetária do Banco Central Europeu. Apesar da inflação recorde na zona do euro, o BCE decidiu manter a taxa de juros inalterada, em uma postura contrária ao que vem sendo adotado ao redor do mundo, incluindo a Europa. O Banco da Inglaterra (BOE) também anunciou a sua decisão de política monetária, elevando a taxa básica e deixando novas altas já contratadas para as próximas reuniões.

Sobe e desce do Ibovespa

Com a queda expressiva do Nasdaq, as empresas de tecnologia reagem negativamente também no hemisfério sul do continente. Já as ações da Cielo (CIEL3) repercutem negativamente o balanço divulgado na noite de ontem. Confira as maiores quedas do dia:

CÓDIGONOMEULTVAR
BIDI11Banco Inter unitR$ 24,14-4,96%
LWSA3Locaweb ONR$ 9,02-4,55%
MRFG3Marfrig ONR$ 20,89-3,95%
CIEL3Cielo ONR$ 2,24-3,86%
EMBR3Embraer ONR$ 19,24-3,75%

Confira também as maiores altas:

CÓDIGONOMEULTVAR
YDUQ3Yduqs ONR$ 22,853,86%
AMER3Americanas S.AR$ 32,283,43%
CVCB3CVC ONR$ 13,873,28%
UGPA3Ultrapar ONR$ 14,732,36%
BRML3BR Malls ONR$ 9,552,03%
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

'PERGUNTA PRO SACHSIDA'

Bolsonaro se pronuncia sobre ‘fritura’ e possível substituição do presidente da Petrobras (PETR4)

Bolsonaro voltou a dizer que “ninguém vai tabelar preço de combustível”, mas afirmou que a “finalidade social” da Petrobras não está sendo cumprida

BAIXOU A PREVISÃO

Magazine Luiza (MGLU3) rebaixado: JP Morgan corta previsão para ações antes do balanço de amanhã, mas projeção ainda é de alta de quase 50%; entenda motivos

O cenário de alta dos juros deve pressionar o varejo, mas o JP Morgan entende que a empresa está bem posicionada no setor

ESFRIOU

Ano deve ter queda de fusões e aquisições, mas 2022 conta com negócios de grante porte até o momento; relembre algumas delas

Entre os fatores que causaram essa freada, estão a guerra entre Rússia e Ucrânia e a expectativa de desaceleração na China, após lockdowns para conterdos casos de covid

SEU DIA EM CRIPTO

Terra (LUNA) não acompanha recuperação do bitcoin (BTC) neste domingo; criptomoedas tentam começar semana com pé direito

Mesmo com a retomada de hoje, as criptomoedas acumulam perdas de mais de dois dígitos nos últimos sete dias

A COISA VAI ESQUENTAR

Novo capítulo da guerra? Vizinhos da Rússia, Finlândia e Suécia devem se juntar à Otan e tensão na região aumenta

Vladimir Putin, presidente russo, já havia dito que a entrada dos países na Organização exigiria retaliações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies