Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-07T17:33:48-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
o rali continua

Bitcoin rompe os R$ 200 mil e capitalização do mercado cripto chega a US$ 1 trilhão

O bitcoin concentra cerca de 65% do mercado de criptomoedas. No ranking, logo em seguida temos o Ether, com participação de 13%, e o Tether.

7 de janeiro de 2021
9:26 - atualizado às 17:33
bitcoin
Imagem: Shutterstock

Parece que foi ontem que o bitcoin rompeu a marca recorde dos US$ 20 mil pela primeira vez desde 2017. Bom, não foi literalmente ontem, mas foi há menos de um mês, mais precisamente no dia 16 de dezembro. Desde então ele não parou mais.

As últimas semanas têm sido marcadas por um forte rali. Nesta manhã, a principal criptomoeda do mercado atingiu a marca dos US$ 38 mil, o que deixa a cotação do ativo acima da casa dos R$ 200 mil.

Com a cotação recorde e a alta recente de outras moedas digitais, o mercado de criptoativos atingiu a marca de US$ 1 trilhão em capitalização. Isso significa que existe mais dinheiro aplicado nesta classe de ativos do que havia um ano atrás.

O bitcoin concentra cerca de 65% do mercado de criptomoedas. No ranking, logo em seguida temos o Ether, com participação de 13%, e o Tether.

Top 5 moedas principais do mercado cripto Fonte: CoinMarketCap

O salto na cotação da moeda nas últimas semanas levou o bitcoin a fechar 2020 como o melhor investimento, com uma valorização acima dos 400%, após alguns anos tentando se recuperar do tombo visto em 2017 e que colocou em xeque a eficácia das moedas digitais.

Em 2020, com a crise causada pela pandemia do coronavírus e a emissão massiva de novas moedas fiduciárias pelos bancos centrais do mundo todo, muitos passaram a ver no bitcoin uma alternativa contra a inflação e como ativo de proteção - ainda que muito mais volátil que opções mais clássicas como dólar e ouro.

Outros dois pontos utilizados pelos especialistas para justificar o rali é o maior fluxo de dinheiro vindo de investidores institucionais, com a maior confiança no ativo, e o oferecimento de criptoativos para negociação no Paypal, o que pode ajudar na popularização da classe.

Na próxima segunda-feira (10) o Seu Dinheiro publica uma matéria especial com as projeções dos especialistas para o mercado de criptomoedas na série Onde Investir em 2021. Fique ligado!

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Fusão cheia de travas

Na Omega Geração (OMGE3), um grupo importante de acionistas está descontente — e quer barrar os planos da empresa

Fundos detentores de 28,6% da Omega Geração (OMGE3) se uniram e dizem que não vão aprovar a fusão com a Omega Distribuição nos termos atuais

Potencial de 36% de alta

Como fica a XP após a separação do Itaú? Para o JP Morgan, é hora de comprar as ações da corretora

A equipe do JP Morgan vê as pressões vendedoras nas ações da XP após a separação com o Itaú se dissipando; assim, a recomendação é de compra

Digitalização

A hora e a vez do e-commerce: com pandemia, comércio online mais que dobra e já chega a 21% das vendas do varejo

O fechamento das lojas físicas promovido pela pandemia fez o setor de varejo acelerar a aposta no e-commerce e nas vendas digitais

A bolsa como ela é

Stone, Inter e Méliuz caem forte na bolsa. É o fim das fintechs como as conhecemos?

Muito desse movimento tem a ver com a subida dos juros. Mas alguns fatores específicos também pesaram sobre as ações. Em alguns casos, pesaram com razão; em outros, nem tanto

Ajuste seu relógio

Pregão terá uma hora a mais a partir de novembro; entenda a mudança e veja a nova agenda da bolsa

As alterações começam a valer a partir do dia 8 de novembro; a B3 vai ajustar a bolsa para refletir o fim do horário de verão nos EUA

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies