Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-06T18:31:26-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
ganho inesperado

Petrobras pode ter valorização de até 16,5% com corte da produção de petróleo, diz XP

Decisão da Opep+ leva analistas da corretora a elevar preços-alvo dos papéis e reiterar recomendação de compra

6 de janeiro de 2021
10:21 - atualizado às 18:31
Plataforma P-61 da Petrobras
Plataforma P-61 da Petrobras - Imagem: Shutterstock.com

A intensidade do aumento do preço do barril de petróleo no mercado internacional no pregão de terça-feira (5) foi tamanha que a XP Investimentos decidiu elevar o preço-alvo para as ações da Petrobras, vendo um potencial de alta na casa dos dois dígitos.

Os analistas Gabriel Francisco e Maira Maldonado resolveram aumentar o preço-alvo para as ações ordinárias (PETR3) e preferenciais (PETR4) de R$ 32,00 para R$ 35,00, representando um potencial de alta de 15,1% e 16,5% ante o fechamento de terça-feira (5), respectivamente. Eles reiteraram a recomendação de compra para os papéis.

O consenso alcançado pelos países da Opep+ (grupo formado pelos membros originais da Organização dos Países Exportadores de Petróleo, mais aliados como a Rússia) para reduzir a produção de petróleo forçou os analistas da XP Investimentos a revisarem suas estimativas para os preços do petróleo tipo Brent, levando à mudança dos preços-alvo das ações.

Eles projetam agora que a commodity fechará 2021 cotada em US$ 52,96 o barril, uma diferença de 9,9% ante o que esperavam anteriormente. Para 2022, a projeção é de US$ 51,03 o barril, acima dos US$ 48,28 projetados inicialmente.

“Vemos o anúncio da Opep+ como positivo, por sinalizar menores pressões do lado da oferta de petróleo em um momento em que há potenciais incertezas de curto prazo relacionadas a fatores como o surgimento da nova cepa do vírus causador da covid-19 e a imposição de lockdowns em países europeus como Reino Unido e Alemanha”, diz trecho do relatório.

Para o médio e longo prazo, os analistas da XP Investimentos demonstram otimismo em relação aos preços do petróleo, com o avanço das vacinações contra o novo coronavírus pelo mundo. Isto deve provocar uma rápida recuperação da demanda por combustíveis e derivados de petróleo.

“Assim sendo, em um horizonte de médio prazo (6-12 meses), estimamos que os preços de petróleo Brent se recuperem para o patamar de US$ 55,00 a 60,00 o barril, nível de preços que remunera os produtores de petróleo de xisto nos Estados Unidos, os quais consideramos como produtores marginais da commodity”, diz trecho do relatório.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

parecer do relator da reforma

Dividendos recebidos por fundos de investimento; veja novas mudanças em 4 pontos

Relator da reforma do Imposto de Renda inseriu em seu parecer a previsão de que os lucros e dividendos recebidos por fundos de investimento serão tributados em 5,88%

seu dinheiro na sua noite

Com alta da Petrobras, Ibovespa fecha terça no azul; veja os destaques

Dia teve tanto o Ibovespa quanto o dólar em uma verdadeira montanha-russa, mas altas de Vale e Petrobras garantiram fechamento no azul

FECHAMENTO DO DIA

Vale puxa o Ibovespa e garante alta do dia, mas dólar avança com temores fiscais na véspera do Copom

Em Nova York, a volatilidade foi mais comedida. No Brasil, o conturbado cenário interno trouxe dor de cabeça e tensão para o Ibovespa e o câmbio

Chama o Max!

Como ter renda extra através de ações? Max Bohm explica os diferentes tipos de proventos!

Já pensou viver de renda? É o sonho de muitos brasileiros. Max Bohm, analista da Empiricus, explica quais são os diferentes tipos de proventos recebidos por um acionista. Confira agora!

Com preço no piso da faixa indicativa, Raízen movimenta R$ 6,9 bilhões no IPO; veja o que vem a seguir para esta ação

Ação da produtora de açúcar e álcool e dona dos postos Shell é precificada a R$ 7,40 e começará a ser negociada no próximo dia 5

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies