Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-29T20:01:23-03:00
Estadão Conteúdo
GENERAL NA DEFESA

‘Petrobras (PETR4) paga dividendos e União faz as políticas sociais’: sob críticas e ameaça de greve dos caminhoneiros, Silva e Luna reforça papel da estatal

A fala contradiz declarações de Jair Bolsonaro criticando os altos lucros da empresa e os preços dos combustíveis vendidos em suas refinarias

29 de outubro de 2021
20:01
General Joaquim Silva e Luna, presidente da Petrobras, em coletiva de imprensa | Dividendos
28/08/2018 Pronunciamento sobre assinatura da GLO (Garantia da Lei e da Ordem) para Roraima (Brasília - DF, 28/08/2018) O então Ministro da Defesa General-de-exército Joaquim Silva e Luna. - Imagem: Isac Nóbrega/PR

A maior contribuição da Petrobras (PETR4) para a sociedade são os pagamentos de tributos e dividendos para a União, que pode usar esses recursos para implantar políticas sociais, afirmou o presidente da companhia, general Joaquim Silva e Luna, um dia após a companhia divulgar um forte resultado no terceiro trimestre do ano e antecipar bilhões em pagamento para seus acionistas.

A fala contradiz declarações feitas na véspera pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, horas antes do anúncio do resultado da estatal, criticando os altos lucros da empresa e os preços dos combustíveis vendidos em suas refinarias.

Mais uma vez, o presidente da estatal argumentou que não controla a cotação internacional do petróleo, uma das variáveis consideradas no cálculo de reajuste dos combustíveis. Reiterou também que o retorno à sociedade acontece, principalmente, por meio do pagamento de dividendos à União, seu acionista majoritário.

"Acionista majoritário (governo) recebe a maior parte e decide empregar em política pública o que a Petrobras não pode fazer. Existe grande desconhecimento da sociedade sobre o que a Petrobras pode fazer. Não podemos fazer políticas públicas, temos que cumprir a lei", destacou Luna.

Cheiro de greve

O preço da commodity tem disparado no mercado internacional, operando desde o início de outubro no patamar dos US$ 80 o barril, afetando os preços dos seus derivados no mercado interno. Com esse avanço, a Petrobras precisa ajustar seus preços para não perder competitividade no mercado e evitar o desabastecimento, justificou Luna.

Ele negou que esteja se sentindo pressionado pelos caminhoneiros, que ameaçam com uma greve no próximo dia 1º de novembro, tendo entre as reivindicações a queda do preço do diesel. Para o general, a questão do preço dos combustíveis está sendo tratada pelo Congresso Nacional e o governo, mas admitiu que a Petrobras pode ser um pouco mais sensível ao assunto, sem dar detalhes.

"Sabemos que o Congresso está estudando com o governo soluções que vão desde de um fundo amortecedor, vale-gás, vale-caminhoneiro... A Petrobras está atenta, mas no sentido de se sentir pressionado não, mas a Petrobras pode ser mais sensível ao que está acontecendo", afirmou Luna.

Dividendos bilionários

A Petrobras divulgou na noite de quinta-feira (28) lucro de R$ 31 bilhões e antecipou a distribuição de R$ 31,8 billhões para seus acionistas, entre eles a União, que somados ao dividendos já anunciados em agosto, de R$ 31,6 bilhões, garante aos acionistas pelo menos R$ 63,4 bilhões, cerca de US$ 12 bilhões.

Durante as apresentações ao longo da sexta-feira para trazer o resultado para analistas e jornalistas, Luna explicou que a decisão do Conselho de Administração, de antecipar a remuneração, "é consistente com nossa política de remuneração e compatível com a sustentabilidade financeira da companhia". e reafirmou o compromisso da empresa de dar retornos cada vez melhores aos acionistas.

"Fazemos questão de que o máximo de eficiência dos nossos resultados gere o máximo de tributos e dividendos para a União, a gente pensa nos mais vulneráveis e de quem precisa para seu trabalho, com os caminhoneiros", disse o presidente da Petrobras.

De acordo com o diretor Financeiro e de Relações com os Investidores da empresa, Rodrigo Araújo, afirmou que em um cenário positivo, a empresa poderá pagar um volume de dividendos superior a 60% do fluxo de caixa, previsto em sua política de remuneração. Anunciou ainda possível antecipação de mais dividendos no quarto trimestre do ano.

Araújo lembrou que a dívida bruta da empresa chegou ao patamar de US$ 160 bilhões em meados da década passada, mas que agora está dentro da meta estabelecida para daqui a 15 meses, em cerca de US$ 60 bilhões. "É um marco importante porque nos coloca com uma alavancagem igual às nossas concorrentes", disse. Segundo ele, a companhia atingiu um nível de alavancagem "ótimo".

O executivo informou ainda, que o próximo Planejamento Estratégico da companhia, para o período de 2022-2026, deverá ser divulgado entre o final de novembro e o início de dezembro, e confirmou a participação no próximo leilão de petróleo e gás do governo, em dezembro, no qual já exerceu seu direito de preferência de ficar com pelo menos 30% dos ativos ofertados, os campos de Atapu e Sépia, no pré-sal da bacia de Santos.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa

DOBRANDO A ESQUINA

Lucro das empresas com ações na bolsa deve cair 6,3% em 2022, diz BTG Pactual

Mesmo assim ainda é possível encontrar setores em que o cenário é positivo; saiba quem é quem

Bateu o martelo

IPO do Nubank sai no topo da faixa indicativa, a US$ 9 por ação; banco ultrapassa Itaú (ITUB4) e é a instituição financeira mais valiosa da América Latina

Com isso, os BDRs, que serão negociados por aqui a partir da próxima quinta-feira (09), saem valendo R$ 8,38

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies