Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-29T18:42:30-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
desinvestimento

Oi assina contrato para venda de ativos móveis para Tim, Telefônica e Claro

Operadoras afirmam que aquisição trará benefícios aos acionistas por meio de geração de receitas e sinergias

29 de janeiro de 2021
9:59 - atualizado às 18:42
Oi Telefônica Vivo Tim

A Oi (OIBR3), empresa em recuperação judicial, informou nesta sexta-feira (29) que assinou com a Telefônica Brasil (VIVT3), TIM (TIMS3) e Claro o contrato para venda de seus ativos na área de telefonia móvel. As empresas venceram o procedimento competitivo realizado em 14 de dezembro, ao oferecerem R$ 16,5 bilhões.

Deste total, R$ 756 milhões referem-se a serviços de transição a serem prestados por até 12 meses pela Oi às compradoras, bem como a celebração de contrato de longo prazo de prestação de serviços de capacidade de transmissão junto à Oi e algumas de suas controladas.

A conclusão da operação está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e à anuência prévia da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), além de condições precedentes usuais para operações dessa natureza.

Benefícios

Em comunicado, a Tim destacou os benefícios que a compra da rede de telefonia móvel terá para suas operações e resultados.

"Essa transação, a partir de sua concretização, trará benefícios aos acionistas da TIM, por meio de geração de receitas e eficiências em virtude de sinergias operacionais, bem como aos seus clientes, em decorrência da melhoria na experiência de uso e qualidade do serviço prestado e, finalmente, ao setor como um todo em razão do reforço da capacidade de investimento, inovação tecnológica e competitividade", diz a empresa.

A Vivo também falou sobre os benefícios aos acionistas que a operação terá, através de geração de receitas e eficiências em virtude de sinergias operacionais, bem como aos seus clientes, em decorrência do compromisso com a excelência na qualidade do serviço prestado.

Para o setor como um todo, destaca, trará benefícios em razão do reforço na capacidade de realizar investimentos e criar inovações tecnológicas de maneira sustentável, contribuindo para a digitalização do País.

* Com informações da Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Antiga InfraCo

Unidade de fibra ótica da Oi (OIBR3) muda de nome para V.tal e sonha com IPO

O novo ativo já nasce com a maior infraestrutura de fibra ótica do Brasil e deve receber cerca de R$ 30 bilhões em investimentos nos próximos quatro anos

sinal verde

Câmara aprova texto-base de projeto que abre caminho para venda dos Correios; veja os próximos passos para a privatização

Aprovação do projeto representa uma vitória para a agenda de privatizações do governo Bolsonaro, mas acontece sob críticas da oposição

no prelo

Biografia: autor de livro sobre Steve Jobs escreverá sobre Elon Musk

Segundo o bilionário, o autor Walter Isaacson o seguiu por vários dias para recolher material para o novo livro

ONDE INVESTIR EM AGOSTO

Onde investir em agosto de 2021: ações de tecnologia, o coração do bitcoin e um combo de ‘retorno absoluto’; veja recomendações

O CIO da Vitreo, Jojo Wachsmann, separou as três melhores pedidas para investidores no mês de agosto; Confira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies