O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-12-11T11:47:05-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Integração de serviços

Méliuz (CASH3) compra Muambator, plataforma de rastreamento online de encomendas, por R$ 3 milhões

Segundo o comunicado, a transação está em linha com a estratégia da companhia de construir um ecossistema completo e integrado entre a vertical shopping e a de serviços financeiros

11 de dezembro de 2021
11:46 - atualizado às 11:47
pessoa segura telefone celular com tela mostrando plataforma da méliuz (CASH3)
Tela de celular exibe a plataforma da Méliuz. - Imagem: Reprodução

A Méliuz (CASH3) anunciou nesta sexta-feira, 10, a aquisição da Muambator, empresa que consolida rastreamento online de pacotes e encomendas nacionais e internacionais, pelo valor de R$ 3 milhões. Do total, 15% serão pagos em dinheiro à vista e 85% em ações com o período de lock up de até cinco anos.

Segundo o comunicado, a transação está em linha com a estratégia da Méliuz de construir um ecossistema completo e integrado entre a vertical shopping e a de serviços financeiros, oferecendo aos usuários produtos e serviços que tornem a jornada de aquisição mais fluida. Além disso, a empresa comprada conta com um time de três desenvolvedores que passam a integrar a equipe da Méliuz desde já.

O website e o aplicativo Muambator permitem ao usuário cadastrar códigos de rastreio de compras feitas nas maiores lojas online do Brasil e do mundo, dentre elas, Shopee, AliExpress, Wish, Mercado Livre, entre outros. Os consumidores passam a ter um controle maior sobre suas compras e a receber notificações a cada movimentação do pacote ou encomenda.

A Méliuz destaca ainda que a aquisição não se enquadra como investimento relevante. Portanto, não precisará ser submetida à aprovação dos acionistas em assembleia.

O sobe e desce da Méliuz (CASH3)

As ações da companhia têm passado por intensa volatilidade na bolsa, mas em dezembro já acumulam alta de quase 30%, devido ao seu bom desempenho na Black Friday.

A empresa continua bem capitalizada para efetuar aquisições após follow on (oferta subsequente de ações) realizado no meio do ano.

*Com informações do Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

BYE BYE GOVERNO!

Privatização vem aí: conselho do PPI altera regras da capitalização da Eletrobras (ELET3); saiba por que mudou

O TCU aprovou na sessão de quarta-feira (18) o processo de privatização da companhia — a proposta do relator venceu por 7 votos a favor e 1 contra

NOVO SHAPE

Da academia pra carteira: Smart Fit (SMFT3) tem potencial de alta de 34%, diz Itaú BBA — saiba se é hora de comprar

Depois do confinamento provocado pela covid-19, a indústria fitness enfrenta agora um cenário desafiador, com inflação alta, segundo o banco de investimentos

SEM LIMITE

STF nega impor prazo a Lira para análise de pedidos de impeachment de Bolsonaro

O chefe do Executivo é alvo de mais de 140 solicitações de impedimento; entenda a decisão da corte máxima

VAI TER DISNEY?

Dólar acumula desvalorização de 12,59% frente ao real no ano — veja o que mexe com o mercado de câmbio

A moeda norte-americana teve o pior desempenho semanal em quase dois meses, quando levou um tombo de mais de 5%

SOBE E DESCE

IRB (IRBR3) lidera pelotão de altas do Ibovespa e Méliuz (CASH3) vai na direção oposta — veja o que foi destaque na bolsa na semana

Lá fora, as negociações da semana foram marcadas pela entrada do S&P 500 no chamado bear market, ou território de queda; por aqui, o principal índice da B3 acumulou ganhou de 1,46%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies