Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-08-11T19:11:19-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
temporada de resultados

Lucro da B3 cresce 33,7%, e chega a R$ 1,19 bilhão; veja os destaques do balanço do 2º trimestre

No segmento de ações da B3, o volume médio de negociações diárias totalizou R$ 33,1 bilhões, crescimento de 17,1%; período do balanço foi marcado pelos mercados de capitais ainda aquecidos

11 de agosto de 2021
18:51 - atualizado às 19:11
Fachada da B3
Imagem: Shutterstock

A B3, operadora da bolsa brasileira, teve lucro líquido não recorrente de R$ 1,19 bilhão no segundo trimestre, 33,7% acima do mesmo período do ano passado. A cifra não recorrente somou R$1,2 bilhão.

A empresa registrou uma receita total de R$ 2,6 bilhões, 25,7% acima do mesmo período do ano anterior, segundo balanço divulgado nesta quarta-feira (11). O Ebitda recorrente somou R$1,8 bilhão, alta de 30,6%. As linhas destacadas pela empresa foram as seguintes:

Divulgação / B3

No segmento de ações da B3, o volume médio de negociações diárias (ADTV) totalizou R$ 33,1 bilhões, crescimento de 17,1% quando comparado a mesmo período do ano passado e 10,0% abaixo do primeiro trimestre, reflexo de menor volatilidade nos mercados.

Na Unidade de Infraestrutura para Financiamentos, o número de veículos financiados cresceu 71,0% e 6,1%, quando comparado com o segundo trimestre do ano passado e aos três primeiros meses de 2021, respectivamente.

O período do balanço divulgado foi marcado pelos mercados de capitais ainda aquecidos, com crescimento tanto nas operações de renda variável, que movimentaram R$ 46,4 bilhões com 13 IPOs e 10 follow-ons, como em novas emissões de renda fixa.

O número de investidores individuais no mercado de ações também cresceu 8,9% no período, atingindo 3,2 milhões de CPFs.

Projeções da B3 para 2021

  • Reafirmados:
    • Alavancagem (de até 1,5x dívida bruta / Ebitda recorrente dos últimos 12 meses);
    • Investimentos (R$420 milhões até R$460 milhões);
    • Despesas atreladas ao faturamento (R$225 milhões até R$265 milhões);
    • Depreciação e amortização (R$1.060 milhões até R$1.110 milhões);
    • Distribuição de lucro aos acionistas (120% - 150% do lucro líquido societário).
  • Revisados:
    • Orçamento de despesas operacionais ajustadas2 de R$1.295 milhões até R$1.345 milhões (anteriormente R$1.225 milhões até R$1.275 milhões) (R$1.175 milhões em 2020).

Veja outras companhias que divulgaram balanço nesta quarta:

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

seu dinheiro na sua noite

Costurando uma saída

Não faz muito tempo que usei este mesmo espaço para lembrá-lo de como o mercado não gosta de incertezas e a falta de uma leitura clara sobre o futuro acaba prejudicando os negócios na B3. O dia de hoje veio para provar que, mesmo em meio às incertezas, ter uma noção mais clara do caminho que […]

carreira e diversidade

Magazine Luiza abre inscrições para 2º programa de trainees exclusivo para pessoas negras

Programa aceita candidatos formados entre dezembro de 2018 e dezembro de 2021, em qualquer curso superior; fluência em língua inglesa e experiência profissional não fazem parte dos pré-requisitos

pós-brumadinho

Vale (VALE3) muda alto escalão e tenta reforçar discurso ESG

Luciano Siani Pires, que desde 2012 ocupa posição de vice-presidente finanças e RI, assumirá a vice-presidência de estratégia e transformação de negócios, cargo criado em março pela mineradora

Troca de comando

Gustavo Raposo renuncia ao cargo de presidente da Transpetro, subsidiária da Petrobras (PETR4); sucessor já foi escolhido

Com a saída de Raposo, o conselho da empresa deverá deliberar sobre a nomeação do atual diretor de Serviços para o comando

atenção, acionista

Dividendos: WEG (WEGE3) paga R$ 86,8 milhões em juros sobre capital próprio

Valor líquido é de R$ 0,017 por ação; terão direito aos proventos acionistas na base em 24 de setembro, segundo a companhia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies