Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-19T18:34:03-03:00
Estadão Conteúdo
lista do bc

Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações contra 10 maiores bancos

Índice de reclamações é calculado com base no número de reclamações consideradas procedentes, dividido pelo número de clientes da instituição, multiplicado por 1.000.000

19 de janeiro de 2021
18:34
Banco Inter - Cartão - Celular
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O Banco Central (BC) informou nesta terça-feira, 19, que o banco Inter terminou o quarto trimestre de 2020 na liderança do ranking de reclamações contra as dez maiores instituições financeiras do Brasil. O banco registrou índice de 111,52. Em segundo lugar aparece o Itaú (31,00) e, em terceiro, a Caixa Econômica Federal (30,85).

O índice de reclamações é calculado com base no número de reclamações consideradas procedentes, dividido pelo número de clientes da instituição, multiplicado por 1.000.000. Na prática, quanto maior o índice, pior a classificação da instituição. O ranking é trimestral.

Na manhã desta terça, o BC anunciou alterações no ranking. A partir de agora, a autarquia publicará uma lista com as dez maiores instituições em número de clientes e seus respectivos índices de reclamações.

Uma segunda lista vai reunir as demais instituições. Até então, a primeira lista reunia todas as instituições com mais de 4 milhões de clientes, enquanto a segunda incorporava as menores.

Na lista com os dez maiores bancos, o Santander aparece como a quarta instituição mais reclamada (índice de 29,91).

Na sequência estão Banco do Brasil (22,63), Bradesco (16,96), Votorantim (4,42), Midway (3,15), Banco do Nordeste (1,07) e Nubank (0,09).

Instituições menores

Entre os bancos e financeiras menores (que não fazem parte do grupo das dez maiores), a liderança do ranking de reclamações é da Facta Financeira (índice de 1.833,37). Em seguida aparecem C6 Bank (1.779,55), PAN (665,60), Paraná Banco (467,08) e Safra (376,10). A lista completa tem 21 instituições.

Entre as reclamações mais frequentes estão a "oferta ou prestação de informação sobre crédito consignado de forma inadequada" e "irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações dos serviços relacionados a operações de crédito".

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

de olho na inovação

Amazon sinaliza interesse por criptomoedas em anúncio de emprego

Empresa procura “um líder de produto experiente para desenvolver a estratégia e o roadmap de produtos e moedas digitais

balanço em foco

Lucro da Hypera Pharma aumenta 18% no segundo trimestre

Cifra chegou a R$ 470,6 milhões no período; companhia obteve alta de 43,5% na receita líquida, a R$ 1,5 bilhão

seu dinheiro na sua noite

Quebrando recordes na corrida dos ETFs

A pira foi acesa em Tóquio: os Jogos Olímpicos estão oficialmente abertos — e eu estou empolgadíssimo. Não sei vocês, mas eu adoro as Olimpíadas, principalmente os esportes não muito convencionais. Claro, é legal assistir futebol, vôlei e basquete, mas eu gosto mesmo é de ver as modalidades que nunca passam na TV. Duelo de […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Inflação salgada pressiona juros, mas dados americanos amenizam alta do dólar — já a bolsa não escapou da queda

Em semana recheada de ruídos políticos e incertezas, o Ibovespa acumulou uma queda de 0,72%. Já o dólar à vista subiu 1,86%, a R$ 5,2105

de olho no ir

Alta da arrecadação não dá ‘total liberdade’ para reduzir impostos, diz secretário do Tesouro

Jeferson Bittencourt considerou também que a reforma do IR ainda está em aberto, com muito para se discutir

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies