Menu
2021-01-10T11:03:59-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
bom negócio

Bradesco BBI só vê vantagens em acordo entre Hapvida e Notre Dame Intermédica

Fusão, se concretizada, resultará na maior operadora de saúde do País, com ações negociadas com múltiplo de até 45 vezes o P/L

10 de janeiro de 2021
11:03
hapvida e intermedica

O ano mal começou, mas já trouxe notícias quentes na parte de fusões e aquisições, com Hapvida (HAPV3) e Notre Dame Intermédica (GNDI3) negociando uma fusão, com combinação das bases acionárias.

Segundo o comunicado das empresas, caso o negócio seja aprovado, os acionistas da Hapvida vão deter 53,1% da empresa que será fruto da união, e os da Intermédica, 46,9%.

A notícia foi muito bem recebida pelo mercado, com as ações da Hapvida fechando a sexta-feira (8) com alta de 17,67% e a Intermédica com expansão de 26,59%.

A reação é compreensível, uma vez que um acordo entre ambas, se concretizado, resultará na criação da maior operadora de saúde em número de beneficiários, com um portfólio complementar em termos geográficos, de acordo com o Bradesco BBI.

Os analistas Fred Mendes, Gustavo Tiseo e Lucca Brendim avaliam que a combinação resultará em uma empresa com participação de mercado de 20% em termos de beneficiários e 10% da receita do setor.

“Vemos um acordo como positivo para as duas empresas”, diz trecho do relatório, enviado na sexta-feira. “A empresa potencialmente unificada teria um portfólio de beneficiários complementar, com a Hapvida tendo mais de 60% dos beneficiários no Norte e Nordeste, enquanto a Intermédica tem praticamente toda a sua base nas regiões Sul e Sudeste do País.”

E não é só isso...

Os analistas do Bradesco BBI citaram ainda três pontos positivos em termos de sinergias que um acordo poderá trazer:

  • diluição das despesas administrativas, melhorando a alavancagem operacional;
  • a possibilidade de criação de um plano de saúde de âmbito nacional, um aspecto positivo para empresas que buscam planos de saúde aos seus funcionários, e;
  • oferta de produtos diversificada, com a Hapvida oferecendo soluções mais verticalizadas e mais baratas, aspectos positivos para planos individuais, e a Notre Dame Intermédica apresentando produtos mais flexíveis, ideias para todo o tipo de empresa.

Em relação a valuation (valor de um ativo), eles acreditam que o múltiplo P/L – a relação entre o preço das ações e o lucro da empresa, que demonstra quanto os investidores estão dispostos a pagar pelo lucro potencial – deve variar entre 40 vezes e 45 vezes, embora ressaltem que ainda faltam informações para determinar precisamente o valor.

Nem mesmo a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) parece preocupar os analistas. Para eles, o organismo antitruste deve exigir apenas algumas ações em regiões em que ambas têm uma presença forte.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Mercados hoje

Posse de Biden se sobrepõe à tensão local e bolsa abre o dia em alta; dólar recua

Chegou o grande dia! Donald Trump se despede da Casa Branca e Joe Biden assume como novo presidente dos Estados Unidos. A posse de Biden e a possível sinalização de estímulos já nos primeiros momentos do governo deixam os mercados internacionais no azul nesta quarta-feira (20) O Ibovespa, no entanto, pode sucumbir ao peso da […]

Exile on Wall Street

Por que você está lendo isso?

O falso e platônico herói modelista era economista de um grande banco lá pelo final dos anos 1980, começo dos 1990.

Retomada

IPC-Fipe acelera e sobe 0,86% na 2ª quadrissemana de janeiro (+0,79% na primeira)

Por outro lado, dois componentes perderam força ou aprofundaram leituras no território negativo: Alimentação e Despesas Pessoais (de um recuo de 0,39% para uma queda de 0,79%).

alta de mais de 8%

Olha quem apareceu! Jack Ma participa de evento e ações da Alibaba sobem

Paradeiro do bilionário chinês é motivo de especulações após ele não aparecer em público desde que fez críticas ao governo chinês

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies