Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-05-29T12:49:49-03:00
Estadão Conteúdo
Do japão para o mundo

Softbank reforça equipe no Brasil

O portfólio de investimentos do Softbank na América Latina tem mais de 30 empresas e inclui nomes como o Banco Inter, MadeiraMadeira, Gympass, Quinto Andar e Creditas

29 de maio de 2021
12:48 - atualizado às 12:49
Masayoshi Son, fundador do SoftBank
Masayoshi Son, fundador do SoftBank - Imagem: Shutterstock

O Softbank, um dos maiores investidores globais da área de tecnologia, quer investir mais e melhor na América Latina. O grupo anunciou na última semana sua terceira contratação de peso no Brasil em 2021 e se posiciona para uma mudança de patamar na estratégia local.

O brasileiro Nicola Calicchio foi escalado para ocupar o posto de chefe de estratégias no braço internacional do conglomerado. Com quase 30 anos de consultoria McKinsey, Calicchio pretende usar essa experiência para ajudar a escolher empresas da região que possam se beneficiar dos aportes e da experiência do Softbank. "Tem muita gente com foco na Ásia, e o Softbank - que é uma empresa asiática -, está focando na América Latina porque vê na região enorme oportunidade, diz Calicchio ao Estadão/Broadcast.

Calicchio se reportará a Marcelo Claure, CEO do braço internacional do grupo. No posto, ele também deve avaliar, dentre as quase 200 empresas investidas pelo grupo no mundo e ainda não presentes no Brasil, quais podem vir para o País.

Com cerca de US$ 100 bilhões em investimentos, o conglomerado japonês mostrou sua capacidade de acertar nos investimentos ao anunciar, em março, lucro anual de US$ 46 bilhões, o maior resultado já registrado por uma empresa japonesa. Já teve, porém, grandes perdas, com empresas como a WeWork e a Greensill.

O portfólio de investimentos do Softbank na América Latina tem mais de 30 empresas e inclui nomes como o Banco Inter, MadeiraMadeira, Gympass, Quinto Andar e Creditas. A atuação na região se dá hoje principalmente por meio de um fundo de US$ 5 bilhões.

Além de Calicchio, se juntaram recentemente ao time outros dois executivos de destaque no País: Claudia Woods, ex-Uber, escalada para chefiar a operação da WeWork no Brasil, que passará a ficar sob o guarda-chuva do Softbank localmente, e Alex Szapiro, ex-presidente da Amazon no País.

Investimentos

O apetite por oportunidades na região também vem crescendo. Em abril, o grupo pagou US$ 150 milhões por uma participação de 8,4% na Afya, empresa de educação brasileira com ações na Nasdaq. Em março, levantou US$ 230 milhões nos EUA, por meio de um Spac, conhecida como "empresa de cheque em branco", para encontrar um negócio promissor na América Latina.

A transformação digital se acelerou na pandemia e abriu oportunidades - o Brasil é visto como atrativo. "O País é um terreno muito fértil para o avanço da transformação digital, com competitividade muito inferior aos mercados mais desenvolvidos como EUA", diz Gustavo Gierun, cofundador da empresa de inovação Distrito.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

GÁS NA TRAMITAÇÃO

Projeto de lei pode conter alta dos combustíveis, mas precisa ser aprovado ainda este ano, defende relator

A medida, que cria um programa de estabilização do valor do petróleo e derivados, foi a forma encontrada para amenizar a alta dos preços sem interferir na política da Petrobras

CARNE FORTE

Marfrig sobe mais de 5% hoje, mas ainda deve saltar 60% nos próximos meses, projeta Bank of America

O Bank of America recalculou as projeções financeiras para o próximo ano e vê a empresa lucrando muito mais do que o previsto no cálculo anterior

DESTAQUES DO DIA

Varejo abaixo do esperado derruba Magazine Luiza (MGLU3), mas companhias aéreas sobem forte com vacinas eficazes contra a ômicron

Enquanto o Magalu recua mais de 8%, as empresas do setor aéreo aproveitam para engatar uma recuperação

bitcoin (BTC) hoje

O rali de fim de ano do bitcoin (BTC) derrapou. E você, novato em criptomoeda, pode ser o culpado

O movimento de queda do bitcoin das últimas semanas veio dos novos investidores em cripto, chamados de short-term holders, segundo a Glassnode

DE OLHOS BEM FECHADOS

O IPO do cheque em branco chega ao Brasil: Alvarez & Marsal quer fazer oferta pública para lançar Spac na B3

Modalidade existe há mais de 20 anos nos EUA, mas ainda é inédita no Brasil; entenda como funciona

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies