O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-07-09T16:19:16-03:00
Estadão Conteúdo
big techs na mira

Presidente dos EUA assina decreto para aumentar competição entre empresas

Biden afirmou que a medida fortalecerá as leis antitruste americanas e disse que há “muita concentração” no setor das chamadas “big techs”

9 de julho de 2021
16:19
shutterstock_1936368790
Washington DC, EUA - 10 de fevereiro de 2021: Joe Biden. - Imagem: Shutterstock

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou nesta sexta-feira um decreto que, segundo a Casa Branca, tem o objetivo de aumentar a competição entre as empresas do país.

Durante um discurso, o democrata afirmou que a medida fortalecerá as leis antitruste americanas e disse que há "muita concentração" no setor das chamadas "big techs", as grandes empresas de tecnologia.

"Capitalismo sem competição não é capitalismo, é exploração", declarou Biden. "A competição justa é a razão pela qual o capitalismo tem sido a maior força mundial de prosperidade e crescimento", acrescentou.

Segundo o chefe da Casa Branca, as companhias precisam "competir pelos trabalhadores". Ele explicou que uma das medidas contidas no decreto instruirá a Comissão Federal de Comércio (FTC, na sigla em inglês) a banir ou limitar acordos em que os funcionários são impedidos de aceitar ofertas de trabalho de empresas concorrentes.

Em nota divulgada mais cedo, o governo americano ressaltou que, em mais de 75% das indústrias do país, um número pequeno de grandes empresas detém hoje maior participação de mercado do que 20 anos atrás.

"Hoje vou assinar um decreto para promover a competição, para baixar os preços, para aumentar os salários e para dar mais um passo crucial em direção a uma economia que funcione para todos", disse Biden no discurso.

O presidente dos EUA também afirmou que, devido ao "sucesso" da vacinação contra a covid-19 e ao pacote fiscal aprovado em março, a economia tem se recuperado. Ele frisou que agora é preciso focar no longo prazo, em uma alusão a sua proposta de investimentos em infraestrutura.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

O QUE VEM POR AÍ

Ata do Fed e IPCA-15: confira a agenda de indicadores da semana aqui e lá fora

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

CAMINHO DO MEIO

Menor rejeição e apoio interno no MDB dão vantagem a Simone Tebet; veja os rumos da senadora da terceira via

Maior desafio, segundo marqueteiros, é torná-la popular: 46% do eleitorado desconhece Simone Tebet, segundo pesquisas recentes

DE NOVO NÃO!

Outra ameaça? Saiba por que Biden disse que varíola do macaco é algo para todo mundo se preocupar

Presidente norte-americano afirmou que o trabalho para determinar qual vacina específica poderia ser eficaz contra o vírus está em andamento

QUATRO QUEIJOS OU MARGUERITA?

Two Pizza Day: o dia que pagaram mais de R$ 1 bilhão em bitcoin (BTC) para comprar duas pizzas

Que história! Um homem pagou duas pizzas em BTC lá em 2010, quando a cotação estava em centavos de dólares. E agora…

ACUMULOU

Mega-Sena: ninguém leva e prêmio sobe para R$ 65 milhões; saiba como ter mais chances de acertar as seis dezenas

Segundo a Caixa, o próximo sorteio acontece na quarta-feira, dia 25 de maio, e quem vencer pode levar essa bolada para casa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies