Menu
2021-04-12T11:04:23-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
calma, gente

Powell diz ser muito improvável aumento dos juros dos EUA este ano

Presidente do Fed disse também que caso Archegos não levanta questões sobre a estabilidade mais ampla do sistema financeiro americano

12 de abril de 2021
11:04
Jerome Powell
Presidente do Fed, Jerome Powell - Imagem: Print Banco Central da Suíça

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell, reforçou o compromisso da instituição em manter a política monetária acomodatícia e caracterizou como "altamente improvável" a possibilidade de elevação da taxa básica de juros em 2021.

O BC dos Estados Unidos tem condicionado a eventual normalização da política monetária a "progressos substanciais" em direção aos objetivos de inflação e emprego.

"Vai demorar algum tempo até que cheguemos a esse ponto", disse Powell, em entrevista ao programa 60 Minutes, exibido na CBS no domingo (11).

Na mesma entrevista, o presidente da autoridade monetária também disse que a economia dos Estados Unidos está em um ponto de inflexão graças ao apoio por meio de políticas fiscal e monetária e à vacinação em massa contra a covid-19.

“Sentimos que estamos em um lugar onde a economia está prestes a começar a crescer muito mais rapidamente e a criação de empregos chegando muito mais rapidamente”, afirmou Powell.

Caso Archegos

Questionado sobre a Archegos Capital Management, uma empresa de investimentos cuja implosão nas últimas semanas causou bilhões de dólares em perdas para bancos, Powell disse que isso não parecia levantar questões sobre a estabilidade mais ampla do sistema financeiro.

Mas ele indicou que o Fed pode examinar se os bancos entendem adequadamente os riscos em que incorrem.

"Foi um colapso da gestão de risco – e um que estamos examinando com muito cuidado para tentar garantir que não aconteça novamente", destacou. "Isso é surpreendente e preocupante", acrescentou.

O presidente do Fed também pediu uma reforma dos fundos mútuos do mercado monetário, que exigiu um resgate do banco central em março de 2020 em meio à profunda turbulência. Foi a segunda vez em 12 anos que o Fed teve que intervir.

"Há uma questão estrutural e sabemos disso", disse Powell. "Quando algo acontece duas vezes, é realmente hora de ir em frente e consertar. Cada empresa privada deve ter a capacidade de lidar com uma série de coisas plausíveis que podem acontecer com ela."

* Com informações de Estadão Conteúdo e Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Airbus A320

Itapemirim começa a receber aeronaves para voos comerciais após Anac autorizar

A Itapemirim diz que a segunda aeronave Airbus A320 de sua frota deve chegar ao aeroporto de Confins (MG) neste domingo

Efeito reverso

Elon Musk fez piada sobre o Dogecoin na TV aberta — e as cotações desabaram

Elon Musk fez a aguardada participação no SNL no último sábado, fazendo piada sobre si mesmo e falando do Dogecoin — mas a cotação caiu forte

Pesquisa da FGV

Presente mais caro: inflação do Dia das Mães é a maior dos últimos quatro anos

Levantamento da FGV mostra que a inflação no Dia das Mães é a maior desde 2017; eletrodomésticos e passagens aéreas tiveram maiores saltos

Expansão

SPX Capital assume operações do Carlyle no país

As operações do Carlyle no Brasil serão absrovidas pela SPX Capital. Com isso, a gestora de Rogério Xavier se expande em private equity

ESTRADA DO FUTURO

Um pé no abismo e outro na casca de banana: como identificar ações de empresas decadentes

Excesso de otimismo, planos mirabolantes e desprezo pela inovação estão entre as receitas para uma empresa falhar, segundo o gestor que se dedicou a descobrir empresas terríveis

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies