💸 Você pode receber R$ 120 para investir; veja como solicitar o depósito aqui

Cotações por TradingView
2021-03-30T17:25:35-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
cripto pagamentos

PayPal passa a aceitar pagamentos em Bitcoin nos EUA

O recurso permitirá transações com Bitcoins, Litecoins, Ethereums ou Bitcoin cashes, as principais criptomoedas do mercado, sem a cobrança de taxas adicionais

30 de março de 2021
9:06 - atualizado às 17:25
PayPal Bitcoin criptomoeda
Imagem: Shutterstock

Depois de a Visa passar a processar pagamentos com stablecoins, outra empresa grande está caminhando na direção dos criptoativos. A partir desta terça-feira (30), o PayPal passa a aceitar pagamentos em criptomoedas nos Estados Unidos

Batizado de "Checkout with Cypto", o recurso permitirá transações com Bitcoins, Litecoins, Ethereums ou Bitcoin cashes, as principais criptomoedas do mercado, e o melhor: sem a cobrança de taxas adicionais.

"À medida que o uso de pagamentos e moedas digitais se acelera, a introdução do Checkout with Crypto é a continuidade de nosso trabalho de impulsionar a adoção de criptomoedas, enquanto oferecemos aos clientes do PayPal escolha e flexibilidade nas formas de pagamento", diz o CEO do PayPal, Dan Schulman, em nota.

"Permitir que as criptomoedas façam compras em empresas ao redor do mundo é o próximo capítulo para impulsionar a onipresença e a aceitação em massa das moedas digitais", acrescenta.

A plataforma explica que todas as transações em criptomoedas serão liquidadas em dólares, de acordo com uma tabela de conversão do PayPal. A Visa também quer passar a fazer transações em Bitcoins, como foi anunciado na semana passada.

Quando grandes instituições aumentam sua procura por criptomoedas, além de validar a segurança desse tipo de ativo, suas cotações também costumam sentir os efeitos. Depois de uma semana difícil, flertando com uma queda abaixo dos US$ 50 mil, o Bitcoin (BTC) encostou novamente na marca de sua maior valorização histórica de US$ 60 mil

Por volta das 9h, a principal criptomoeda do mundo operava em alta de 2,05%, aos US$ 59.152,14. Mas as outras também não ficaram para trás, com a Ethereum (ETH), segunda mais importante, também registrando alta de 8,91%, aos US$ 1.846,37, e o Binance Coin (BNB) também subindo 8,94%, aos US$ 296,82.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

TÁ ESCRITO

Klabin (KLBN11) aprova investimento de até R$ 183 milhões e abre outra porta para um mercado bilionário; saiba qual

6 de dezembro de 2022 - 20:14

Com o aporte, a empresa dá passo para entrar em um segmento estimado em mais de US$ 20 bilhões e que tem alta taxa de crescimento esperada para os próximos anos

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

PEC da Transição é aprovada, a nova queda do petróleo e o dia das criptomoedas; confira os destaques do dia

6 de dezembro de 2022 - 19:41

Na reta final do pregão — que foi de forte volatilidade devido à aversão ao risco que predominou em Wall Street —, o Ibovespa ganhou fôlego para fechar o dia em alta de 0,72%, aos 110.188 pontos. Isso porque a PEC da Transição, enfim, deslanchou e superou o seu primeiro desafio: a Comissão de Constituição […]

FECHAMENTO DO DIA

Senado dá sinal verde para PEC da Trasição R$ 30 bi menor e Ibovespa sobe, contrariando NY; dólar recua

6 de dezembro de 2022 - 19:18

A forte queda do petróleo e a nova queda de 2% do Nasdaq, em Nova York, não impediram a alta do Ibovespa e nem o alívio no câmbio. O dólar à vista encerrou o dia em queda de 0,25%, a R$ 5,2697

VAI TROCAR DE NOVO

Petrobras (PETR4) — em breve — sob nova direção: Tarcísio de Freitas anuncia presidente da estatal para secretaria em SP

6 de dezembro de 2022 - 19:13

Caio Paes de Andrade foi escolhido pelo novo governador paulista para assumir a pasta de Gestão e Governo Digital

DO TETO NÃO PASSA

O caos de Putin! Ameaça russa gera congestionamento de navios, mas preço do barril desaba; entenda

6 de dezembro de 2022 - 18:32

Depois de cair mais de 3% na segunda-feira (06), o Brent — usado como referência internacional — levou um tombo ainda maior hoje, recuando 4%; entenda o que está por trás desse movimento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies