Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-03-29T18:18:41-03:00
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
cripto pagamentos

Visa passa a processar pagamentos com stablecoin USD Coin

Esse movimento vai na direção de modernizar e incentivar o uso de criptomoedas no dia a dia

29 de março de 2021
12:50 - atualizado às 18:18
visa
Imagem: Shutterstock

A Visa anunciou que irá utilizar globalmente a USD Coin (USDC), uma stablecoin, para liquidar pagamentos por meio da Ethereum, segunda principal criptomoeda do mundo. A empresa está testando a capacidade com a Crypto.com e planeja oferecer a liquidação em USDC a outros parceiros ainda este ano.

Diferentemente das criptomoedas, as stablecoins (“moedas estáveis”, em tradução livre) têm lastro em ativos já consolidados no mercado, como ouro e, no caso da USDC, o dólar. Elas foram criadas para conter a alta volatilidade das criptomoedas e agora passarão a ser usadas para liquidar pagamentos. 

Atualmente, a liquidação padrão da Visa requer que os parceiros realizem pagamentos em moeda tradicional, como dólar, o que adiciona custos e complexidade aos processos de empresas que operam com moedas digitais.

Em última análise, a capacidade de liquidar em USDC permite que a Crypto.com e outras empresas que já trabalham com criptomoedas avaliem modelos de negócio fundamentalmente novos sem a necessidade de ter moeda tradicional em caixa ou para fluxos de trabalho.

“As fintechs criptonativas querem parceiros que entendam seu negócio e as complexidades dos fatores de forma da moeda digital”, afirma Jack Forestell, vice-presidente e chefe de produtos da Visa. “O anúncio de hoje é um grande marco em nossa capacidade de atender às necessidades de fintechs que administram seu negócio em stablecoins ou criptomoedas, e é realmente uma extensão do que fazemos todos os dias, facilitando pagamentos seguros nas diferentes moedas do mundo”, conclui o executivo.

A Ethereum é a segunda criptomoeda mais famosa do mundo, criada pelo russo Vitalik Buterin para competir com o Bitcoin. Por volta das 12h30, a Ethereum se valorizava 4,14%, cotada a US$ 1.769,50 (R$ 10.239,57), de acordo com a plataforma Coin Market Cap.

O fundador do Circle, plataforma que auxilia novas empresas a digitalizarem seus negócios em criptoativos, em especial stablecoins, comemorou o fato. Por meio de sua conta no Twitter, Jeremy Allaire, afirmou que este é um ponto de virada para novas oportunidades no mundo cripto.

Ele continua, em um fio de seis tuítes, a explicar o porquê de esta notícia ser tão positiva. Na visão dele, a descentralização do sistema é um bom caminho para o futuro de um sistema bancário ainda mais globalizado e ágil.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

seu dinheiro na sua noite

Uma tarde de soluços nos mercados

O preço dos combustíveis, um dos grandes vilões da elevada inflação brasileira, não dá sinais de enfraquecimento. Muito pelo contrário: a passagem do furacão Ida pelo Golfo do México deve seguir impactando a oferta de petróleo por mais alguns meses, o que traz reflexos diretos ao preço da commodity. O Brent fechou em alta pela […]

menos méliuz

Méliuz (CASH3): Truxt reduz participação na companhia

Negociações têm por objetivo investimento e não visam alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da empresa

atenção acionista

Dividendos: Multiplan (MULT3) paga R$ 270 milhões em juros sobre capital próprio

Empresa vai considerar os acionistas inscritos nos registros da companhia no dia 28 de dezembro, dado que as ações de emissão da companhia passaram a ser negociadas “ex juros” a partir de 29 de dezembro

FECHAMENTO DO DIA

Petrobras dá susto, mas commodities garantem o avanço do Ibovespa; dólar sobe a R$ 5,37

A convovação de uma coletiva de última hora assustou os investidores, mas o Ibovespa retomou o ritmo de alta após a estatal confirmar que não irá mexr nos preços.

acesso bloqueado

Vale (VALE3) faz operação para resgatar 39 funcionários presos em mina no Canadá

De acordo com a empresa, na tarde de domingo (26), uma pá escavadeira que estava sendo transportada no acesso à mina subterrânea se desprendeu, bloqueando o shaft e, com isso, impedindo o meio de transporte dos empregados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies