Insights de investimento, análises de mercado e muito mais! Siga o Seu Dinheiro no Instagram

2021-12-02T18:21:11-03:00
Estadão Conteúdo
Reconhecida no exterior

Luiza Trajano é a única brasileira entre as 25 mulheres mais influentes de 2021

Luiza é apontada como uma das empresárias e líderes sociais mais notáveis do país, além de inspiração para empreendedores de todos os lugares

2 de dezembro de 2021
18:21
Retrato de Luiza Helena Trajano, atual presidente conselho de administração do Magazine Luiza (MGLU3)
Retrato de Luiza Helena Trajano, atual presidente conselho de administração do Magazine Luiza (MGLU3) - Imagem: Wikimedia Commons

A empresária Luiza Trajano é a única brasileira na lista das 25 mulheres mais influentes de 2021 do jornal britânico Financial Times, anunciada nesta quinta-feira (2).

Em uma apresentação assinada por Gillian Tett, presidente do conselho editorial do jornal, Luiza é apontada como uma das empresárias e líderes sociais mais notáveis do Brasil, além de inspiração para empreendedores de todos os lugares.

"Luiza Trajano não é particularmente conhecida fora do Brasil. Ela deveria ser", escreve Gillian Tett. O texto destaca ainda a trajetória da presidente do conselho do Magazine Luiza (MGLU3), que começou a trabalhar aos 17 anos na loja de calçados de sua família, em Franca (SP), e transformou o negócio em uma das mais importantes varejistas da América Latina.

A apresentação da brasileira também aborda como seu trabalho ainda inclui viagens por todo o País para visitar lojas, ouvir preocupações de empregados e dar conselhos sobre carreira. O jornal afirma que o grupo Magazine Luiza é hoje avaliado em mais de US$ 10 bilhões, contando com cerca de 40 mil empregados.

A atuação da empresária em questões sociais, como a luta por igualdade de gênero e raça também é ressaltada. O texto de apresentação ainda cita os boatos sobre a possibilidade de Luiza Trajano ser candidata à Presidência da República, devido à sua forte liderança nessas questões sociais - mas afirma também que ela não está interessada.

Em setembro, Luiza Trajano também figurou na lista das 100 pessoas mais influentes da revista americana Time, com um texto de apresentação assinado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Celebrando mulheres

A lista anual de mulheres mais influentes foi criada pelo Financial Times com o objetivo de celebrar as conquistas de mulheres de diversas áreas.

A edição deste ano inclui textos de apresentação assinados por outras mulheres, como a francesa Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu, Malala Yousafzai, ativista paquistanesa que é a mais jovem vencedora do Prêmio Nobel da Paz, e Greta Thunberg, ativista ambiental sueca.

A lista traz três categorias: Líderes, Heroínas e Criadoras. Luiza Trajano aparece entre as líderes, junto a nomes como o da nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala, diretora-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), e das americanas Gita Gopinath, economista-chefe do Fundo Monetário Internacional, e Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Estados Unidos.

Financial Times selecionou a americana Frances Haugen, ex-funcionária do Facebook que vazou documentos internos da companhia e deu origem ao escândalo que ficou conhecido como Facebook Papers, como uma das Heroínas.

Já na categoria das Criadoras, aparecem personalidades como a chinesa Chloé Zhao, cineasta, e as americanas Shonda Rhimes, roteirista e produtora, e Scarlett Johansson, atriz.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

DIPLOMACIA RUSSA

Bandeira branca? Putin diz que vai viabilizar comércio de grãos ucranianos e fertilizantes

Em conversa com o presidente da França e o chanceler da Alemanha, Putin afirmou que vai aumentar a oferta de grãos e fertilizantes

NÃO VINGOU

Terra 2.0 derrete mais de 60% no dia do lançamento; saiba por quê

A Terra 2.0 já acumula perdas; o renascimento da criptomoeda sofre com a perda de credibilidade, após falhas no protocolo da antiga moeda

NOVA CRIPTO NA ÁREA

Lançamento da Terra 2.0: vale a pena investir em um projeto criado pelos mesmos desenvolvedores da extinta Terra (LUNA)? Especialistas falam sobre nova criptomoeda

A resposta foi quase unânime: os analistas deixaram de acompanhar a Terra (LUNA) e não acreditam mais no projeto

SOBE E DESCE

Cosan (CSAN3) lidera as altas do Ibovespa e Banco Inter (BIDI11) vai em direção oposta ‒ saiba o que foi destaque na bolsa na semana

A semana começou com mudanças na presidência da Petrobras (PETR4). Apesar disso, o Ibovespa fechou a semana em leve alta

PODCAST TOUROS E URSOS

Petrobras e Eletrobras: afinal, vale a pena investir no sucesso dessa dupla na bolsa?

Especialista na dupla Petrobras e Eletrobras, o colunista do Seu Dinheiro Ruy Hungria conta o que esperar das ações das estatais no podcast Touros e Ursos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies