O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-03-28T16:20:02-03:00
Estadão Conteúdo
tudo tranquilo

Estoques altos reduzem impacto do bloqueio em Suez no setor de petróleo

Segundo AIE, parcela considerável dos navios petrolíferos é grande demais para passar pelo canal, que enfrenta concorrência de dois oleodutos

28 de março de 2021
17:38 - atualizado às 16:20
Tanques de petróleo
Imagem: Shutterstock

O bloqueio do Canal de Suez teve impacto limitado no mercado de petróleo, até o momento, porque os estoques da commodity estão em níveis elevados, em meio à pandemia de coronavírus. A avaliação é da analista Kristine Petrosyan, da Agência Internacional de Energia (AIE), e consta em relatório divulgado neste sábado (27).

Na última terça-feira (23), um navio de 400 metros de comprimento encalhou enquanto atravessava o canal e obstruiu uma das principais rotas comerciais do mundo. No entanto, segundo Petrosyan, o setor petroleiro, ainda em recuperação da crise provocada pelo coronavírus, tem níveis de estoques confortáveis, o que atenua os efeitos.

A analista acrescenta que o episódio evidência transformações estruturais nos mercados. Uma delas, de acordo com ela, é o fato de que a maior parte do petróleo que passa pela região vai em direção à Ásia, e não mais o contrário.

"A situação se inverteu há cerca de uma década, quando o estouro do fornecimento de petróleo dos Estados Unidos, Canadá e Brasil se combinou com o rápido crescimento econômico da Ásia para mudar o equilíbrio do petróleo bruto de ambos os hemisférios", explica.

Petrosyan salienta também que uma parcela considerável dos navios petrolíferos é grande demais para passar pelo canal. Embarcações com até cerca de 200 mil toneladas da commodity conseguem atravessar a rota, enquanto, nos últimos anos, cresceu a quantidade de veículos marítimos com capacidade superior a 300 mil toneladas.

O Canal de Suez enfrenta a concorrência de dois oleodutos que conectam o mediterrâneo ao Mar Vermelho e levam até 2,5 milhões de barris por dia (bpd). Ainda assim, cerca de 5% do petróleo bruto do mundo passa pelo canal, segundo a analista da AIE.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

'PERGUNTA PRO SACHSIDA'

Bolsonaro se pronuncia sobre ‘fritura’ e possível substituição do presidente da Petrobras (PETR4)

Bolsonaro voltou a dizer que “ninguém vai tabelar preço de combustível”, mas afirmou que a “finalidade social” da Petrobras não está sendo cumprida

BAIXOU A PREVISÃO

Magazine Luiza (MGLU3) rebaixado: JP Morgan corta previsão para ações antes do balanço de amanhã, mas projeção ainda é de alta de quase 50%; entenda motivos

O cenário de alta dos juros deve pressionar o varejo, mas o JP Morgan entende que a empresa está bem posicionada no setor

ESFRIOU

Ano deve ter queda de fusões e aquisições, mas 2022 conta com negócios de grante porte até o momento; relembre algumas delas

Entre os fatores que causaram essa freada, estão a guerra entre Rússia e Ucrânia e a expectativa de desaceleração na China, após lockdowns para conterdos casos de covid

SEU DIA EM CRIPTO

Terra (LUNA) não acompanha recuperação do bitcoin (BTC) neste domingo; criptomoedas tentam começar semana com pé direito

Mesmo com a retomada de hoje, as criptomoedas acumulam perdas de mais de dois dígitos nos últimos sete dias

A COISA VAI ESQUENTAR

Novo capítulo da guerra? Vizinhos da Rússia, Finlândia e Suécia devem se juntar à Otan e tensão na região aumenta

Vladimir Putin, presidente russo, já havia dito que a entrada dos países na Organização exigiria retaliações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies