2021-05-29T17:43:38-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Governo enfraquecido?

Atos contra o governo marcam o dia das principais cidades do país

Entre as demandas dos manifestantes estão a saída de Jair Bolsonaro, vacinação em massa e o aumento do valor do auxílio emergencial destinado às famílias mais pobres.

29 de maio de 2021
14:19 - atualizado às 17:43
Protesto contra o governo Bolsonaro na Esplanada do Ministério na cidade de Brasília, neste sábado (29). - Imagem: RICARDO JAYME/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Com o Brasil próximo de cruzar a marca dos 460 mil mortos pela covid-19 e longe de controlar a pandemia, movimentos de oposição se articulam neste sábado (29) e organizam manifestações em diversas cidades do país. Segundo a Frente Brasil sem Medo, mais de 170 cidades devem registrar alguma mobilização. Todas as capitais participaram.

Os atos são uma resposta contra as aglomerações promovidas por apoiadores do presidente nas últimas semanas e cobram não só a saída de Bolsonaro e abertura de um processo de impeachment como também políticas de vacinação em massa e o aumento do valor do auxílio emergencial destinado às famílias mais pobres.

Organizadas principalmente por centrais sindicais e movimentos sociais, a expectativa é que pelo menos 200 cidades registrem atos contra o governo de Jair Bolsonaro. Brasília, Belo Horizonte, Recife, Palmas, Porto Velho, Salvados, São Luís, João Pessoa, Aracaju, Teresina, Campo Grande, Goiânia e Florianópolis são algumas das capitais que já se registraram manifestações.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Na convocação, que ocorreu principalmente nas redes sociais, a instrução era para que os participantes utilizassem máscaras que garantam uma alta proteção (pff2/n95) e álcool em gel e tentem manter um distânciamento mínimo. Mesmo entre a oposição, os atos não foram uma unanimidade, dado a situação sanitária que o país se encontra.

Em São Paulo, o ato tever início às 16h, na Avenida Paulista, e, segundo os organizadores, reuniu pelo menos 40 mil pessoas. No Rio de Janeiro, o ato aconteceu pela manhã e circulou pelo centro da cidade.

Nas redes sociais, é possível encontrar imagem de confronto entre manifestantes e a polícia em Recife. O ato ocorreu na parte da manhã e a reação da polícia aconteceu durante a dispersão, mesmo que o protesto tenha se mantido pacífico durante todo o trajeto.

*Conteúdo em atualização

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

RAIO-X DO ORÇAMENTO

Fundo eleitoral, emendas do relator e reajuste dos servidores: 3 pontos do Orçamento para 2022 que mexem com a bolsa esta semana

Entre emendas parlamentares superavitárias e reajuste dos policiais federais, o Orçamento deve ser publicado no Diário Oficial na segunda-feira (24)

PEC DOS COMBUSTÍVEIS

Tesouro pode perder até R$ 240 bilhões com PEC dos Combustíveis e inflação pode ir para 1% — mas gasolina ficará só R$ 0,20 mais barata; confira análise

Se todos os estados aderirem à desoneração, a perda seria de cifras bilionárias aos cofres públicos, de acordo com a XP Investimentos

Seu Dinheiro no Sábado

E a bolsa ainda pulsa: os grandões do Ibovespa brilham e puxam o índice — mas e as demais empresas?

Além do ciclo aquecido das commodities e da entrada de recursos estrangeiros, também vale lembrar o desconto nos ativos domésticos

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) aprofunda queda da semana e é negociado aos US$ 35 mil hoje pela primeira vez em seis meses; criptomoeda já caiu 17% em sete dias

Especialista dá dicas de como sobreviver ao momento de “sangria” do mercado de criptomoedas — e o que não fazer no desespero

Dê o play!

A bolsa ainda pulsa, mas será um último suspiro? O podcast Touros e Ursos discute o cenário para o Ibovespa

No programa desta semana, a equipe do Seu Dinheiro discute o cenário para o Ibovespa e os motivos que fazem a bolsa brasileira subir