Menu
2021-02-24T19:17:37-03:00
Renan Sousa
Seguiu a Tesla?

Após alta de 9 vezes na receita com Bitcoin, empresa do CEO do Twitter aumenta posição no criptoativo

Na divulgação do balanço do quarto trimestre da empresa, a Square informou que o Bitcoin já representava 5% do total de ativos da empresa no final de 2020

24 de fevereiro de 2021
11:32 - atualizado às 19:17
twitter bitcoin
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Mais uma empresa se junta ao hall de compradoras de bitcoin. A Square, do fundador do Twitter, Jack Dorsey, anunciou nesta quarta-feira (24) que a companhia comprou US$ 170 milhões da criptomoeda. 

Na divulgação do balanço do quarto trimestre da empresa, a Square informou que o bitcoin já representava 5% do total de ativos da empresa no final de 2020. “O investimento faz parte do compromisso contínuo da Square com o bitcoin, e a companhia pretende avaliar seu investimento agregado na criptomoeda em relação aos demais de forma contínua”, afirma Jack Dorsey.

Já vi essa história

O aumento da posição das empresas em bitcoin não é uma novidade. Recentemente, a Tesla comprou US$ 1,5 bilhão da criptomoeda e o CEO da empresa é conhecidamente um defensor desse ativo.

Mas como nem tudo são flores, a especulação em torno do bitcoin também veio. Ontem (23), as ações da empresa de carros elétricos iniciaram o dia em queda de 9%, refletindo a queda de 10% da criptomoeda no dia anterior

Especialistas afirmam que, como o mercado de cripto é recente, as oscilações de dois dígitos são mais comuns. E como as empresas aumentam sua participação nesse tipo de ativo, a especulação cai sobre as ações da empresa.

Impactos e resultados

Com isso, as ações da Square fecharam em queda forte de 7,51%, a US$ 237,32 na bolsa de Nova York hoje.

Gráfico das ações da Square hoje pela manhã. Fonte: TradingView

A Square é uma empresa de serviços financeiros e pagamentos, baseada no estado da Califórnia (EUA). A companhia vem aumentando sua participação em bitcoin desde o terceiro trimestre de 2020 e os lucros vindos da criptomoeda têm ajudado no resultado da empresa.

De acordo com o relatório do quarto trimestre, o bitcoin foi responsável por US$ 1,76 bilhão de receita através do Cash App, a plataforma de pagamentos da Square. Em 2020, a receita foi de US$ 4,57 bilhões, nove vezes maior que em 2019, quando registrou US$ 97 milhões.

*Com informações da CNBC

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

em meio à crise

Em reunião com empresários, Bolsonaro defende vacinação e diz não ter preocupação com CPI da Covid

Presidente e ministros participaram de uma videoconferência com o grupo que reúne os 50 maiores grupos privados do País

seu dinheiro na sua noite

Ação da Moura Dubeux caiu 50% desde o IPO. Ficou barata?

O ano de 2020 começou promissor para a economia brasileira e com boas perspectivas para a chegada de novas empresas à bolsa. A temporada de IPOs se iniciou nos primeiros dias de fevereiro, com a estreia da construtora Mitre, seguida da empresa de tecnologia Locaweb. Mais para meados do mês, vimos a abertura de capital […]

ampliação de sortimentos

Lojas Americanas compra Imaginarium e prevê aumentar marcas próprias

Companhia anunciou aquisição do Grupo Uni.co, mas não revelou valores; com negócio, Americanas avança sobre varejo especializado em franquias

FECHAMENTO

Mercado olha desconfiado para Orçamento e Ibovespa acompanha queda do exterior; dólar fica estável

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado, os investidores acabaram optando pela cautela

Prioridade na Casa

Câmara aprova requerimento de urgência sobre projeto de privatização dos Correios

A medida permite que a proposta “fure” a fila de votação de projetos e pode agilizar o processo de desestatização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies