IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
Cotações por TradingView
2021-03-10T09:51:09-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

Precisamos falar sobre os juros

10 de março de 2021
9:51
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

No começo de março do ano passado, o ex-diretor do Banco Central Tony Volpon foi uma das primeiras vozes do mercado a defender a necessidade de corte imediato da taxa básica de juros (Selic) diante da crise iminente com a pandemia do coronavírus.

Olhando hoje, essa avaliação pode até parecer óbvia. Mas, na época em que ele concedeu a entrevista ao Seu Dinheiro, a economia ainda estava em pleno funcionamento e as primeiras medidas de isolamento social para conter o avanço da covid-19 sequer haviam sido tomadas.

O resto é história. O BC diminuiu a Selic para a mínima histórica de 2% ao ano, o que levou o Brasil a operar com taxas reais negativas — algo inimaginável antes da pandemia.

Volpon voltou a falar com o Seu Dinheiro um ano depois daquela entrevista, mas agora com uma visão oposta. Ele entende que o Banco Central precisa voltar a elevar os juros, e já na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) que acontece na próxima semana.

Mais uma vez, não se trata de uma escolha simples. Afinal, o país vive a pior fase da pandemia, o que certamente vai se refletir no desempenho da atividade econômica ao longo do ano.

Mas o ex-diretor do BC e atualmente estrategista-chefe da WHG entende que a Selic nos níveis atuais provoca hoje mais danos do que benefícios ao país. Entenda os argumentos do economista na entrevista concedida ao repórter Ivan Ryngelblum.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

Em uma sessão um pouco mais calma, o Ibovespa fechou ontem em alta de 0,65%, aos 111.330 pontos, acompanhando o avanço nas bolsas dos EUA e com os investidores reagindo positivamente a notícias de que a PEC Emergencial não seria desidratada. O dólar avançou 1,66%, aos R$ 5,7974.

O que mexe com os mercados hoje? A PEC emergencial foi aprovada ontem e o segundo turno deve ocorrer hoje, com o perigo de desidratação afastado pelo presidente da Casa, Arthur Lira. Mas o clima antecipado de polarização política segue preocupando os investidores e pode afetar os negócios ao longo do dia.

EMPRESAS

A Totvs anunciou ontem a maior aquisição de sua história, da empresa de marketing digital RD Station. O negócio de R$ 1,8 bilhão fortalece a divisão de gestão de desempenho empresarial da gigante brasileira de tecnologia.

A BR Distribuidora fechou 2020 com chave de ouro (ou gasolina). A rede de postos que era controlada pela Petrobras teve um crescimento de 76,6% no lucro líquido no ano passado. Com isso, a companhia entregou antecipadamente a rentabilidade que era esperada apenas para 2021.

ECONOMIA

Para alívio do mercado, a Câmara dos Deputados aprovou nesta madrugada, em primeiro turno, o texto da PEC Emergencial, mantendo as medidas de ajustes nas despesas aprovadas pelo Senado, abrindo caminho para uma nova rodada do auxílio emergencial.

O Brasil bateu novo recorde de mortes por covid-19. Em 24 horas, foram registrados 1.972 óbitos em consequência do novo coronavírus, segundo o Ministério da Saúde.

Você sabe como fazer a declaração de dependentes no Imposto de Renda? Veja aqui como realizá-la de forma correta para evitar problemas com a Receita Federal.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

BOLSOS CHEIOS

Dividendos e JCP: Itaú (ITUB4) anuncia pagamento de proventos; confira valores e prazos

28 de novembro de 2022 - 20:34

A distribuição será realizada até 28 de abril de 2023; provento considera a incidência de 15% de imposto de renda retido na fonte

EXILE ON WALL STREET

O raio não cai duas vezes no mesmo lugar: das big techs à PEC da Transição

28 de novembro de 2022 - 19:50

Do lado das big techs, é difícil reconhecer o próximo bull market. Do lado da PEC da Transição, estamos emperrados no valor a ser considerado fora do teto e o prazo.

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

PEC da Transição é protocolada no Senado, os protestos na China e projeções para 2023; confira os destaques do dia

28 de novembro de 2022 - 19:25

Sem grandes divulgações econômicas marcadas para esta segunda-feira (28) e com um jogo da seleção brasileira no início da tarde, o dia foi morno para a B3.  Assim como no jogo de estreia do time do técnico Tite, as negociações não foram interrompidas enquanto a bola rolava, mas a falta de novidades no cenário político […]

FECHAMENTO DO DIA

Petrobras (PETR4) evita queda maior, mas Ibovespa recua antes de apresentação da PEC da Transição; dólar e juros também caem

28 de novembro de 2022 - 19:09

Com o volume de negociações menor no Ibovespa, o índice ficou próximo do zero a zero, aguardando detalhes sobre a PEC protocolada apenas no fim da tarde

TEMORES CONFIRMADOS?

Lula vai barrar venda de ativos da Petrobras (PETR4)? Primeira reunião da estatal com equipe de transição indica que sim, mas apenas em casos especiais; veja quais

28 de novembro de 2022 - 19:05

A equipe enviará um ofício ao Ministério de Minas e Energia para adiar os desinvestimentos até que o presidente eleito tome posse

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies