Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2021-01-12T10:08:44-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Onde investir… em 2030

12 de janeiro de 2021
10:08
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Nos primeiros dias do ano, o Seu Dinheiro se dedicou a apontar para você as perspectivas para os principais investimentos em 2021.

Exceto pelo tão falado bitcoin, cuja oscilação obedece a uma dinâmica própria, o desempenho da bolsa, da renda fixa, do dólar e dos demais ativos financeiros segue atrelado aos avanços da crise do coronavírus.

O sucesso no combate à pandemia e a trajetória da taxa básica de juros aqui no Brasil certamente serão fatores que vão influenciar as cotações ao longo deste ano — para o bem ou para o mal.

Mas quando se fala no longo prazo, o que vai realmente fazer a diferença nesse jogo é o mundo que vai emergir da maior crise de saúde do último século.

Usando aquela velha e surrada metáfora, agora que já enxergamos a luz no fim do túnel, o que nos espera do outro lado?

É da resposta a essa pergunta que vai depender o desempenho dos seus investimentos não só em 2021 como nos próximos anos — quem sabe até 2030.

Na coluna de hoje, o Matheus Spiess traz para você uma espécie de “retrospectiva do futuro”, com algumas ideias valiosas do equilíbrio de forças que deve reinar no pós-covid. Além, é claro, dos investimentos que devem se beneficiar desse cenário. Vale a pena a leitura!

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

 Depois de bater recorde na primeira semana de 2021, o Ibovespa fechou ontem em queda expressiva de 1,46%, aos 123.255,13 pontos. O dólar também assustou e terminou em alta de 1,61%, acima da casa de R$ 5,50 desde 13 de novembro. Confira o que movimentou os mercados.​​​​​​​

O que mexe com os mercados hoje? Os investidores tentam se recuperar do baque da sessão anterior e devem acompanhar de perto a divulgação da inflação medida pelo IPCA de dezembro e de 2020. Qualquer novidade relacionada à ampliação do pacote de estímulos nos EUA também deve animar os negócios.

EMPRESAS

A incorporadora Moura Dubeux registrou R$ 305 milhões em volume de vendas no quarto trimestre de 2020, segundo prévia operacional divulgada pela empresa, que atua na Região Nordeste e abriu o capital no ano passado na B3.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Tamanho menor

Zara fecha sete lojas no Brasil em plano de reorganização

O plano da empresa foi traçado em 2020 e, no Brasil, começou ainda no ano passado, com o fechamento de lojas nas cidades de Joinville (SC) e São José dos Campos (SP)

Seu Dinheiro no sábado

A única coisa que Bill Gates não pode comprar

Troca de presidente nos Estados Unidos, início da vacinação para covid no Brasil e comunicado do Banco Central com vocabulário novo. A semana que se encerra trouxe novidades importantes. É bem verdade que também teve notícia velha, daquelas que encontramos todos os dias: disputas políticas entre Jair Bolsonaro e João Dória, caos nos hospitais públicos […]

Sem dieta

McDonald’s tem planos de abrir 50 novos restaurantes na América Latina, 80% deles no Brasil

Rede pretende investir até US$ 130 milhões (R$ 690 milhões) na região e também quer reforçar o drive-thru, delivery e o aplicativo

Bilionário imunizado

Adivinha quem já foi vacinado? Bill Gates compartilha foto e diz como se sente após tomar 1ª dose

Fundador da Microsoft compartilhou foto do momento em que era vacinado e enalteceu o trabalho dos cientistas, voluntários e profissionais da saúde que trabalham no combate à pandemia

Início de cobertura

Após queda de 56%, XP revela o que espera das ações da dona da rede de restaurantes Frango Assado e Pizza Hut no Brasil

Os analistas da corretora iniciaram a cobertura das ações da IMC com recomendação neutra e preço-alvo de R$ 4,00, o que indica um potencial de alta de 8%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies