Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2021-05-17T09:32:16-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

A fidelidade dos milionários à poupança, live Seu Dinheiro e outros destaques do dia

17 de maio de 2021
9:32
Trickery,Concept.business,Partners,Shaking,Hands,With,One,Of,Them,Holding
Imagem: Shutterstock

A caderneta de poupança é como uma paixão antiga: por mais que tenha defeitos, é difícil de esquecer. O investimento mais popular do país é simples, acessível e tem a reputação de ser seguro.

A poupança também não ilude ninguém. Quem coloca o dinheiro não tem a pretensão de ficar rico. O rendimento é magrinho, mas sempre comparece. Não por acaso, o saldo de recursos depositados está na casa de R$ 1 trilhão. 

O que talvez nem todos saibam é que, nas condições atuais, a caderneta oferece um retorno real negativo — ou seja, menor que a inflação. Isso significa que, na prática, ninguém “poupa” quando aplica na poupança.

Foi um verdadeiro teste de fidelidade para os investidores, que ainda assim depositaram R$ 166 bilhões em dinheiro novo na caderneta só no ano passado.

Talvez por falta de melhor orientação financeira, não é de se estranhar que a caderneta tenha sido o destino da maior parte do dinheiro que os brasileiros que receberam o auxílio emergencial de R$ 600 reais.

Mas o que dizer daqueles que já têm muito dinheiro e deixam o dinheiro na poupança mesmo com condições de acessar opções melhores e tão seguras quanto a caderneta? 

Existem hoje mais de 20 mil contas de poupança que guardam um saldo superior a 1 milhão de reais. A repórter Larissa Vitória falou com especialistas e conta para você por que esses milionários se mantêm fiéis à caderneta.

O que você precisa saber hoje

LIVE SEU DINHEIRO

O que mexe com os seus investimentos ao longo desta semana? Logo mais, às 9h30, o Victor Aguiar troca uma ideia com você ao vivo no nosso Instagram sobre os assuntos que estão na agenda dos investidores. Participe com suas dúvidas e comentários!

MERCADOS

O que pensa o Fed, o Banco Central norte-americano, sobre a escalada recente da inflação? Os investidores terão uma visão mais clara com a divulgação da ata da última reunião da autoridade monetária, nesta quarta-feira. Saiba o que mais estará no radar do mercado na coluna Segredos da Bolsa.

Fim do amor? Em sua conta no Twitter, Elon Musk deu a entender que pode se desfazer dos bitcoins que a Tesla recebeu. Foi o suficiente para o preço da criptomoeda despencar desde a tarde de sábado, atingindo o menor valor em três meses.

EMPRESAS

Em um último momento da temporada de balanços do primeiro trimestre, a Rede D'or São Luiz registrou lucro líquido recorde de R$ 402,4 milhões, alta anual de 254,6%. 

Impulsionadas pela alta do dólar e pelo avanço da cotação das commodities, as empresas exportadoras voltaram a apresentar resultados fortes no primeiro trimestre. Os analistas esperam a sustentação de números favoráveis ao longo do ano.

A Petrobras bateu o recorde de vendas de diesel S-10 com baixo teor de enxofre, no mês de abril. Foram 437 mil barris por dia (bpd), o que representa aumento de 4,4% em relação ao recorde anterior.

ECONOMIA

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas, morreu na manhã de domingo, aos 41 anos. Ele tratava um câncer originado entre o esôfago e o estômago e que rapidamente se espalhou para outras partes do corpo. Nesta matéria você confere a trajetória política do neto do ex-governador Mário Covas.

As vendas no varejo e a produção industrial na China avançaram em abril, na comparação anual, em mais uma amostra da recuperação econômica do país. Veja os principais números.

A indústria de fundos vive um "boom" de novas gestoras, induzido por fatores que envolvem desde o baixo custo de oportunidade até o aumento das reservas de investidores. Somente neste ano até março, a Anbima registrou 27 novas empresas de gestão.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Insights Assimétricos

Preparado para a Super Quarta? O que você precisa saber antes das decisões do Fed e do Copom sobre juros

Um ajuste dos juros, mantendo-os ainda abaixo do neutro (entre 5,5% e 6,5%), seria salutar. Uma alta para além disso, contudo, poderá comprometer a retomada brasileira

Caçadores de tendências

Itaú Asset lança mais 3 ETFs com foco em inovação nas áreas de saúde, tecnologia e consumo dos millennials

Gestora do Itaú agora aposta em índices de empresas globais ligadas a tendências de consumo que estão mudando a sociedade

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

As ações das novas petroleiras valem a pena?

Nos recentes movimentos de rotação de carteiras nos mercados, temos nos deparado com a dicotomia Velha Economia (empresas de segmentos tradicionais) e Nova Economia (empresas ligadas à tecnologia e novas formas de consumo). Dentro do que se convencionou chamar de Velha Economia, temos visto o destaque das empresas de commodities, justamente o forte do Brasil. […]

Problemas no paraíso

Cesp, Engie, AES Brasil e mais: seca reduz brilho de ações do setor de geração hídrica

Com menos água, as empresas geram menos em hidrelétricas, mas não ficam livres de cumprir os contratos de fornecimento de energia

Jabuti do bem?

MP da Eletrobras: contratação de térmicas a gás pode diminuir conta de luz, diz estudo da Abegás

A medida vem sendo criticada pela maioria das elétricas, que alegam que ela vai na contramão da modernização e competitividade do setor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies