Menu
O melhor do Seu Dinheiro
Victor Aguiar
2021-05-14T19:20:27-03:00
O MELHOR DO SEU DINHEIRO

A inflação americana na Broadway e outros destaques

13 de maio de 2021
19:22 - atualizado às 19:20
Inflação
Imagem: Shutterstock

O dilema dos Bancos Centrais renderia um musical na Broadway. Um enredo cheio de intrigas e drama; personagens em conflito, cientes de que suas decisões impactam o mundo todo.

Subir ou não subir os juros, eis a questão.

A inflação americana, afinal, começa a aumentar num ritmo preocupante — e muito por causa da postura dos bancos centrais, que injetaram estímulos na economia global e colocaram os juros nas mínimas históricas.

"E agora, o que fazer?", perguntam-se os dirigentes do Federal Reserve. "Aumentar as taxas mesmo com o mercado de trabalho ainda fraco, ou deixar tudo como está e ver a inflação avançar cada vez mais?"

É um espetáculo dramático. Luzes piscam, o cenário muda, o dilema preenche o ar. E, enquanto uma decisão não é tomada, os personagens fazem suas apostas em relação ao desfecho.

No núcleo do mercado financeiro, a elevação já começa a ser precificada: os juros futuros estão mais altos, os rendimentos dos Treasuries mais polpudos e o apetite por ações sofre um baque.

E, com essa potencial conclusão em mente, até mesmo os ativos brasileiros sofrem as consequências. Como competir com os títulos do mercado americano entregando retornos maiores?

O clímax do espetáculo ainda não aconteceu, mas a Jasmine Olga, que está sentada na primeira fila do teatro, explica toda a trama — desde as razões para a alta dos preços nos EUA até os desdobramentos para a economia brasileira. A crítica completa está nessa matéria.

MERCADOS

 Depois de uma queda forte na bolsa, os investidores hoje já estavam mais calmos. Os bons resultados trimestrais das empresas ficaram em primeiro plano e o Ibovespa fechou em alta; já o dólar continuou pressionado e subiu a R$ 5,31.

 O mar não está para IPO ultimamente. A Dotz bem que tentou lutar contra a correnteza e garantiu alguns peixes grandes entre seus futuros investidores, mas foi vencida pelas condições atuais do mercado e anunciou hoje a interrupção da oferta.

EMPRESAS

 Com a temporada de balanços se aproximando do fim, muitas empresas divulgaram seus números nesta quinta-feira. Destaque para Yduqs, Natura, Via e Eletrobras, cujos resultados animaram os investidores e deram impulso às ações.

 Quem também chamou a atenção hoje foi a Oi. Em recuperação judicial, a empresa reportou uma queda de 44% em seu prejuízo, mas a dívida líquida cresceu na comparação com o primeiro trimestre do ano passado. Saiba mais.

 Já o BNDES teve um trimestre tranquilo, registrando um salto de 78% no lucro líquido. O resultado foi incrementado pela venda de ações e desinvestimentos em empresas brasileiras — sobrou dinheiro até para adiantar o pagamento de dívidas com a União.

ECONOMIA

 A SPX divulgou hoje sua carta mensal aos investidores. O texto abordou as perspectivas de recuperação econômica e alta na inflação e também revelou quais são os setores preferidos da gestora de Rogério Xavier na bolsa.

 Conhecido como a prévia do PIB, o Índice de Atividade do Banco Central (IBC-Br) recuou 1,59% na passagem de fevereiro para março. O indicador refletiu a piora da pandemia de coronavírus e o agravamento de seus efeitos na economia brasileira.

 Ultimamente, Elon Musk só precisa de poucas palavras - ou tweets - para movimentar o mercado de criptomoedas. Sua última declaração, por exemplo, levou o bitcoin a perder o patamar dos US$ 50 mil. Confira outras vezes em que o bilionário chacoalhou o mundo das criptomoedas.

POLÍTICA

 As tão aguardadas reformas nos sistemas político e tributário caminham a duras penas pelo Congresso brasileiro. Hoje foi a vez da reforma administrativa sofrer um revés: a leitura de seu parecer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) foi adiada para a próxima segunda-feira e deve atrasar a votação.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

seu dinheiro na sua noite

IPO da Smart Fit: vai sair da jaula o monstro!

Eu nunca fui muito de academia, confesso. Já tive meus tempos de malhar regularmente, mas nunca consegui tomar gosto pela coisa. Exercícios repetitivos não me cativam, meu negócio sempre foi dançar, de preferência em turma, com professor e horário, se não eu falto. Como você deve imaginar, entre meus colegas jornalistas não é muito diferente. […]

atenção, acionista

Vale eleva valor de dividendo a ser em pago em 30 de junho para R$ 2,189 por ação

No dia 17 de junho, a empresa tinha informado o pagamento de R$ 2,177 de dividendo por ação; demais condições da distribuição não serão alteradas

de olho na inovação

Moeda digital é nova forma de representação da moeda já emitida, diz Campos Neto

Segundo ele, ela não se confunde com os criptoativos, como o bitcoin, que não têm característica de moeda, mas sim de ativos

em audiência

Yellen diz esperar apoio do G-20 para proposta de imposto corporativo global

Grupo das 20 maiores economias do mundo se reúne em julho e deve debater o assunto

retomada

PIB da Argentina sobe 2,6% no 1º trimestre

Na comparação com igual período do ano passado, o avanço foi de 2,5%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies