Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-08-10T18:51:04-03:00
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
Na mira do senado

Por que o projeto de infraestrutura de Joe Biden está pressionando o preço do bitcoin (BTC) hoje?

O bitcoin (BTC) começou o dia em alta volatilidade, mas engatou queda de 1,30%, mas ainda assim acima da faixa de US$ 45 mil

10 de agosto de 2021
11:53 - atualizado às 18:51
bitcoin, bidem
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O que começou como um sonho terminou em pesadelo. Depois que o novo chefe da SEC, a CVM americana, afirmou que estava buscando uma regulamentação maior para o bitcoin (BTC) e outras criptomoedas, o mercado ficou animado.

Com uma legislação mais bem definida, os criptoativos devem se tornar mais seguros e populares, o que é bem visto pelos investidores. Mas o sonho acabou quando o pacote de infraestrutura de US$ 1 trilhão do presidente americano Joe Biden precisou de uma fonte a mais de financiamento. 

Pegando uma parte

Na lei do pacote de infraestrutura que tramita no Senado já havia uma emenda que especificava que “corretores de criptomoeda” deveriam pagar impostos. O problema está na definição de “corretor” utilizada pela Casa. De acordo com Pat Toomey, um dos relatores do projeto, a medida visa “aumentar a clareza sobre quem é o corretor”. 

A nova proposta de lei inclui a definição: “[corretor é] qualquer pessoa que (mediante pagamento) seja responsável por fornecer regularmente qualquer serviço que efetue transferências de ativos digitais em nome de outra pessoa”.

Para além da regulamentação nos EUA, no vídeo abaixo explicamos os fundamentos que podem levar o bitcoin a subir no longo prazo. Confira (e aproveite para se inscrever no nosso canal lá no YouTube para receber outras análises e insights de investimentos):

O mercado

Os analistas veem a regulamentação e taxação como positivas, mas pedem atenção aos números, especialmente às alíquotas cobradas. De acordo com analistas da CoinDesk, os olhos do Senado voltados para criptomoedas mostram que os Estados Unidos não estão mais ignorando o bitcoin. 

Antes de continuar, um convite: entenda por que pode ser mais barato comprar criptomoedas via ETF monoativos do que por exchanges (corretoras de criptoativos) no Instagram do Seu Dinheiro. Veja abaixo:

Mesmo assim, o medo de que os parlamentares “pesem a mão” nas taxas segue pressionando o mercado. 

O bitcoin (BTC) começou o dia em alta volatilidade, mas engatou queda de 1,30%, aos US$ 45.429,13. Na semana, a principal criptomoeda do mercado avança 17,90% e deve seguir pressionada até o término da votação do pacote de infraestrutura, marcada para hoje.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Fim da pandemia

CEO da Pfizer prevê que voltaremos à vida normal dentro de um ano, mesmo com novas variantes do coronavírus

Albert Bourla acredita que vacinação contra a covid-19 se tornarão anuais, para cobrir novas variantes, e que vacinas durarão um ano

ainda não acabou

Controladores da Alliar (AALR3) contratam XP para vender o negócio, diz jornal

Empresa de diagnósticos foi alvo, recentemente, de disputa pelo controle pela Rede D’Or e fundos ligados ao empresário Nelson Tanure

Mais recursos

Democratas aprovam pacote de US$ 3,5 tri no Comitê de Orçamento da Câmara dos EUA

Recursos serão destinados à rede de segurança social e programas relacionados a mudanças climáticas. Obtenção de quase unanimidade para aprovação no Congresso é desafio

Clube do livro

“Era para termos entrado no Primeiro Mundo há 30 anos”, escreve Gustavo Franco em seu novo livro “Lições Amargas”; leia a resenha completa

O ex-presidente do Banco Central tece críticas ao Brasil e sua estagnação prolongada e apresenta uma “história provisória da atualidade”

ESPECIAL DE ANIVERSÁRIO

Onde investir para os próximos 3 anos: 3 indicações para chegar, com consistência, ao primeiro milhão

E não se esqueça: é essencial começar o quanto antes, fazer aportes constantes e diversificar os investimentos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies