Menu
2020-02-12T07:27:56-03:00
Estadão Conteúdo
depois da melhora na rentabilidade...

Claro Brasil amplia lucro operacional em 2019

Cifra medida pelo Ebitda totalizou R$ 13,969 bilhões em 2019, alta de 10,8% em relação a 2018

12 de fevereiro de 2020
7:27
Homem usando celular caminha próximo à fachada de loja da operadora Claro, no centro do Rio de Janeiro.
Claro é uma das principais empresas de telecom do Brasil e pertence ao grupo mexicano América Móvil - Imagem: FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/

A Claro Brasil ampliou o faturamento e o lucro no País no ano passado, conforme balanço publicado nesta terça-feira, 11.

O lucro operacional medido pelo Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) totalizou R$ 13,969 bilhões em 2019, alta de 10,8% em relação a 2018. Nesse mesmo período, o faturamento atingiu R$ 35,897 bilhões, expansão de 1,8%.

A companhia atribuiu o crescimento do Ebitda à melhoria da rentabilidade dos negócios, com corte de custos por meio de iniciativas de ganho de eficiência operacional e digitalização de processos. A margem Ebitda cresceu 3,1 pontos porcentuais, chegando a 38,2% no fim de 2019.

Também houve um ganho na receita de serviços móveis, que subiu 12,5%, sustentada pelo maior uso de serviços de dados, áudio e vídeo. Por outro lado, a receita de serviços fixos baixou 2,5%.

A Claro Brasil atua no setor de internet, telefonia e TV por assinatura, englobando a Embratel e a antiga Net, marca que foi extinta no ano passado. A Claro Brasil pertence ao grupo mexicano América Móvil.

A Claro Brasil também divulgou seus números referentes ao quarto trimestre de 2019 e a comparação com o mesmo trimestre de 2018.

Nesse critério, o Ebitda somou R$ 3,598 bilhões, aumento de 10,7%. Já a receita líquida atingiu R$ 9,352 bilhões, avanço de 2,7%. No trimestre, a receita com serviços móveis teve um salto de 17,6%, enquanto a de serviços fixos caiu 3,6%.

Operacional

A Claro Brasil fechou 2019 com um total de 54,5 milhões de clientes de redes móveis. O grupo disse também ter registrado um recorde no volume de portabilidade numérica.

A base de planos pós-pagos teve crescimento de 17% em 2019, o que significa a adição de 4 milhões de clientes, chegando a 27,5 milhões. Com isso, alcançou 25% de participação de mercado.

Já a base de clientes do segmento pré-pago caiu para 27 milhões. Segundo a Claro, mesmo em um cenário de redução do número total de linhas ativas, o portfólio de pré-pago continua atraindo clientes qualificados, com crescimento do faturamento médio por usuário, e sendo uma importante fonte de migração de usuários para os planos do tipo "controle".

No ramo de serviços residenciais, a Claro adicionou 35,1 mil novos acessos banda larga no quarto trimestre de 2019, mantendo sua posição de líder nesse mercado.

As redes de banda larga via fibra ótica (tecnologia FTTH) alcançaram 68 novas cidades no ano. E o segmento de ultra banda larga, com conexões acima de 34 Mbps, a companhia chegou a 5,9 milhões de acessos, o equivalente a 47% de participação de mercado.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

de olho na reabertura

Vacina no braço e compra de ações: por que o UBS (o banco suíço) agora recomenda a bolsa brasileira

Banco suíço cita as revisões de crescimento para a economia brasileira, menor risco fiscal, expectativa de lucro das empresas e preços em patamares “convidativos”

seu dinheiro na sua noite

Anitta no conselho do Nubank, mais ofertas de ações e o ponto de inflexão do minério de ferro

Acostumado a fazer barulho no mercado, o Nubank fez, nesta segunda-feira, mais um anúncio que deu o que falar: a contratação da cantora e empresária Anitta para integrar o conselho de administração da empresa. A garota do Rio, nascida no bairro suburbano de Honório Gurgel e alçada à fama pelo funk carioca, ocupará uma cadeira […]

linhas 8 e 9

CCR assina acordo de acionistas com RuasInvest no Consórcio Via Mobilidade

Acordo prevê os porcentuais de participação de 80% da CCR e de 20% da RuasInvest no Consórcio ViaMobilidade Linhas 8 e 9

Microcaps

Panvel (PNVL3): é hora de investir?

A rede Panvel é queridinha no Sul do país. Sua recuperação tem mostrado que ela pode ser uma gema entre as microcaps da Bolsa. Descubra se vale a pena investir nela no Chama o Max de hoje.

sinal verde

Câmara aprova texto-base da MP que viabiliza privatização da Eletrobras

Placar foi de 258 votos contra 136; texto já havia sido aprovado pela Casa, mas voltou depois de alterações no Senado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies