Menu
2020-12-18T11:35:07-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
expansão

Banco Inter compra participação em plataforma de cobrança, reativação e retenção de clientes

Aquisição da Meu Acerto abre nova frente de atuação da instituição financeira da família Menin, dona da construtora MRV

18 de dezembro de 2020
11:35
Banco Inter - Cartão - Celular
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O Banco Inter (BIDI11) continua no mercado em busca de ativos para expandir suas operações.

Depois de anunciar, em novembro, a compra da empresa de adquirência BMG Granito, a empresa divulgou nesta sexta-feira (18) a aquisição de participação na Meu Acerto. O valor da transação não foi divulgado.

Parceiro comercial da Meu Acerto desde 2017, ano em que ela iniciou suas operações, o Inter justificou a operação afirmando que ela vai acelerar a evolução de seu modelo de Winback, que compreende os pilares de Cobrança, Reativação e Retenção de bases de clientes.

“Como resultado desta aquisição, pretendemos desenvolver as sinergias entre os serviços oferecidos pelo Inter e as atividades exercidas pela Meu Acerto, para que a operação proporcione a aceleração do desenvolvimento de competências de reativação de bases de clientes, além de atividades de cobrança e recuperação de crédito mais eficientes, modernas e mais integradas ao perfil tecnológico e inovador do Inter”, afirma, em nota, o CEO do Inter, João Vitor Menin.

Após o fechamento do acordo, que depende do cumprimento de condições precedentes, incluindo a aprovação do Banco Central, o Inter deterá 60% do capital social da Meu Acerto. Os sócios fundadores da empresa seguem como executivos à frente da gestão, mantendo os 40% restantes.

Esta é uma das aquisições que ocorreram depois de o Inter levantar R$ 1,1 bilhão em uma oferta subsequente de ações (follow on), no começo de setembro. Na ocasião, o banco informou que os recursos seriam destinados a investimentos no lançamento de novos produtos e expansão dos negócios por meio de aquisições estratégicas.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

IR 2021

Imposto de Renda: Como declarar compra e venda parcelada de imóvel sem financiamento bancário?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

SEXTOU COM O RUY

O que uma pesquisa no Google diz sobre as ações com maior potencial na reabertura da economia

De maneira geral, as pessoas estão com vontade de sair de casa, até mesmo para fazer coisas que nem gostavam tanto assim — como ir ao teatro, no meu caso

balanço do dia

Covid-19: Brasil tem 430.417 mortes e 74.592 novos casos da doença

O Brasil bateu a marca das 430 mil vidas perdidas para a pandemia do novo coronavírus. Nas últimas 24 horas foram registradas 2.383 novas mortes. Com isso, o total de vítimas que não resistiram à covid-19 chegou a 430.417. Ainda há 3.671 óbitos em investigação. Isso ocorre porque há casos em que um paciente morre, […]

Digital em alta

Vendas do Magazine Luiza saltam 62% no trimestre; e-commerce é 70% do total

O Magazine Luiza mostrou crescimento nas linhas de receita, Ebitda e lucro; a participação do e-commerce nas vendas totais segue aumentando

1º TRI

Petrobras reverte prejuízo do 1º trimestre anterior e lucra R$ 1,6 bilhão; Ebitda sobe mais de 30%

O resultado foi beneficiado pela alta do barril de petróleo no mercado internacional, mas sentiu o peso da valorização do dólar.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies