Menu
2020-05-05T07:24:39-03:00
Estadão Conteúdo
na câmara

Não há como garantir empregos com atuação do BC em mercado secundário, diz Maia

Presidente da Câmara desceu à tribuna para defender a retirada de um trecho do Orçamento de Guerra que trata sobre a contrapartida de manutenção de empregos nas empresas das quais o Banco Central comprará a dívida

5 de maio de 2020
7:24
img20200318175208058
Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, conduziu sessão virtual da Casa - Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Em uma cena rara nas sessões da Câmara, o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), desceu à tribuna para defender a retirada de um trecho da Proposta de Emenda à Constituição do Orçamento de Guerra que trata sobre a contrapartida de manutenção de empregos nas empresas das quais o Banco Central comprará a dívida.

Maia afirmou que, como a proposta trata sobre o mercado secundário, não há como garantir no texto a manutenção dos empregos das empresas emissoras da dívida.

"O que nós estamos autorizando aqui é a compra de título secundário, títulos que já estão no mercado. Não adianta a gente achar que quando o BC comprar um título de um setor no mercado secundário que ele vai estar beneficiando a empresa que emitiu esse título. Esse dinheiro a empresa já gastou, já investiu no passado, o que nós estamos tratando é de garantia e liquidez", afirmou Maia.

O trecho em questão foi inserido pelo Senado, mas retirado pelo relator da Câmara. O texto-base já foi aprovado e os deputados votam agora destaques. A oposição tenta retomar o artigo.

"Não temos, nesse mercado (secundário) como, quando o BC comprar um título, garantir que a empresa emissora do título possa garantir aqueles empregos", disse Maia.

O deputado afirmou que houve uma tentativa de incluir a atuação do BC no mercado primário na PEC, ou seja, autorizar o banco a comprar títulos de dívida diretamente do emissor.

"Esse debate foi feito no Senado. O BC não tem estrutura de análise de crédito, isso seria mais simples nesse momento que nós autorizássemos o BNDES, que em tese já tem essa autorização para compra de títulos primários, então", disse.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

FECHAMENTO

Dólar recua e bolsa sobe com mercado dando alta da Selic como certa e forte desempenho das siderúrgicas

No exterior, as bolsas operam sem um sinal único definido. Por aqui, os investidores aguardam a decisão do Copom

um viral que vale US$ 90 bi

Confira os 5 fatos que estão fazendo o Dogecoin subir (de novo) e passar a valer mais que a Petrobras

Valendo US$ 0,68 por unidade, o DOGE ficou próximo dos US$ 90 bilhões em valor de mercado

depois do gpa

Ações de Assaí ganham novo impulso após lucro da empresa dobrar; veja o que dizem os analistas

Lucro foi de R$ 240 milhões no primeiro trimestre, um pouco acima do esperado; mercado fala que há espaço para papéis subirem mais até o final do ano

Contribuintes atentos

Economia pede a Bolsonaro que vete o adiamento de prazo do Imposto de Renda para julho

A pasta argumenta que o novo adiamento impactaria a arrecadação da União e dos governos federais e poderia impedir até mesmo o pagamento de programas sociais de combate à pandemia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies