Menu
2020-07-16T20:47:42-03:00
Estadão Conteúdo
em live semanal

Brasil é potência do agronegócio e Europa, uma seita ambiental, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar a Europa por conta das pressões que seu governo vem sofrendo em virtude de agressões ao meio ambiente

16 de julho de 2020
20:47
Jair Bolsonaro
Imagem: Isac Nóbrega/Presidência da República

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar a Europa por conta das pressões que seu governo vem sofrendo em virtude de agressões ao meio ambiente. Em live transmitida nas redes sociais nesta quinta-feira, 16, Bolsonaro classificou a Europa como "uma seita ambiental" que ataca o País "de forma injusta" e movida por interesses comerciais. O presidente também criticou a imprensa, a quem acusou de fraudar números do desmatamento.

"Nós somos o tempo todo acusados injustamente de maltratar o meio ambiente no Brasil. A imprensa daqui publica, a imprensa de fora republica, em especial a da Europa, e lá a questão ambiental é tido como uma seita. Aí a mesma imprensa que fraudou números republica aquilo para criticar o governo", argumentou o presidente da República. Para ele, "no passado havia interesse (internacional) na região amazônica, mas hoje há interesse em todo o Brasil". De acordo com Bolsonaro, "em focos de queimada estamos abaixo da média dos últimos anos". "Não é que estamos indo bem. Tem coisa para fazer? Tem, mas não é esse trauma todo", afirmou.

O presidente também lamentou que a medida provisória (MP) 910, que tratava da regularização fundiária e ficou conhecida como "MP da grilagem", não tenha sido votada no Congresso, o que fez com que ela caducasse. Para Bolsonaro, a votação da MP não foi pautada porque "a esquerda ainda tem uma influência muito grande dentro do Parlamento", e citou partidos como PT, PDT, Rede Sustentabilidade, PCdoB e PSOL como responsáveis pela pressão que levou à caducidade da proposta.

"Se tivesse sido aprovada (a MP 910), essas áreas seriam regularizadas e, uma vez detectado o foco de calor ou queimada, teria como saber se foi dentro da reserva legal, ou não, e quem é o dono daquela área, e aí você puniria", afirmou. Apesar disso, Bolsonaro assumiu o compromisso de diminuir as queimadas, mas falou que elas "não vai acabar nunca".

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Azul da cor do céu

Azul encerra 2020 com prejuízo de R$ 4,6 bilhões, mas com dinheiro em caixa

Com quase R$ 4 bilhões em caixa, o CEO da empresa acredita que na retomada para 2021 com boas perspectivas

o futuro já começou

Em breve, BRF vai vender carne cultivada em laboratório

Empresa assina memorando de entendimentos com startup israelense que desenvolve e produz carne a partir de células de boi

Exile on Wall Street

Uma dica de leitura e um pedido de ajuda

Conforme falei no Puro Malte, tenho muita dificuldade de ler livros de não ficção, especialmente em se tratando de Economia e Finanças. Boa parte desses livros caberia em dez páginas, sem qualquer demérito. As melhores ideias – simples e impactantes – conseguem se fazer entender em dez páginas. No entanto, por pressão do editor ou vaidade do […]

MERCADOS HOJE

Ibovespa sobe mais de 2% com avanço da PEC emergencial e votação do 2º turno ainda hoje; dólar recua

A queda no rendimento dos Treasuries no exterior também provoca uma reação positiva nos mercados emergentes. Lá fora, o mercado aguarda a fala de Jerome Powell na parte da tarde

óleo quente

Na frigideira, André Brandão deve deixar comando do Banco do Brasil

Notícias na mídia apontam nomes que podem substituir atual presidente do banco, que entrou em rota de colisão com Bolsonaro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies